Em busca de sentido, de Viktor Frankl

O ano é 1942. Você é um médico judeu que vive tranquilamente com sua esposa, grávida, e com seus pais na Áustria. De repente, todos são presos por conta da origem judia e enviados a campos de concentração. Você recebe a tatuagem de prisioneiro nº 119.104 e fica confinado com mais centenas de presos, sem saber qual o seu destino.

O homem em questão é Viktor Frankl, médico psiquiatra que aproveitou a difícil experiência pela qual passava para explorar o sentido existencial das pessoas e a dimensão espiritual da existência. O relato de sua vida e de suas teorias, que ficaram conhecidas como Logoterapia, foram publicados em um pequeno e essencial livro chamado Em busca de sentido.

O que Viktor Frankl fez, na prática, foi tentar encontrar uma razão para viver sendo um judeu preso em um campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial. De onde você tira forças para seguir em frente quando a morte é uma certeza bem próxima?

O psiquiatra passa então a perceber que a morte é, na verdade, uma certeza inexata para todos, prisioneiros ou não, judeus ou nazistas. Mais que isso, Viktor Frankl conclui que há homens decentes e indecentes em todo canto. Isso inclui prisioneiros indecentes e nazistas decentes.

Uma vez que estamos sempre questionando nossa razão de ser – seja de férias na praia ou dentro de uma câmara de gás – o sentido da vida está em cada simples momento. A vida nunca deixa de ter sentido, mesmo em sofrimento extremo ou na morte.

EmBuscaDeSentido 197x300 Em busca de sentido, de Viktor FranklAo final da guerra, Viktor Frankl é libertado. Descobre, então, que sua esposa grávida morreu de esgotamento logo depois de ser também libertada. Além dela, morreram os pais e o irmão de Frankl.

Mesmo assim, ele continuou a encontrar sentido na vida e fundou uma das mais importantes correntes da Psicologia moderna, que se opõe à Escola Psicanalítica de Freud, além de escrever diversas obras traduzidas para mais de 30 idiomas.

Em busca de sentido é a mais acessível delas. Escrito para leigos em psicologia, o livro é essencial para quem fica abalado ou triste com qualquer coisa, condicionando toda sua felicidade a eventos externos. Leitura essencial.

Entrevista com Viktor Frankl

Se você quer conhecer um pouco mais deste incrível homem, reserve alguns minutos para assistir à entrevista que colocamos abaixo. Uma verdadeira aula.

Curta nossa fanpage para receber mais conteúdos como este: 

Encare o desafio

Um comentário

  1. Julia comentou em 04/01/2014 às 14:01

    O mundo é feito de pessoas, se todas agissem pensando em como deixar uma contribuição para o mundo, para a humanidade, as coisas seriam bem diferentes. Atualmente, a filosofia de mercado e o individualismo afastam os indivíduos desse objetivo. Excelente os vídeos!

Deixe um comentário

jfb_p_buttontext

para publicar um comentário

saiba como funciona