Quatro anos atrás, quando abandonei meu emprego para me arriscar a viver a vida nos meus termos, uma dúvida perturbava a minha cabeça: como ter disciplina para transformar meus sonhos em realidade?

Eu saí do emprego com uma pequena quantia como indenização, mas sem saber exatamente o que fazer.

Embora eu já escrevesse para o Mude.nu, ganhar a vida com isso ainda era algo muito distante.

Confesso que me desesperei um pouco ao ver o meu dinheiro acabando e nenhum dinheiro entrando.

O estresse debilitou meu sistema imunológico e eu fiquei literalmente doente: as marcas de uma herpes zoster apareceram na minha barriga e costas.

Quando o susto passou, decidi que trabalharia 100% com desenvolvimento pessoal e educação.

E percebi que saber como ter disciplina todos os dias não era mais apenas um desejo: era algo fundamental para o sucesso da minha empreitada.

Neste artigo, eu quero falar sobre como a disciplina possibilitou que eu vencesse o desafio de trabalhar com o que amo e transmitir para você algumas lições importantes sobre como ter disciplina.

Aqui está o que veremos:

  • Por que ter disciplina é a pedra fundamental para qualquer mudança de vida
  • O que é disciplina, segundo os maiores pensadores da humanidade
  • As três fases de qualquer transformação
  • Como ter disciplina todos os dias: os segredos de quem conseguiu

Mesmo que você acredite não ser uma pessoa disciplina, continue lendo até o fim. Eu também já fui assim e sou a prova viva de que mudar é possível.

Por que ter disciplina é a pedra fundamental para qualquer mudança de vida

Como ter disciplina

Disciplinando-se a fazer o que você sabe que é certo e importante, embora difícil, é a estrada para o orgulho, auto-estima e satisfação pessoal. — Margaret Thatcher

Se você é como eu, deve ter alguns sonhos na cabeça.

Um dos meus sonhos era trabalhar exclusivamente com educação e desenvolvimento pessoal. E fazer isso 100% online.

Como contei no meu livro Eu, Piloto, sou formado em jornalismo, mas fiz carreira na área de tecnologia de informação, área na qual trabalhei por quase 10 anos. Se quiser saber mais, baixe meu livro gratuitamente:

Informe seu email para fazer o download do ebook Eu, Piloto.

Quando comecei a pensar em mudar de profissão, li muitos dos famosos livros de produtividade e auto-ajuda, mas logo percebi que teria que ir adiante.

Se eu quisesse realmente educar pessoas, eu tinha que voltar aos estudos sérios e elevar o nível da minha própria educação pessoal. E, claro, eu precisava saber como ter disciplina para isso.

História, filosofia, psicologia, teologia, metafísica, religião comparada, ciência política, literatura, ética – comecei a estudar um pouco de cada coisa organizadamente.

Como já estava fora do meu antigo emprego, eu tinha tempo para estudar e meditar no que estudava e em pouco tempo vi minha inteligência crescer.

Comecei a entender coisas que não entendia e achei que poderia começar a ensinar o que estava aprendendo. Fui em frente: caminhando, tropeçando, caindo e levantando. Pura e simples resiliência estoica.

Os resultados que a disciplina me trouxe

Muita coisa aconteceu desde então:

  • O lançamento do meu curso de produtividade e planejamento de vida
  • Dois blogs figurando entre os melhores sites sobre desenvolvimento pessoal em língua portuguesa
  • O desenvolvimento dos meus programas de coaching
  • Palestras e treinamentos ministrados em muitas cidades do Brasil
  • Uma temporada vivendo na China, uma longa aventura solo pelo Sudeste Asiático e muitas viagens mais curtas

Estou fazendo hoje exatamente o que sempre quis fazer: educando e ajudando pessoas por meio de um negócio 100% online e viajando regularmente pelo mundo enquanto faço isso.

Tudo com simplicidade e sem mania de grandeza, com os pés no chão.

Se eu tenho algum mérito nisso é simplesmente o de continuar insistindo nisso com disciplina, especialmente quando as coisas dão errado.

Mas… o que exatamente é disciplina? Vamos explorar juntos esse ingrediente fundamental para a realização de sonhos.

O que é disciplina, segundo os maiores pensadores da humanidade

Como ter disciplina todos os dias

O preço da excelência é a disciplina. O custo da mediocridade é a decepção. — William Arthur Ward

Muita gente fala sobre como ter disciplina, mas são poucos os que realmente sabem defini-la.

Disciplina é um daqueles conceitos que achamos que não é preciso explicar, pois todos nós temos desde criança uma noção – ao menos teórica – do que significa ser disciplinado.

Sendo um termo de origem latina, disciplina pode ser conceituada como a doutrina e instrução de uma pessoa, especialmente no campo da moral.

Não é por acaso que, em português, também chamamos as matérias da escola ou da faculdade de disciplinas.

Abraham Lincoln (1809 — 1865), um dos mais celebrados presidentes da história dos EUA, disse certa vez que “o auto-respeito é a raiz da disciplina” e que “a noção de dignidade cresce com a habilidade de dizer não a si mesmo”.

Pense em algum desafio que você já tentou vencer e não conseguiu. Emagrecer, passar em um concurso público, parar de fumar. Tanto faz.

É muito provável que a razão do seu insucesso tenha sido a falta de disciplina, a falta de capacidade de dizer não a si mesmo.

Considerado por Aristóteles o criador da tragédia grega, o dramaturgo Ésquilo (524 a.C. — 455 a.C.) escreveu de forma sucinta e magistral: a disciplina é a mãe do êxito.

O problema é que, muita vezes, confundimos a busca pela disciplina com sofrimento.

Disciplina é liberdade ou aprisionamento?

Disciplina é liberdade

Só com o esforço prolongado e sinceridade, disciplina e autocontrole, o sábio se torna como uma ilha, que nenhuma enchente consegue inundar. — Sidarta Gautama, o Buda Histórico

É famosa a frase de Renato Russo que diz que “disciplina é liberdade”. Apesar disso, a maioria de nós encara a disciplina mais como uma prisão.

“Vou ter que comer esses alimentos restritos todos os dias”. “Vou ter que reservar X horas do meu dia para estudar”. “Vou ter que perder horas na academia para emagrecer”. Eis o que dizemos.

Não é coincidência que a palavra disciplina, originalmente, também era utilizada para designar instrumentos de castigo que utilizados nas escolas, como régua, palmatória e até chicote.

Impor a disciplina a si mesmo é uma das grandes vitórias do homem contra si mesmo. E vencer a si mesmo é algo de grande importância.

No início, a disciplina pode parecer uma prisão. Mas isso só acontece porque estamos saindo do que se costuma chamar de zona de conforto para um patamar superior.

Depois que a transição é feita, a disciplina torna-se a liberdade de experimentarmos, na prática, sensações que antes eram apenas sonhos distantes.

A pergunta que resta, então, é: como ter disciplina todos os dias para realizar essa transição da forma mais tranquila, eficiente e efetiva?

Como ter disciplina: as três fases de qualquer transformação

Como ter mais disciplina

Alexandre Prates, autor do livro A Reinvenção do Profissional, escreve que o processo de desenvolvimento humano passa por três fases:

  1. Consciência
  2. Ação
  3. Disciplina

A primeira fase acontece quanto tomamos consciência de que precisamos mudar alguma coisa em nossas vidas. A segunda quando, movidos pela força de vontade e por aquele ímpeto inicial, começamos a agir em prol da mudança.

Todos nós já passamos por essas duas primeiras fases em algum momento.

É quando nos vemos gordos no espelho e começamos a fechar a boca. É quando queremos ser mais inteligentes e começamos a ler um bom livro. É quando decidimos passar menos tempo na internet e desligamos o computador.

O problema é que esse ímpeto inicial rapidamente desaparece…

E voltamos a comer o que não devemos. A abandonar as leituras. A desperdiçar horas na frente do computador navegando a esmo.

Isso acontece por um simples motivo: a força de vontade é um recurso limitado e nós precisamos saber como ter disciplina para superar essa limitação.

Está gostando deste texto?

Conecte seu Facebook para encarar desafios, encontrar parceiros e vencer seus objetivos. É gratuito, basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext

O problema da força de vontade

Como vimos, a força de vontade é um excelente combustível inicial para um processo de mudança.

No entanto, como mostram as pesquisas científicas do professor Ian Aires, da Universidade de Yale, no livro Carrots and Sticks: Unlock the Power of Incentives to Get Things Done, a força de vontade é um recurso limitado.

Isso significa que você gasta força de vontade ao longo do tempo, conforme a utiliza.

Se você começa um processo de transformação confiando apenas na força de vontade, em alguns dias ou semanas muito provavelmente jogará tudo para o alto.

É como a bateria de um celular durante o dia: você começa com ela cheia de manhã cedo, mas a carga vai se esgotando com o passar do tempo.

Quando isso acontece, a força de vontade acaba e você fica na mão.

Por isso saber como ter disciplina todos os dias é a pedra fundamental para você vencer qualquer desafio de longo prazo. Vejamos algumas estratégias para fazer isso.

Como ter disciplina todos os dias: 4 segredos de quem conseguiu

1. Entenda o seu porquê

A solução para saber como ter disciplina todos os dias é ter um motivo forte o suficiente.

Por que você quer emagrecer? Por que quer ler mais livros? Por que quer aprender outro idioma?

Como diz Simon Sinek no excelente livro Por quê? Como grandes líderes inspiram ação e no vídeo abaixo, você deve sempre começar pelo porquê:

https://www.youtube.com/watch?v=qp0HIF3SfI4

A maioria de nós parte direto para o “o quê”. Por algum motivo, dizemos a nós mesmos que queremos ter um corpo bonito. Que queremos ler mais livros. Que queremos ser poliglotas.

Poucos são os que se perguntam “por quê”. Por que queremos fazer tudo isso?

Quando a sua motivação fica clara, tudo fica mais fácil.

2. Crie um ambiente que favoreça a disciplina

Como ter disciplina

Nosso ambiente físico exerce um impacto gigante na forma como nos comportamos.

Se você vive em uma casa repleta de guloseimas, com uma TV gigante no centro da sala e com o computador sempre ligado tendo o Facebook como página inicial, será muito mais difícil entrar em forma, ler mais livros ou navegar menos na internet.

Em Hong Kong, uma empresa chamada Saent está testando um software que atrasa a abertura de sites tipicamente procrastinadores e que cria uma senha para navegar na web.

Por exemplo, quando um funcionário dessa empresa tenta acessar o Facebook, o carregamento da página é atrasado em 15 segundos.

Esse pequeno dificultador, proposto pelo Dr. Piers Steel, é tudo o que se precisa para que as pessoas deixem de procrastinar e voltem a focar no trabalho.

Portanto, se você quer saber como ter disciplina de uma forma fácil, pode simplesmente alterar o seu meio para criar um ambiente de inevitabilidade, um lugar (físico e virtual) em que seja inevitável você fazer o que deve ser feito.

Você dificulta a distração para focar na ação!

3. Monte o seu Plano de Voo

Plano sobre como ter mais disciplina

É muito mais fácil saber como ter disciplina diária se você, antes, com ordem e zelo, elaborar um plano de mudança para cumprir a transformação que deseja.

Esse plano pode ser feito por você mesmo ou com a ajuda de um mentor, um profissional ou qualquer pessoa que já tenha conquistado o que você quer conseguir.

Aqui no Mude.nu chamamos esses planos de mudança de Plano de Voo, um planejamento destinado a transformar você no piloto da sua própria vida.

Eu poderia passar horas escrevendo sobre o Plano de Voo, mas prefiro remeter você diretamente ao artigo 10 simples passos para você cumprir suas metas (sem desculpas!).

4. Abrace os seus erros e continue caminhando

Como ter disciplina diária

Não importa qual o desafio que você esteja encarando, a única certeza que eu tenho é essa: você vai falhar!

Saber como ter disciplina diária não é tarefa fácil. Na verdade, é um dos maiores desafios que o ser humano pode enfrentar.

Nosso cérebro sempre vai preferir economizar energia e se manter em sua zona de conforto. É uma questão evolutiva, ligada à sobrevivência, como explicamos detalhadamente no nosso artigo sobre procrastinação.

O que você precisa fazer aqui é aceitar os seus erros, aprender com eles e seguir caminhando: sem estresse nem crises existenciais bestas.

Faça isso dia após dia, semana após semana, e logo logo aqueles sonhos distantes que hoje apenas povoam a sua cabeça se tornarão uma realidade concreta, satisfatória e feliz.

Conclusão: como ter disciplina de uma vez por todas

Neste artigo, vimos que a disciplina é a pedra fundamental para qualquer mudança de vida. Qualquer desafio de longo prazo que você encare necessitará dela.

A disciplina pode ser conceituada como a doutrina e instrução de uma pessoa, especialmente no campo da moral.

Por isso, ela está diretamente ligada a um processo de educação pessoal que só você, em última instância, pode realizar.

E embora esse processo possa ser doloroso no começo, quando a transição é completada e sua zona de conforto se amplia, a disciplina acaba se transformando em liberdade.

Para conseguir isso, lembre-se de não confiar apenas na força de vontade e siga os quatro passos para saber como ter disciplina todos os dias:

  1. Entenda o seu porquê
  2. Crie um ambiente que favoreça a disciplina
  3. Monte o seu Plano de Voo
  4. Aceite os seus erros e continue caminhando

Se você tiver ainda alguma dúvida sobre como ter disciplina, deixe um comentário logo abaixo. Eu responderei todas as dúvidas, uma a uma, da melhor forma possível.

André Valongueiro

André Valongueiro é coach, educador e escritor. Vive a vida nos seus próprios termos, viajando o mundo enquanto trabalha 100% online. Aprendeu a arte de realizar sonhos com paz e sem ansiedade e quer ajudar você a fazer o mesmo. Visite o blog pessoal.

23 Comentários

  1. Boa tarde!
    No meu trabalho tenho muita dificuldade de organizar minha mesa e concluir trabalhos, fico sem animo.
    O que faço?
    Atenciosamente,

    Responder
    • É muito simples, Maria. Em vez de esperar ter ânimo para organizar sua mesa e concluir seus trabalhos, inverta a ordem e comece a organizar sua mesa e concluir seus trabalhos sem ânimo mesmo. Você vai perceber que o ânimo e o contentamento são frutos da ação e não uma condição para que se possa agir. Essa coisa de esperar ter ânimo ou motivação para fazer algo é infantilidade. Um trabalho deve ser feito por consciência do dever, não por ânimo. Boa sorte!

      Responder
      • “Um trabalho deve ser feito por consciência do dever, não por ânimo”.
        Disse tudo!
        Ótimo artigo. Parabéns!

      • Obrigado, Isa. Sucesso pra você!

      • Wow! Penso da mesma forma! estou gostando muito de mude.nu!

      • Que bom que está gostando, Edenir. Continue conosco!

  2. Olá Valongueiro. Muito bom este seu artigo. Você conseguiu ser inspirador. Achei muito bom principalmente a questão de não depender só da força de vontade. Vou buscar os meus porquês e vou atrás dessa tal disciplina. um abraço

    Responder
    • Obrigado, NASilva! Te desejo sorte nessa busca. Não é uma busca fácil, mas é muito recompensadora. Sucesso!

      Responder
  3. André, muito bom o texto!
    Tenho uma intenção e um propósito claro na mente, porém quando vou analisar minuciosamente esse propósito para fazer um plano de voo, eu me perco total, acabam vindo outras variáveis ao meu propósito…. Acho que meditar com mais frequência poderia me ajudar. Alguma dica?

    Responder
    • Guilherme, sem dúvida meditar com mais frequência nas suas intenções vai ajudar você a descobrir o que deve permanecer no seu Plano e o que deve ficar de fora. É assim que eu faço minhas escolhas e tomo minhas decisões. Experimente você também.

      Responder
  4. Oi André… acompanho seu blog tem pouco tempo, mas adoro. Recentemente precisei me disciplinar e, sinceramente, ainda estou em processo.
    Acredito ainda ter mais umas coisinhas essenciais, falo pelo que passei. Meu obejtivo era estudar todos os dias porque pretendo fazer enem e entrar para uma Federal para realizar a minha meta mais ousada: Medicina:
    1. Ter consciência de que leva tempo. Se somos indisciplinados há muito tempo, não adianta querer fórmula mágica. É como querer corrigir uma alimentação errada que está assim desde muitos e muitos anos. Nosso cérebro está educado de uma maneira e reeducar é mais difícil.
    2. É extremamente dolorido no início. Teve dias de eu nem saber direito o que estava fazendo. Não por falta de planejamento, mas eu estava tão desacostumada a raciocinar, de fato (porque é isso que exercícios de física e matemática, por exemplo, exigem efetivamente), que eu tinha dúvidas se daria conta. Teve vezes de eu sentar na cadeira e chorar porque eu sabia que aquilo era o certo, mas eu sequer me concentrava. Então eu permanecia sentada e meio que combinava comigo mesma: ok, que seja 30 minutos.
    3. Tem horas que parece que não vai dar. Então eu insisti porque a única coisa que eu sabia é que uma hora teria que ser menos dolorido. Deu certo. Hoje estudo o dia todo na certeza de que estou fazendo o melhor possível.
    4. Pra mim que estou começando no processo, foi essencial definir apenas dois obejtivos. Reza a lenda que devemos definir um objetivo por área da vida. Optei por dois: carreira e alimentação. Só que a alimentação eu já venho trilhando o caminho tem muitos anos, só optei por pegar mais firme já que é auxílio nos estudos. Então, se eu for considerar, efetivamente tenho apenas um objetivo. É nele que estou focada. Dessa maneira funcionou pra mim, pois minha atenção está somente nisso. Volta e meia vem os pensamentos “nosso começar isso, continuar aquilo”, mas automticamente eu me podo e penso: “depois que eu concluir o objetivo do momento, então posso partir para o próximo”.

    Bom, apesar do texto grande, essa tem sido a minha experiência, que começou a surtir efeito somente depois de 3 meses teimando e falhando com frequência. Mas enfim, a bonança hehe.
    Espero que possa ajudar alguém a ter um insight.

    Abraço e adoro seu blog.
    Muito dessa disciplina que conquistei foi seu blog que me fez refletir e melhorar,

    Responder
    • Fala, Camila. Tudo bem? Que belíssimo depoimento! :-)

      Me parece que a disciplina plena é fundamentalmente um processo, uma caminhada sem chegada. Nascemos, morremos e não alcançamos um estado de perfeição disciplinar.

      Você está muito certa quando diz que não há fórmula mágica. Não há mesmo. Seu comentário é muito rico e certamente vai ajudar muitas pessoas dentro da nossa comunidade. Adorei as descrições dos momentos de angústia e incerteza e me identifiquei muito com eles, pois também já passei por isso.

      Só fiquei curioso para saber se você já obteve sua aprovação no vestibular para o curso de Medicina. Já conseguiu ou ainda está trabalhando nisso? Conta pra gente!

      Também percebi que você escreve muito bem, então te faço um convite para produzir um relato mais detalhado da sua conquista para publicarmos aqui no Mude.nu. Se você tiver interesse é só entrar em contato conosco e vamos te orientar sobre como fazer isso. Um relato completo pode inspirar um número muito grande de pessoal, já que o site tem centenas de milhares de acessos mensais.

      Obrigado pela participação e pelos elogios. Bacana contar com pessoas como você em nossa comunidade. Sucesso!

      Responder
  5. Tenho facilidade para me organizar, mas quando quero viver em disciplina não encontro motivos fortes o suficiente para permanecer, faço na empolgação por alguns dias e depois desisto. A minha maior dificuldade realmente esta no “Por que?”, mas não sei como posso aplica-lo nos meus planos.

    Responder
    • Maiele, não é o seu “Por quê?” que deve ser aplicado aos seus planos, mas sim os seus planos que devem ser criados em função de um “Por quê?”. A “razão de ser” de algo antecede o próprio algo. Se você desejar minha ajuda para encontrar o seu “Por quê?” recomendo que passe por um programa de coaching comigo. Tenho muita experiência com isso e posso ajudar você. Aqui está o link com as informações: http://www.valongueiro.com/coaching-proposito/

      Um abraço e sucesso!

      Responder
  6. Ótimo texto. Parabéns!

    Tô em busca disso. Aquelas 55 lições são fundamentais para iniciar o processo de alcance dessa instrução. Mas não é fácil

    Responder
    • Fala, Robert. No artigo que publicamos sobre o método de memorização e meditação dos filósofos e sábios você vai encontrar informações úteis que podem ajudar nessa transformação que você busca. Boa parte da nossa dificuldade de mudar comportamentos e hábitos existe simplesmente por causa da pouca atenção que damos ao processo de meditar séria e regularmente sobre as mudanças que desejamos. Vai lá, estuda com calma e coloca em prática, garanto que muita coisa vai mudar: https://mude.nu/memorizacao/

      Responder
  7. muito bom artigo. Vou usá-lo como inspiração.obrigado.

    Responder
    • Boa sorte, José. Um abraço!

      Responder
  8. Cada artigo do Mude.Nu é muito inspirador, além de nos motivar traz consigo uma paz e tranquilidade. Creio que seja pela linha lógica e estruturação dos pensamentos.

    Parabéns pelo artigo e pelo trabalho que vem desenvolvendo, sucesso André!

    Responder
    • Obrigado, Cláudio. Bom saber que esses escritos contribuem para sua paz e tranquilidade. A paz é um valor primordial para mim, então acho que isso se imprime nos artigos de alguma forma.

      Um grande abraço e sucesso!

      Responder
  9. Adorei o texto!!! Realmente muito inspirador.
    Eu também ando a procura da disciplina.
    Abraços

    Responder
    • Obrigado, Tânia. Espero que esse artigo ajude você nessa procura. Boa sorte!

      Responder
  10. Muito bom o artigo, estou amando o Mude.nu, realmente inovador.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3.183 membros Ícone do Desafio jfb_p_buttontext

Não perca essa oportunidade:
Comece a mudar agora mesmo

Basta um clique no botão abaixo:

jfb_p_buttontext