A maioria das pessoas acredita que um dos grandes segredos para melhorar a produtividade pessoal é aprender a gerenciar melhor o tempo. David Allen, autor da metodologia Getting Things Done, ou simplesmente GTD, afirma em seu segundo livro – Gerencie sua mente, não o seu tempo – que isso é balela: por mais que você tente gerenciar o tempo, seu dia vai continuar tendo apenas 24 horas.

Após o sucesso estrondoso do livro Getting Things Done (A Arte de Fazer Acontecer na última tradução para o português), David Allen decidiu engordar um pouco seu porquinho lançando um livro com 52 princípios do código da produtividade em forma de capítulos curtos que terminam sempre com questionamentos para o leitor.

O segundo livro do GTD

Capa do segundo livro do GTD

Se no primeiro livro Allen dá uma aula de produtividade pessoal com uma metodologia clara e consistente, neste segundo o espírito lembra mais os livros de auto-ajuda, com sugestões mais subjetivas e não tão práticas quanto na obra anterior. Pode-se dizer que o autor repete, com outras palavras, os princípios da metodologia descrita anteriormente.

O problema de David Allen para este livro é que ele foi tão competente e completo no primeiro, que ficou sem grandes novidades para apresentar ao público.

Talvez seja uma leitura que valha a pena para um período grande depois que a pessoa leu o primeiro e esteja querendo reforçar alguns conceitos. Como eu li os dois quase na seqüência, me pareceu repetitivo em demasia. Fica como sugestão para quem quiser dar um presente para alguém que já tenha iniciado no GTD.

Receba as atualizações

Publicado por Walmar Andrade

Criador do Mude.nu, Walmar Andrade é bacharel em Comunicação Social, com extensão em jornalismo on-line (UFPE), MBA em Planejamento, Gestão e Marketing Digital (FECAP-SP) e Master en Comunicación Empresarial (INSA-Barcelona). Escreve sobre comunicação e marketing digital no blog Fator W.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *