Trabalhar com o que ama é tudo o que você sempre quis, mas nunca conseguiu largar o seu emprego por medo de não conseguir, de passar por privações e dificuldades financeiras?

E ainda, não sabe exatamente no que poderia trabalhar ou simplesmente não vê como trabalhar com o que ama ganhando muito dinheiro com isso?

Muito menos imaginou como ficar rico, fazer uma verdadeira fortuna e ter uma vida próspera e feliz somente com as suas paixões?

Bem, se esse é o seu caso, então esse artigo com certeza é para você.

Para ter sucesso é necessário amar de verdade o que se faz. Caso contrário, levando em conta apenas o lado racional, você simplesmente desiste. É o que acontece com a maioria das pessoas. – Steve Jobs

Grande parte da população mundial vive uma vida de lamentações e medos infundados, onde nada é possível e tudo é difícil demais para elas.

Elas pensam “Quero ficar rico!” e logo colocam o mundo da fantasia na jogada “Que é isso… não é possível! Isso é coisa para poucos”.

Ou então “Beleza, vou largar meu emprego e fazer trabalhar com o que amo!” e depois vem a terrível fantasia do “Nossa, no que eu estava pensando? Trabalhar com o que ama não dá dinheiro!”.

E a lista continua com “ganhar muito dinheiro é errado” e “quero mudar, mas não consigo”. Posso dizer centenas de desculpas que recebo diariamente das pessoas que acessam meu blog Hábitos Milionários.

Então, se você está nessa situação, vou dizer exatamente como sair das lamentações e passar para uma vida épica, cheia de realizações e ainda ganhar muito dinheiro com isso.

Por que trabalhar com o que ama ainda vai te fazer ficar rico

Trabalhar com o que ama

Trabalhar com o que ama e ainda ganhar dinheiro com isso? Tô dentro.

Trabalhar com o que ama é uma expressão natural dos seus talentos e habilidades especiais. Posso estar enganado, mas se você está lendo este artigo é muito provável que você não trabalhe atualmente no que realmente é apaixonado.

Muitas vezes nós acabamos nos forçando a gostar do que fazemos e embora seja melhor do que odiar o que fazemos, isso acaba matando nosso real potencial de fazer aquilo que temos talento e de que gostamos.

É comum culpar a falta de inteligência, potencial, habilidades, talento, dons, dinheiro ou tempo por não estarmos realizando grandes coisas e conquistando fortuna.

Porém, tudo isso pode ser compensado e brutalmente superado pela paixão e entusiasmo em realizar aquilo que você se propôs.

Concordo que é muito difícil seguir nossos sonhos e fazer uma fortuna com o que amamos, mas como disse Steve Jobs:

Faça o que o seu coração achar certo, pois de qualquer forma você será criticado.

E certamente você vai ser criticado caso faça algo diferente do que gosta, afinal os céticos sempre criticam tudo, só os vencedores analisam e confiam nos próprios instintos.

Estar 100% conectado com as suas paixões vai criar uma espécie de cegueira sobre o que os outros estão fazendo porque você vai estar completamente focado em fazer o que você faz da melhor maneira possível.

Isso vai te dar uma dominância completa sobre o seu mercado, sua área de atuação, seu negócio e você não vai precisar competir com os outros (nem vai sentir necessidade de perder tempo com isso).

Ser obcecado pelo que trabalha é poderoso demais para ser ignorado e deixado de lado. Já parou para imaginar as coisas maravilhosas que faria se estivesse fazendo o que ama?

Essas coisas que você criar vão ser tão bem feitas que as pessoas vão querer.

Elas vão querer comprar os produtos da sua empresa, vão querer solicitar os seus serviços, vão gostar da sua arte, vão adorar o CD com suas músicas, vão adorar suas palestras e assim por diante.

Tudo o que é feito por uma pessoa que entende, ama e é obcecada pelo assunto é completamente mais valioso.

Veja as criações de Steve Jobs como o iPod, iMac e iPhone. As pessoas pagam caro pelas suas inovações e pelo completo domínio da paixão dele. Pense nisso!

Está gostando deste texto?

3 maneiras simples de encontrar o seu propósito de vida

Agora que eu já mostrei que trabalhar com o que ama é a coisa mais importante para conquistar fortuna e uma vida realmente de valor, chegou a hora de ajudar as pessoas que não sabem como descobrir o que fazer.

Vou mostrar três maneiras para seguir o seu propósito de vida e ainda ganhar dinheiro com isso. Veja:

  1. Analise os 5 pontos mais fortes da sua personalidade
  2. Comece projetos do seu interesse
  3. Desafie o status quo – faça o que quiser

Animado para ver em detalhes cada um desses pontos? Então vamos em frente.

1. Analise os 5 pontos mais fortes da sua personalidade

Trabalhar com o que ama no espelho

Analise sua própria personalidade.

Você vai decidir o que quer fazer de acordo com suas paixões e habilidades naturais. Isso vai facilitar que você desenvolva uma singularidade especial em tudo que você fizer.

Na sua carreira profissional você será visto como o mais talentoso, quando na verdade você tem cinco pontos mais fortes como todo mundo, só que você está usando todos eles e trabalhando duro para reforçá-los.

Nos seus empreendimentos, as pessoas terão gosto de comprar seus produtos, contratar seus serviços ou fazer negócios com você por causa do seu jeito único de fazer as coisas.

Então, você usa a sua singularidade, ou seja, seus cinco pontos mais fortes, para alcançar um objetivo ousado que gere valor na vida das pessoas, na empresa que trabalha ou no seu negócio. Desenvolva essas habilidades à medida que alcança seu objetivo.

Vamos supor que você queira ser o palestrante mais bem-sucedido do Brasil. Se você não tem dons naturais para ensinar as pessoas, inspirar, contar histórias ou falar em público, concorda que será difícil atingir essa meta?

Porém, será que é impossível?

Veja só, se você tem habilidade para observação, analisar situações com empatia, tem um pouco de senso de humor e não treme de medo de subir em um palco, você pode ser um palestrante do tipo que faz as pessoas rirem das situações da vida cotidiana, e aprender alguma lição com isso.

Se concentrar nos seus cinco pontos mais fortes é a chave para conquistar qualquer objetivo. Já parou para pensar como pessoas com habilidades totalmente diferentes têm sucesso nas mesmas carreiras e em negócios do mesmo ramo?

Olhe para os cantores mais famosos do mundo, existem inúmeros gêneros musicais, e dentro de cada gênero musical, existem centenas e milhares de cantores bem-sucedidos.

Olhe agora para o mundo dos negócios e veja como existem empresas milionárias e até bilionárias convivendo lado a lado. Isso porque elas se concentram em fazer o que sabem melhor.

Por outro lado, você não precisa dar tanta atenção aos seus pontos fracos. Basta ajustá-los o suficiente para não influenciar negativamente nos seus pontos fortes.

Se você quer ser um empresário de sucesso, não precisa exatamente saber tudo sobre as burocracias de ter uma empresa, isso pode ser aprendido apenas para ter uma noção suficiente para não fazer uma besteira de proporções gigantescas e contratar alguém que seja o melhor nisso, e que também ame fazer isso.

Descobrindo o que você sabe fazer melhor e que gosta de fazer, você vai saber quais atividades quer realizar e por quais caminhos você pode seguir.

Muita gente chega a esse ponto com a convicção de que deve se concentrar nos seus pontos fortes, mas ainda não sabe como desenvolver essas habilidades e essas paixões, seja por falta de oportunidade ou por falta de confiança.

O segundo tópico é um caminho para essas pessoas.

2. Comece projetos do seu interesse

Criança começando a trabalhar com o que ama

Comece seu projeto com o entusiasmo de uma criança.

Uma maneira muito eficiente para encontrar um propósito de vida, mas que é pouco incentivada, é o da tentativa e erro.

Desde pequenos somos influenciados a fazer o que querem que nós façamos. Não temos o incentivo necessário para testar todas as coisas, nem temos esse tempo todo.

O que quero dizer é que, quando crianças, nossos pais já estão definindo o que teremos que fazer quando adultos. Eles, inconscientemente, limitam as nossas opções e não consideram nossas habilidades naturais.

Mesmo assim, quando nos tornamos adultos, temos uma quantidade infinita de possibilidade do que podemos fazer. Porém, quantos de nós tenta empreender ou se desenvolver ao redor das nossas muitas paixões?

E você, quanto tempo dedica para as coisas que fazem você realmente se empolgar, pular da cama de manhã e sair correndo fazer o que quer fazer?

Bem, poucas pessoas que estão lendo essas frases podem dizer que dedicam pelo menos uma hora diária as coisas que realmente tem interesse e ama fazer.

Para descobrir um propósito grande o suficiente para mobilizar energia, tempo e entusiasmo é preciso testar as suas possibilidades. O que é difícil no dia a dia corrido e cheios de responsabilidades.

Austin Kleon fala no seu livro Roube como um artista que você tem que começar os projetos pelos quais tem interesse o quanto antes. Sair e testar suas possibilidades.

Preste os serviços que gostaria de contratar e crie os produtos que gostaria de usar. As pessoas subestimam o poder de amar o que se faz para construir riqueza, elas acham que é só trabalhar duro que as coisas acontecerão.

Não é verdade, é preciso estar totalmente motivado a fazer algo grande acontecer. Fazer uma mudança significativa o suficiente para que as pessoas paguem você para continuar sendo tão excelente e apaixonado pelo que faz.

Quando as pessoas amam os produtos de uma empresa, as músicas de um cantor, os livros de um escritor, as jogadas de um jogador de basquete, os prédios de um arquiteto, na verdade elas estão amando o entusiasmo deles em fazer o que fazem.

Veja só, porque as pessoas amam a cafeteria Starbucks? Você mesmo pode comprar seu café e fazer na sua casa.

O que acontece é que a Starbucks ama café e quer fazer disso a melhor experiência possível para seus clientes.

Por isso, as pessoas que também amam café vão preferir ir à Starbucks ficar rodeadas de pessoas com o mesmo entusiasmo por café que elas, ao invés de fazer na sua própria casa.

3. Desafie o status quo – faça o que quiser

Trabalhar com o que ama mesmo sendo diferente

Tudo bem se sentir diferente do restante do mundo.

Segundo Martin Seligman:

Qualquer tarefa pode tornar-se uma vocação, e qualquer vocação pode tornar-se uma tarefa. Um médico que veja seu trabalho como uma tarefa a cumprir e esteja interessado simplesmente em ganhar dinheiro não tem vocação; um coletor de lixo que veja seu trabalho como a missão de fazer o mundo mais limpo e mais saudável para se viver tem vocação.

Para ter sucesso é preciso ser ilógico: Vá contra as convenções impostas pela sociedade do que é ou não possível e certo para você.

Faça aquilo que gosta independente de dar dinheiro no momento ou não. Viver a sua paixão vai te dar a fortuna da criatividade descompromissada.

Isso é quando você faz algo tão bem pelo simples fato de não gostar como as coisas são feitas ou por gostar mais do seu jeito de fazer.

Já pensou quantas pessoas podem gostar da forma como você faz algo mais do que estão sendo feitas atualmente?

Um exemplo disso é o bilionário Richard Branson que teve uma sequência de más experiências com empresas aéreas e acabou fundando a própria companhia aérea do zero para que as pessoas não passassem pelas mesmas dificuldades e frustrações que ele.

Hoje, as empresas do Grupo Virgin faturam bilhões e Richard Branson está na lista dos maiores bilionários do mundo.

Outro exemplo mais próximo é o empresário brasileiro Sílvio Santos que fundou a própria emissora, o SBT, porque estava insatisfeito com as emissoras em que trabalhou.

Hoje, o SBT concorre com gigantes que poderiam ter esmagado o jovem Sílvio que na época em que ele começou do zero. E o Grupo Sílvio Santos não para de crescer com receitas milionárias.

Os 4 maiores obstáculos que estão te impedindo de fazer o que você ama

A prisão de não trabalhar com o que ama

Sair da prisão não é fácil, mas vale muito a pena.

Porém, nem tudo são flores. O caminho para a criação de riqueza genuína na vida vai incluir grandes obstáculos que só poderão ser superados pela paixão e interesse no seu trabalho e nos seus projetos.

Resolvi listar os maiores obstáculos que te impedem de trabalhar com o que ama e ganhar bem por isso. Vejamos:

  1. Achar que não é bom o suficiente
  2. Ter medo de abandonar o seguro
  3. Amar o que faz, mas achar que isso não gera dinheiro
  4. Achar que monetizar sua paixão é errado

Vamos ver esses obstáculos um a um.

1. Achar que não é bom o suficiente

É preciso perder o medo dos rótulos e desenvolver o seu trabalho visualizando-o do ponto de vista correto.

Não se importe se as pessoas te criticam pelas suas escolhas, saiba você mesmo porque está desenvolvendo esse trabalho, como ele o satisfaz e quais suas perspectivas de crescimento para o futuro.

2. Ter medo de abandonar o seguro

Esse é o estado atual da maioria das pessoas que querem fazer fortuna na vida mas não fazem nada em relação a isso. O que causa o maior surto de estagnação como nunca antes visto na face da terra.

Realmente é muito cômodo tentar deixar as coisas como estão, mas isso não provoca a mudança que você quer de verdade.

Aguentar mais um pouco o chefe mal-humorado que provavelmente também não ama o que faz, permanecer ganhando apenas o suficiente para pagar as contas e colocar a culpa em fatores externos são alguns dos comportamentos das pessoas que estão paralisadas pelo medo de abandonar o seguro.

3. Amar o que faz, mas achar que isso não dá dinheiro

Existem algumas pessoas que realmente já se entregaram aos seus sonhos e as suas paixões, mas elas não estão gerando nenhuma receita no momento.

Outras apenas antecipam esse momento em suas mentes gerando um medo moldado pela incerteza sobre o futuro.

E isso é completamente normal porque nem todo mundo consegue correr riscos altos, mas esse não é o estado mental desejado.

O importante é saber que é possível encontrar uma maneira de fazer isso funcionar, e quem sabe até traçar um plano mais seguro, se este for o seu caso.

Começar a trabalhar nos seus projetos, ideias ou negócios em paralelo ao seu trabalho normal é uma das estratégias para os que não aguentam correr muitos riscos.

Chegou a hora de ser maior do que suas melhores desculpas e assumir o compromisso de tornar realidade a vida que você sempre desejou.

Você não percebeu que é o único representante do seu sonho na face da terra?

Entregue-se à sua paixão de tal maneira que você encontrará algum jeito de fazê-la ser lucrativa para você. Dinheiro não deve ser a desculpa, tem que ser a motivação.

4. Achar que monetizar sua paixão é errado

Muitas pessoas já tem esse preconceito arraigado na mente e é uma tarefa muito difícil desfazer isso, mas vou entender que, se você está lendo este artigo até aqui, você já está decidido a fazer fortuna na sua vida.

Por isso, vou apenas reforçar que não há nada de errado em ganhar dinheiro fazendo aquilo que amamos e em que somos excelentes.

Se você está gerando valor para outras pessoas e elas gostam tanto do que você faz que se sentem obrigadas a retribuir, que seja em forma de dinheiro então.

Encontre essas paixões e não tenha vergonha de receber dinheiro por realizá-las tão bem quanto puder. Seja excelente nisso e receba a recompensa equivalente.

Já pensou se eu tivesse vergonha de receber dinheiro pelo meu trabalho de escritor e não estivesse escrevendo este artigo que pode ajudar centenas e até milhares de pessoas?

Seria trágico para mim e para elas!

Recapitulando: o caminho para você trabalhar com o que ama

O caminho para trabalhar com o que ama

O caminho para você trabalhar com o que ama.

Bem, todos nós temos habilidades, talentos e paixões que podemos passar a vida inteira fazendo e nunca cansaríamos. Porém, já vimos que existem obstáculos que impedem e nos desestimulam a cultivá-los.

O que muita gente não sabe é que trabalhar, empreender e desenvolver projetos que girem em torno dessas paixões têm um grande poder de elevar suas chances de conquistar fortuna e riqueza na vida.

Já mostrei vários casos de sucesso de pessoas comuns que começaram a seguir suas paixões e construíram verdadeiros impérios ao redor do que amam.

Você também aprendeu estratégias para descobrir o que ama e tem potencial para ganhar dinheiro, além de reconhecer as maiores desculpas para não trabalhar com o que ama.

Eu, particularmente, tenho grande paixão por descobrir o que as pessoas ricas e bem-sucedidas fizeram para conquistar riqueza na vida e compartilhar tudo com o mundo.

E quanto mais eu estudo, aplico e tenho resultados, mais eu quero compartilhar com as pessoas. Uma coisa que impede as pessoas de trilhar um caminho de enriquecimento é que suas vidas financeiras estão totalmente desorganizadas.

Foi por isso que eu preparei Minicurso Grátis sobre “Como Organizar Sua Vida Financeira em Apenas 14 Dias. Você pode se inscrever gratuitamente clicando aqui.

Estou compartilhando também os meus estudos no meu site, chamado Hábitos Milionários.

Viva também a sua paixão e viva uma vida que vale a pena. A riqueza vai chegar à sua vida se você se dedicar a fazer o que ama tão bem quanto possível e ajudar o maior número de pessoas possível com ela.

Aliás, você já pode começar a ajudá-las simplesmente compartilhando este artigo no Facebook ou no Twitter.

E lembre-se: sucesso é previsível!

Receba as atualizações

Publicado por

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *