Na última sexta-feira, o funcionário do Banco Central, Ricardo Neis, 47 anos, atropelou doze ciclistas que faziam uma manifestação nas ruas de Porto Alegre.

O atropelamento foi filmado por cinegrafistas amadores, em cenas fortes e chocantes.

As cenas causam revolta imediata em quem as vê. Todos julgam e condenam a atitude do motorista, que feriu pelo menos oito pessoas e por sorte não matou ninguém.

A atitude de violência é indefensável e injustificável. Mas será que podemos compreender as motivações do atropelador?

Nós julgamos e condenamos baseados em alguns minutos de filmagens que vemos e nos depoimentos das vítimas. Mas vamos fazer apenas alguns exercícios de compaixão para tentar entender o que se passava na cabeça do atropelador.

Se você acha que é impossível sequer considerar compreender aquele ser humano, pense por um momento, por exemplo, que ele poderia ser o seu pai.

Se fosse o seu pai que estivesse dirigindo aquele carro, você não iria querer ao menos saber o porquê de ele ter feito o que fez?

Este é o intuito deste post: tentar entender, e não defender ou justificar o que foi feito.

Do ponto de vista externo, foi uma tentativa de homicídio, uma decisão deliberada de acelerar contra os ciclistas, não um acidente.

Estamos enfatizando isso, mas mesmo assim sabemos que nos comentários aparecerão aqueles que vão julgar, condenar e até querer linchar o atropelador sem lhe dar o direito à defesa ou ao contraditório, como mandam as leis do país.

Colocando-se no lugar do motorista

Para fazer esse exercício, é preciso conhecer a ideia filosófica de que não existe um mundo de maneira objetiva. Cada pessoa é um mundo, pois enxerga todo o restante a partir de seus olhos, de suas percepções. Citando Humberto Maturana, “Quando alguém morre, um universo deixa de existir”.

A única forma de tentar compreender a atitude do atropelador é colocar-se por um momento no lugar dele. Se continuarmos vendo de fora, como espectadores do vídeo, ou como um dos ciclistas atingidos, não há como compreender.

Segundo informações, o motorista estava com o filho de 15 anos no carro. O adolescente deu entrevistas a jornais de Porto Alegre dizendo que os manifestantes bateram no carro, balançaram o veículo, quebraram os vidros do Golf. Depois liberaram alguns outros carros e ficaram trancando apenas o do atropelador.

Agora imaginemos, por exemplo, que o motorista sofresse de Síndrome do Pânico. Ou simplesmente tivesse medo de violência. Como ele reagiria a um grupo de estranhos batendo no seu carro com seu filho adolescente dentro?

Nesse caso, não importa se os ciclistas realmente bateram no carro, quebraram os vidros ou ameaçaram o motorista. O que importa, para o motorista, no momento do ocorrido, é o que ele acha que ocorreu. A ameaça que ele acredita que sentiu.

Nós não sabemos que tipo de situação vive o atropelador, que angústias ele sofria naquele momento, que ameaças ele sentiu para acelerar daquela maneira por cima de outros seres humanos.

Só julgamos e condenamos, sem direito a defesa, porque estamos vendo as coisas sob o nosso ponto de vista. Qualquer exercício de compaixão requer que você coloque-se genuinamente no lugar da outra pessoa, compreenda suas razões e assim a ajude a libertar-se do sofrimento.

O motorista cometeu um erro gravíssimo e deve ser levado a Justiça, com direito a defesa, e condenado pelo que fez. A nós cabe criticar a atitude e torcer para que o atropelador arrependa-se do que fez e torne-se uma pessoa melhor.

Todos nós cometemos erros. Todos nós estamos buscando fugir do sofrimento e encontrar a felicidade. Os ciclistas não são mais merecedores da nossa compaixão do que o atropelador.

O lado bom do ocorrido

Existe sim um lado positivo do fato, já que – por sorte – ninguém morreu.

O lado positivo é utilizarmos o fato para uma campanha forte e poderosa no Brasil em favor das bicicletas. O mude.nu já falou aqui da importância do uso das bicicletas como meio de transporte e o Brasil precisa acordar para isso.

O país está vivendo em muitas cidades um caos completo no trânsito. Pessoas têm passado duas, três, quatro horas de seus dias nos engarrafamentos. Estão presas quando deveriam estar curtindo suas famílias, produzindo riqueza, aproveitando a vida.

Enquanto isso, vemos carros e mais carros sendo vendidos, ruas e mais ruas sendo construídas e praticamente nada de ciclovias, bicicletários, empresas com chuveiros, campanhas educativas pela troca do carro pela bike.

Como podemos aproveitar o caso de Porto Alegre e usar a atenção da opinião pública para discutir de verdade essa questão?

Receba as atualizações

180 Comentários

  1. RT @mude_nu: Quem já leu um post do @gustavogitti ou leu um livro do Dalai Lama vai entender melhor o post sobre o atropelador. http://t

    Responder
    • Caros amiguinhos, primeiro uma manifestação que interdita uma via expressa deve ser comunicada às autoridades competentes, isso que eles fizeram foi errado e pior uma sexta às 19:00 na hora do rush, é muita folga. Segundo informações havia uma discução entre o motorista do carro e alguns ciclistas que bloquearam a passagem (relato de um próprio ciclista do grupo) e que possivelmente tentaram agredir o motorista e seu filho.
      Bom minha atitude como motorista seria passar por cima como o cara fez para defender meu filho e ainda dava a ré. Quer fazer uma manifestação que seja de forma legal. Duvido que seria permitido uma passeata em uma hora dessa em um dia útil e se fosse haveria um aviso prévio e acessos à via fechados para motoristas não ficarem encurralados.
      A imprensa diz e vocês acreditam como bons cachorrinhos que são, ta na hora de abrir os olhos pessoal!

      Responder
      • Tá bom, sem conversa! Se é para agir como animal, aparece aqui na minha porta com essa opinião e seu filho, pra ver se eu não parto (do verbo partir) sua cara e a da bichinha do seu filho. Porra nenhuma… esse cara é um animal e ninguém precisa de autorização das autoridades enquanto estão cumprindo a Lei (no caso, a Lei de Trânsito que prega prioridade para o ciclista quando não há ciclovia). Se eu estivesse no carro, pegaria outra via (qualquer idiota faria isso, a não ser que quisesse ser preso) que está visível existir no vídeo mostrado.

        Responder
        • engraçado ne vc quer arrebentar o cara pela opniao dele e se os ciclistas te cercacem o que vc faria esta um tanto contraditoria sua opiniao

          Responder
        • Errado, meu caro Bob… O Código Brasileiro de Trânsito prevê a prioridade do ciclista somente quando estiver este inserido no trânsito, fazendo regularmente o seu deslocamento… É expressamente proibido bloquear a via por qualquer motivo (inclusive em protestos) sem a autorização e acompanhamento do poder público (no caso, da EPTC e da Brigada).
          Nada justifica a atitude do motorista, mas o fato deve ser analisado por inteiro, e jamais só sob a visão dos cicilistas… A verdade é que eles estavam irregularmente bloqueando a avenida, e realmente começaram a bater no carro (testemunhas, inclusive ciclistas, já afirmaram isso). Dessa maneira, correta ou não, cada um teve suas prórpias razões (desproporcinais) para praticar o ato.
          A verdade, por fim é: ambos erraram, e o o erro do motorista foi mais latente, pelo que deverá ser punido.
          Ah, só mais uma coisa, meu caro: seja mais educado da próxima vez, pois com esse teu comentário só te mostraste um despreparado e estúpido.

          Responder
        • quebra cara de ninguém porra nenhuma… na PRIMEIRA vez que vi os videos no Balança eu já comentei com minha irmã “tá certo o cara” gente FOLGADA = esses ciclistas tem mais é que se fuder mesmo… vai bloquear a rua na casa do caraiiii porraaaaa.

          Responder
        • SEMPRE tem um ignorante que nao quer enxergar as coisas. (BOB)
          nao é agir como animal seu imbecil. o que voce faria se um bando de ciclistas batessem no seu carro e te ameaçasse? voce obviamente nao iria fica parado pra ver o que ia acontecer. voce teria uma reaçao e duas escolhas. uma ficar parado e pagar pra ver oqe os ciclistas filhos duma puta tava qerendo faze com voce e seu filho OU jogar o carro em cima deles, por instinto voce iria acelerar e sair fora dali. eu poderia fica aqui o dia todo argumentando mas n vo perde mais meu tempo com gnt ignorante e insignificante como voce, idiota

          Responder
        • vc parte porra nenhuma,marica…quer marcar um encontro pra ver se vc parte?Duvido muito vc partir minha cara,me da teu endereço maricão,vou a hora que vc quiser…

          Responder
          • o que vc faria se eu desse meu endereço, ti recebesse com uma pistola na tua cara, ti obrigasse a tirar a roupa, comesse teu cusinho e mandasse tu dizer que gostou??? deixe de ser idiota… diante de gente mais esperta que vc, não importa se tens 2 metros de altura, e sim quem atira mais rápido!!! idiota…

        • Comentário estupido e ignorante.

          Responder
        • Realmente você está certo quando afirma que pedestres na pista de rolamento terão prioridade sobre os veículos, você só esqueceu que isso deverá ser feito pelos bordos da pista, em fila única, exceto em locais proibidos pela sinalização e nas situações em que a segurança ficar comprometida.
          Assim como estavam fazendo estava totalmente errado, claro isso não justifica o ato do atropelador, mas devemos lembrar que antes dos direitos temos deveres a cumprir.

          Responder
        • Se me sentisse ameaçado, faria igual ao motorista, atropelaria mesmo! Pois pelos fatos quem começou com a violência foram os ciclistas. E o motorista nunca atropelaria por uma simples discussão. Atropelou porque foi agredido!!!

          Ahhh, caro bob, aparece de bicicletinha na minha frente! hahaha

          Responder
      • Cara vc deve ser tão babaca como motorista até pior….podemos fazer o seguinte assim como foi feito o post e começar a tentar entender o pq de hitler ter matado aquelas pessoas e q angustias ele passava ….a vão a merda bando de babaca.Nada justifica a o q ele fez ele podia ter tirado a vida de muitos ciclistas ..Só q estão colocando panos quentes pq não teve morte.E outra o q ele fez para os ciclistas ???Isso ninguem questiona.

        Responder
      • Caro amiguinho jogar o carro emcima por isso não é desculpa tomara q apodreça na cadeia pra ve se vira gente nenhuma desculpa livra ele..e não tem argumento se tem sindrome do panico problema dele se trata antes de fazer besterira.

        Responder
      • Parei de ler na “discução”…

        Responder
      • Você deve ser psicopata…vai se tratar

        Responder
    • complicada a situação do motora e seu filho…
      complicada a situação dos ciclistas e suas bicicletas…
      de certa forma nenhum tem razão
      se voce quer mudar alguma coisa (ciclistas) então vá ate a prefeitura e entre de bicicleta la, ou quem sabe começem a gritar e usem umas roupas esquisitas…
      talvez….talvez vcs consigam alguma coisa…
      deixo bem claro sou a favor das bicicletas mas não é assim que se consegue alguma coisa

      ao motorista.
      que cara estupido, li um post que fala sobre sindrome do panico..nossa cara não saia de casa se vc tem isso
      eu nao entendo se vc tem u golf provavelmete 2.0 um carro bem veloz… velhinho pega a joaquim nabuco desce pra joão alfredo ou sobe pra lima e silva e tipo recupera o tempo perdido pisando no limite de 60 kmh quando possivel e é so isso…nao tem explicação para o que esse motorista fez…essa balela que quebraram o vidro do carro dele cara se ele tivesse evitado o conflito isso nao teria acontecido

      Responder
  2. Olha… eu tenho vontade de matar toda hora, motoristas, motoqueiros, ciclistas, pedestres, políticos, amigos, inimigos, etc…

    Nem por isso, em momento algum, parti para as vias de fato.

    Como todo e qualquer humano tenho o impulso de partir pra agressão, mas o cidadão tem q estar ciente de que toda ação tem sua reação e o peso da lei…

    nada justifica a tentativa de assassinato!

    Responder
  3. Sinceramente, não tenho a menor compaixão por esse motorista. Pra mim está claro que o que houve nesse caso é mais um exemplo da cultura do trânsito brasileiro, de quem se acha “poderoso” por estar dirigindo um automóvel. Se fosse uma manifestação de caminhoneiros, ele partiria pra cima? Claro que não, mas como eram ciclistas … Recomendo a leitura do livro “Fé em Deus e Pé na Tábua”, do antrópologo Roberto DaMatta.

    Responder
    • para retardados como voce. que so penssa em FÉzinha.. porra mermao.
      um bando de vagabundos que nao tinham nada pra fazer..
      se fosse eu.. eu atropelava mesmo..
      como e que uns bando de vagabundos vao quebrar o vidro do teu carro, ameaçar tu e teu filho que ainda e adolescente e tu nao vai fazer nada?
      vai su fuder se frutinha de merda!

      Responder
      • E iria para a cadeia assim como o energúmeno do vídeo. Não se espera muito de quem escreve “penssa” e não entende o sentido do título de um livro, por isso não espero muito de você.

        Responder
        • Vc pelo jeito deve ser mto macho neh, porque até agora eu só li nos seus comentários vc achando ruim de todo mundo.

          Responder
  4. É realmente, será que os ciclistas foram tão ameaçadores? Ohhh, pera ai meu velho. Abuso, falta de respeito, falta de compaixão, tentativa de homicídio e ainda um mau exemplo, já que o filho estava no carro. Tenho dó desse garoto, criado por esse pai, imprudente, irresponsável e assassino. Lembrando que todo cidadão tem direito a protesto e devemos respeitar esta na constituição. Se no Brasil as leis fossem mais rígidas, queria ver, o problema é que vivemos nos pais da impunidade.

    Responder
    • Se as leis fossem rígidas, os ciclistas estariam presos por perturbação da Ordem.
      Olha o estilo do povo que deu entrevista depois, so nego vagabundo, que gosta de fazer inferno e bagunça.

      Responder
  5. É realmente, será que os ciclistas foram tão ameaçadores? Ohhh, pera ai meu velho. Covardia,falta de respeito, falta de compaixão, falta de amor a vida de outras pessoas, tentativa de homicídio e ainda um mau exemplo, já que o filho estava no carro. Tenho dó desse garoto, criado por esse pai, um covarde, imprudente, irresponsável e assassino. Lembrando que todo cidadão tem direito a protesto e devemos respeitar, esta na constituição do Brasil. Se as leis em nosso país fossem mais rígidas, queria ver, o problema é que vivemos no pais da impunidade.

    Responder
  6. vai saber se realmente este protesto foi pacífico, a pouco tempo atrás vimos pela tv um protesto numa rodovia cuja população forçou um motoqueiro a parar, derrubaram ele bruscamente e tentaram agredi-lo, depois que ele sacou de uma arma todos correram,
    quer saber, bando de medrosos, se eh pra apavorar nao vai correr depois ou sair chorando. se os ciclistas fizeram mesmo isto que foi dito, acho mais do q bem feito.
    falei!

    Responder
    • concrodo plenamtente..
      o cara passou por cima com um intuito de se salvar de ameaças..
      o cara tava se sentindo ameaçado e tentou se defender.. e realmente se defendeu.
      eu num momento desses, passava por cima, e ainda dava a ré so pra termniar o serviço.
      pow. sacanagem.. um bando de vagabundos sem ter o que fazer.
      ir inventar um protesto de merda num dia de sexta-feira na hora do rush..

      Responder
  7. O Ministério Público Estadual pediu na noite desta segunda-feira a prisão preventiva de Ricardo Neis, 47 anos, que atropelou dezenas de ciclistas na Cidade Baixa, na última sexta-feira. Para os promotores Eugênio Amorim e Lúcia Helena Callegari, que atuam no Tribunal do Juri da Capital, as imagens da internet somadas ao histórico de infrações graves no trânsito revelariam um perfil violento do condutor.

    – Ele tem multas por dirigir na contramão, em cima da calçada e outras infrações graves. Precisa ser preso, pois não há justificativa para o que fez, explicou Amorim. Conforme o promotor, o caso foi um crime doloso (com intenção de matar) e duplamente qualificado, por ter sido cometido por motivo fútil e por um meio que impossibilitou defesa das vítimas.

    http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Geral&newsID=a3224638.xml

    Responder
  8. Caro amigo, é claro que vc não dever ter filhos, como aquele poderia ser meu pai, as pessoas atropeladas poderiam ser meus filhos. O fato é q não há justificativa alguma para o q ele fez, então, não vou ter compaixão. Ou teriamos q ter compaixão daquele que mata uma criança, q estupra, etc. Este negócio de compaixão só serve pra quem tá de fora, que tem uma visão limitada. Ele atropelou, quase matou e que lição devemos tomar disso? simples, cumpra-se a lei e prende este “coitadinho”, junto com outros marginais, pq ele não passa disso. Tb tenho problemas, pressões, perdi um filho, tenho q sustentar uma familia, problemas no emprego etc, seria justo então eu passar por cima dos outros para aliviar minha tensão? ACORDA!!! Não se coloque no lugar do agressor e sim das vitimas! Os valores estão distorcidos.

    Responder
    • e q licao devemos tomar dos ciclistas? de qndo ouver um protesto sair quebrando o carro, ameaçando as pessoas? e ainda mais qndo o TEU FILHO esta la?
      AMBOS ESTAO ERRADOS!

      Responder
  9. Acho que o objetivo deste post é nos ajudar a analisar as situações friamente, para não sair por aí com ódio, achando que o mundo é ruim, e fazendo asneiras, como atropelar ciclistas…
    Sofri uma tentativa de assalto em dezembro, em São Paulo, por dois motoqueiros, e desde então, eu tremo quando passa uma moto do lado do carro. OU seja, sempre que estou dirigindo. Cada um tem sua verdade mesmo.

    Responder
  10. segundo um livro de dale carnege, se qualquer um vivesse a mesma vida que ele viveu faria exatamente o mesmo.

    mas quando assistir o vídeo, pensei na hipótese de ele está indo para uma emergência de caso de vida ou morte, e os ciclistas não deixaram ele passar.
    só para praticar o exercício de se colocar no lugar do outro.

    talvez pelo exemplo ser bastante forte, fica um pouco dificil de se colocar no lugar dele.

    mas acredito que a pratica em situações dificeis, deixará a pessoa mais hábil a enfretar situações mais brandas.

    Responder
  11. Pessoas .. hj todos vivemos num stress da porra !..

    Atire a primeira pedra aquele que nunca teve vontade de ferrar com aquele motoqueiro que pegou seu retrovisor – com aquele carro que cortou sua frente – com aquele carro que anda quase parando na faixa da esquerda .. putz ..

    Hj acordamos a mil .. ñ temos + nenhuma tolerância com nd.

    WTF – todos.

    Responder
    • Vivemos num stress da porra e tenho vontade de jogar o carro em cima de motoqueiros que acham que estão dirigindo no pátio de casa, mas, apesar de ter vontade, nunca fiz, nem farei, pq, acima de tudo, não sou capaz de tal mal.

      Responder
  12. Espero que esse motorista seja punido! Merece ficar muitos e muitos anos atrás das grades!

    Responder
  13. se o objetivo desse post é analisar as coisa friamente e tentar entender que o motorista é vitima e nao agressor , acho melhor passarmos a entender jesus cristo e seu famoso ensinamento , se algume lhe bater em uma face , de lhe a outra !!!!! acho que antes de escrever um depoimento como esse , em um blog acessado por inumeras pessoas , sem antes procurar pq o motorista tomou essa atitude tao barbara, é no minimo irresponsavel . Mas algumas coisas devem ser levadas em conta , a primeira delas pq o motorista abandonou o carro depois de cometer o atropelamento ? outra , ele é reicidente ja tomando multas graves por ma conduta no transito , e tentando entender o lado do motorista , se vc atropelasse varios ciclistas para escapar de um possivel linchamneto , nao deveria ir imediatamente a policia para explicar o ocorrido e eximir-se da culpa? o que da a entender foi que ele cometeu o atropelamento e depois da repercusao do ocorrido , foi imediantamente consultar seu advogado para saber como defender .

    Responder
  14. Toda hist

    Responder
  15. Uma coisa é tentar entender, analisar friamente, se colocar no lugar do agressor. Outra coisa é a impunidade que assola esse país. Quem comete infração de trânsito, mesmo que mate alguém não é punido. Acho que é isso que mais revolta as pessoas. Saber que provavelmente esse homem não será punido, e que logo logo estará aí livre, leve e solto dirigindo normalmente, como se nada tivesse acontecido.

    Responder
  16. Eu já passei ao lado de manifestações parecidas em são paulo e tenho algumas considerações:

    1) Esses caras são folgados p caralho. A CET acompanhava e liberou apenas 1 faixa para os mesmos, sendo que se fosse uma manifestação pacífica, acredito que uma faixa está de bom tamanho, mas não, os bonitos queriam logo 3 da AVENIDA PAULISTA, em pleno horário de rush.

    2) Algumas pessoas realmente tinham que fazer conversões a direita para ir para suas casas, ou algo do tipo, enfim, seguir com as suas vidas. Esses filhos de uma puta, além de não deixar, ficavam dando tapas e chutes nos carros que tentavam.

    Não acho válido o que aconteceu, mas, se eu estivesse na mesma situação, teria feito a mesma coisa.

    Responder
    • Rafael,

      Se você fizesse a mesma coisa, provavelmente seria julgado e condenado pelo que fez. Isso se conseguisse se esconder por dois dias para evitar ser preso em flagrante.

      Da mesma maneira como você gostaria que os ciclistas respeitassem seu direito de ir e vir, eles gostariam que você respeitasse o direito deles de se manifestar por uma causa em que acreditam.

      Responder
      • e isso lhes da o direito de sair chutando o teu carro? quebrando a janela do teu carro? ou mesmo ameaçando vc e teu filho?

        Responder
  17. Pessoal,

    Leiam o post antes de comentar. O post condena a atitude do motorista e quer que ele pague pelo que fez, depois de julgado, com direito a defesa. Em nenhum momento o post quer justificar ou defender a atitude do motorista.

    O exercício do post é um exercício de compaixão, de buscar compreender o que se passava na cabeça do agressor quando ele tomou aquela atitude.

    Leiam novamente, por favor.

    Responder
  18. Compaixao??

    isso foi tentativa de homicidio

    podia ter baderneiros no local mas a maioria estava ali num movimento pacifico

    esse cara tem quer ser preso pois ele é uma ameaça a sociedade

    Responder
    • O fato de ele o ser um possível homicida o faz menos merecedor da nossa compaixão? Pelo contrário, creio. Quem mais necessita de amor incondicional são justamente essas pessoas desequilibradas.

      Sim, ele tem que ser preso, depois de julgado e condenado, com direito a defesa dele.

      Responder
      • caro Toni Durden, se você acha que ele merece compaixão, favor ir ao encontro dele e demonstrar o mesmo, aproveita e ajuda ele a pagar o advogado dele e também aproveitando a sua grande boa vontade, vai espalhar a sua compaixão com os outros presos também, leve-os para a sua casa quando eles sairem de lá, pague advogados pra eles e tudo mais que a sua compaixão achar que eles merecem, algum dia (se é que já não foi) provavelmente você irá ser recompensado com um assalto ou alguma violência contra a sua familia. =]

        Responder
  19. Pronto, resolvido. Ele se internou em uma clínica psiquiátrica. Agora que não vai preso nunca, basta alegar que não tem condições psicológicas de ser julgado e pronto. Impunidade ao quadrado.

    Responder
  20. Falo como ciclista profissional. Nunca vi grupo de cicismo nenhum ser agressivo, nao sem necessidade. Caso tenham balançado o carro ou quebrado a janela… algum motivo teve. Entendo que várias pessoas nao apoioam o movimento, mas respeitem a atitude. Nao concordo com várias atitudes, assim como som de carro, lixo na rua, ameaças no trabalho, programação de domingo, dentre várias coisas em diversos assuntos, no entanto respeito. Se tem uma manifestação onde o motivo nao te agrada … desvie. Espero que o condutor seja preso, pague p/ seus atos e reembolse os ciclistas feridos e prejudicados.

    Responder
    • Na boa ?? Pára de ser vagabundo esquerdinha que gosta de se manifestar e vai fazer algo de útil, vai trabalhar em um abrigo, vai fazer trabalho numa ONG, não vai pedalar que nem um imbecil no meio do trânsito !!!

      Responder
  21. nossa reflexao aqui no chat é demosntrar compaixao ou tentar entender o que se passava na cabeça do motorista ? TA + QUE NA CARA QUE O CARA TINHA INTENÇAO DE ATROPELAR !!!!!!!!! esse post ta + pra objeto de defesa do atropelador do que para sensibilizar o povo a ter compaixao . quem tem que ter compaixao sao as vitimas e num pais onde a injustiça impera , ja estamos fartos de tanto descaso do poder judiciario !!!!!!!!!!!!!

    Responder
  22. Pessoal,

    Eu entendi o post e a proposta. O que precisamos é “fazer dos limões uma limonada”. O que aconteceu é passado e é problema dos atropelados, do atropelador(filho da puta) e da justiça. O que nós precisamos fazer agora é promover a discução e a mudança! Assim como o autor do post escreveu, poderíamos ter mais ciclovias, campanhas de incentivo ao uso da bicicleta, exigir leis mais rígidas, ser mais paciente no transito essas coisas todas… Poderíamos começar com o Dia da Bicicleta!!! Um dia de alegria e festa para todas as pessoas andarem livremente com suas famílias pelas ruas das cidades de BICICLETA! Gente vamos pensar sustentável, deixar o egoísmo e a indiferença de lado e voltar a sermos mais humanos e solidários….

    Algo precisa ser feito urgente!

    Responder
  23. Esse cara deveria ser condenado a prisão perpétua. Esse post é uma defesa do atropelador. Qual será o próximo post? Se colocar no lugar de um serial killer? Esse papo de terem batido no carro é conversa de advogado.

    Responder
  24. Ta, eu sei que foi uma tragedia e bla bla bla, mas que foi bonito o strike…

    Responder
    • seria bom se a sua querida mãe o algum familiar sei estivesse lá, ai você iria adorar o strike né, idiota.

      Responder
  25. vc pode ate ter razão sobre o que vc postou,temos que avaliar as duas versões,mas uma coisa que eu aprendi nas aulas de direção que c vc atropela alguém e corre o risco de lixamento é:se apressentar as autoridades competentes e explicar o ocorrido.Isso seria o correto a se fazer.

    Responder
  26. é..

    pelo visto a maioria nem sequer refletiu sobre a proposta do post.
    ficam cegas para a reflexão devido a gravidade do ocorrido.

    isso só prova como é dificil ser uma pessoa evoluída.

    leiam “A CABANA” e reflitam sobre uma história mais trágica e infinitamente mais dificil de se ter compaixão.

    Responder
  27. Eu acredito que devemos sim analisar o lado do motorista, suas percepções na hora e tudo mais. Digamos que realmente tivesse ocorrido a tentativa de linchamento do carro antes do atropelamento, pelo o que foi citado pelo motorista e pelo seu filho… Não seria o mais correto o motorista ir direto à delegacia prestar queixa contra os manifestantes? Ele acabou, com a ajuda dos advogados, preferindo esperar o tempo que a lei define como flagrante ainda para se entregar, ficando em liberdade. Então infelizmente apesar do lado dele ter que ser verificado eu acho que o próprio deu indícios de que fez cagada e agora vai tentar de qualquer maneira dar alguma desculpa para se safar. Aqui em Balneário Camboriú/SC aconteceu um acidente de trânsito onde morreram 3 pessoas e outra ficou gravemente ferida. O motorista de 18 ou 19 anos, filho do ex-prefeito, voltava de uma festa às 5 horas da manhã e passou no sinal vermelho, num cruzamento (nao era sua preferencial) a mais de 100 km/h e acertou um taxi. Depois, o advogado disse que ele teria dormido ao volante. Ora, um garoto de 18 anos, num carro super potente, com outros dois amigos, voltando da festa as 5 da manha, estavam cansados de que? de estudar geopolítica ouvindo música clássica? Faça-me o favor.

    Responder
  28. Nada justifica o que ele fez. O condutor cometeu dois erros gravíssimos!

    Você, criador desse post, não deve entender nada do CTB (Codigo de Trânsito Brasileiro) Onde é está escrito:

    Não reduzir quando!


    Aproximar-se de passeatas, cortejos, aglomerações, desfiles, hospitais, escolas, estações de embarque/desembarque –> Artigo CTB 220, Multa GRAVíSSIMA, 7 pontos, multa 191,54.(valor irrisorio)

    Ao ultrapassar Ciclistas –> Artigo CTB 220, Multa GRAVE, 5 pontos, 127,69!!!

    PS.: Se fosse meu pai dirigindo, como o post pergunta ai, eu com certeza representaria contra ele, pq o que ele cometeu foi um crime!!!

    Responder
  29. Se eu fosse o motorista do carro, tuvesse com meu filho dentro do carro, os manifestantes tivessem batendo no meu carro, balançando e até mesmo quebrando os vidros do mesmo, eu faria exatamente como o motorista do video.
    Não sou a favor da violencia, mas pela segurança minha e principalmente do meu filho, eu era capaz de matar sem dó.

    Responder
  30. é muito provavel que o cara tenha agido em legitima defesa.. pq na hora de chamar pra briga, quando ta em turma, todo mundo quer, mas quando ve que o cara pode com a turma inteira os caras cagam no pau e se fazem de vitimas… se eu tivesse com meu filho no carro e rolasse uma putaria dessas, eu quebraria todo mundo mesmo!

    Responder
  31. esse movimento nao tem nada de pacifico se vc reclamar eles quebram seu carro
    moro em porto alegre e ja vi eles fazendo baderna no transito grupo de maconheiro que nao respeita ninguem. escondido sobre bandeira de melhorar a vida do planeta cada um usa o transporte que melhor atende eles querem impor que vc use bicecletas.

    Responder
  32. É o mundo esta perdido mesmo !!!
    Um escreve o post , outros comentam , xingam , protestam e ninguem diz nada de coerente , país de gente mediocre e burra que nao para pra pensar pela simples preguiça de querer evoluir , é mais facil justificar isso ou aquilo , que mudar esse povinho que só sabe olhar para o proprio umbigo …
    Ahhh estao todos indignados mas amanha todo mundo vai assistir BBB , escutar pagode , funk , ver mulher fruta , se enfiar e igrejas e esquecer tudo , cada país tem os cidadaos que merece , ninguem tem coragem de mudar a si proprio e ficam ai com conversa furada tentando mudar o mundo , uns com bicicletas , outro com o carro e outros escrevendo coisas inuteis .
    Isto que eu vi nao me impressionou em nada , pois todos os dias matam neste país , crianças , mulheres , negros , gays , pais de familia , enfim é um país de barbaros goverdado por mercenarios , e de quem é a culpa ?
    De quem nao tira a trave do olho .
    Não fiquem indignados pessoal , pois é dai pra pior .
    Tenham coragem e paciencia para mudar a si proprios e já será um grande começo .

    Responder
    • exatamente o que venho tentando dizer, a maioria dos comentários só refletem sobre o fato do atropelamento.

      parece que ninguem tem maturidade suficiente para entender que isso foi só um exemplo para uma reflexão. e um exercício de procurar vê pelos olhos dos outros.

      a GRAVIDADE do fato é justamente o DESAFIO PROPOSTO.

      não é óbvio que ter compaixão por pessoas boas é a coisa mais fácil do mundo.
      a proposta do post não é essa.

      é tão dificil assim entender a proposta do post?????

      Responder
    • Só reformularia uma frase: Cada cidadão tem o país que merece!
      De resto, concordo plenamente.
      Cambada de estúpido.Quem disse que faria a mesma coisa é um grande babaca.O maluco é desequilibrado.
      Agora, para os babacas lá em cima que só se importaram em ofender os ciclistas: Vao se fuder seus idiotas!!
      Existem pessoas imbecis em todo lugar, inclusive entre os ciclistas manifestantes, mas me responda uma coisa: O cara atropelou gente por uns 50 metros. O que o ciclista que estava lá na frente tem a ver com esse motorista??? O cara que estava lá na frente, e muitos outros que foram atropelados ou não, estavam lá de boa.
      Isso é a mesma situação se um cara te assalta no pé do morro e vc sobe com uma metralhadora, igual ao Rambo, matando todo mundo.
      O post não foi para decidir se o cara estava certo ou não.Mas já que ninguem seguiu o objetivo inicial, respondo segundo o objetivo criado pelos leitores: Se fosse meu pai, daria-lhe uma boa porrada e o levaria para cadeia antes dos 2 dias de flagrante. Não é exagero, faria mesmo. Com meu pai de verdade.
      Agora, para o amigo que criou o post: Relaxa cara. Com sorte, todo esse tipo de gente que comentou um monte de merda vai parar de frequentar o mude.nu. E vai sobrar espaço para quem quer somar.

      Responder
  33. Ao ler a maioria dos comentarios, ve se q a maioria nao entendeu nem analisou o post, apenas responderam emocionalmente, tipico do povo brasileiro, mas concordo c o q Paranhos escreveu, muita conversa e pouca açao, eh o q vejo em quase todo lugar. Nos brasileiros nao aprendemos a viver em comunidade, a respeitar o proximo, nem lutamos pelos nossos direitos. Brigamos nos estadios, oferecemos propina p o gurda de transito nao nos multar e p ai vai…Sera q algum dia vamos nos concientizar q nao eh pq levamos vantagem q esta correto. Outro dia vi no youtube a investigadora q ficou nua p causa da propina q recebeu, a maioria ficou indignada c a atitude da corregedoria, mas a maioria nao pensou tbm q se ela nao quisesse ficar nua era so entregar o dinheiro e assumir culpa, mas acho muito dificil p nos q somos um povo emocional, pensar ou analisar diversas situaçoes, so sabemos eh julgar o proximo…p favor reflitam…e vamos fazer a nossa parte p mudar o mundo…abraços

    Responder
  34. No cumprimento da lei, não se deve levar em conta o emocionalismo, julga-se o fato ocorrido. deve-se analisar todo o contexto da situação.

    Responder
  35. Gostei muito do post e segue a minha linha de raciocinio, é claro que o motorista não deve ser inocentado porém deve-se lembrar que é provavel que o movimento não foi avisado com antecedencia (é facil perceber pela falta de viaturas por perto e estar TODAS as faixas trancadas). Uma vez que o movimento não era permitido, é possivel que o motorista saia ileso judicialmente se ele alegar “legitima defesa” já que estava cercado com um filho de menor e sem chance de escapar de outra maneira que não fosse essa.

    Errado ? sim o motorista estava, mas uma vez que o povo não sabe a maneira certa de fazer movimentos e exigir direitos… os mesmos acabam por perder os poucos que já tinham. Não acho que o motorista estivesse errado, poderia dizer que qualquer outra pessoa NA MESMA situação se sentindo acuado faria algo semelhante.

    Nunca havia entrado nesse blog, mas pelo post procurando entender “o outro lado” pretendo passar aqui mais vezes e olhar um pouco o que tem.

    Desde já agradeço pela atenção de todos que tiveram seus tempos tomados para ler esse comentario.

    Responder
  36. A venda de carros é fruto do modelo econômico que adotamos, cada um vale pelo que possui e não pelo que de fato é. Como você bem disse, não é possível absolver de culpa o motorista, mas fica fácil entender os seus motivos. Não sei quanto aos que lêem o blog, mas quando chega o termino do expediente a unica vontade que tenho é de ir para a minha casa, já saio pensando no engarrafamento monstro que vou ter que enfrentar e tenho certeza que foi uma situação de muito stress para este motorista que fora o caos urbano ainda teve que aturar um monte de idiota de bike.
    por que idiotas? idiotas porque estavam piorando uma situação que já está insustentável, de 3 a 4 horas no transito transformaria até a Madre Teresa de calcutá em uma velhinha com cara de poucos amigos. sou simpático ao movimento, tenho certeza que a bicicleta é uma excelente maneira de fazer com que o trajeto de casa para o trabalho e vice versa seja muito mais prazeroso mas tudo tem hora e lugar, e definitivamente aquela não era a hora nem o lugar.
    O seu direito termina onde começa o dos outros, o pessoal da bike tinha o direito de protestar? mas é claro que tinha, tinha o direito de impedir a passagem seja lá de quem fosse? claro que não.

    Responder
  37. E se fosse seu filho? seu carro, que vc cuida com tanto carinho? pra vim um bando de mané folgado e destrui tudo. E ainda dizer q é um protesto pacifico. paaara meu, pra que quebra o carro do cara? o cara se sentiu ameaçado e sumiu, do geito que ele conseguiu.

    Responder
  38. Olá. Concordo plenamente com você… Quando expus o mesmo pensamento que você sobre o caso, fui apedrejado por pessoas que ficaram alienadas com a situação. Na minha opinião, o fato de que o motorista estar errado(sim está, pois nenhum motivo da sua atitude)não implica em os ciclistas estarem certos. Deveriam eles ter chamado o orgão responsável, no caso o EPTC e teriam evitado tamanha tragédia. Outro ponto é que não interessa a causa, acho que um protesto perde a razão quando passa a interferir na liberdade ou na rotina de pessoas que não tem nada a ver com o assunto. Aliás, acho que se uma pessoa não é a favor de alguma causa se tornará ainda mais contra se for atrapalhada por aquela causa…
    Parabéns pelo post.

    Responder
  39. As pessoas estão julgando, mas esse não é o propósito do post. Claro que o atropelador deve pagar pelo que fez – e nada justfica a sua ação – mas o que está sendo colocado aqui, é procurar saber, especular, refeltir sobre o que levou esse homem a cometer tal barbárie.
    Quem vive em cidades grandes sabe do estresse que o trânsito e demais situações causam, mas não saío por aí atropelando, matando ou batendo nos outros (por mais vontade que eu tenha certas vezes). Nós vivemos em sociedade, que nos impõe limite em relação aos direitos dos outros. E isso deve ser respeitado.
    Não estava lá, não vi, o que sei são relatos e imagens passados pelos veículos de comunicação. Cada um coloca seu ponto de vista, dramatiza ou ameniza a situação, que faz a realidade se tornar subjetiva.
    As pessoas estão alimentando ódio, o que é normal, pois pensamos que naquele local poderiam estar parentes, amigos ou até mesmo você! Mas o pior não é o atropelamento em si, mas o que levou ele a fazer isso. O homem simplesmente endoidou? Claro que não! Foi uma atitude pensada. Mas creio que ele não acorda e pensa “vou atropelar alguém hoje…”
    Observe ao seu redor e verá intolerância, egoísmo, arrogância… o mundo está doente e ninguém vê?

    Responder
    • “As pessoas estão alimentando ódio, o que é normal”

      não. isso não é normal e nunca vai ser.

      o ódio nunca vai ser algo normal.

      Responder
  40. Concordo dom Paranhos!!!!…Muita coisa de ruim acontece, sem que seja feito nada. O fato é que ninguém estava presente no moneto do acontecido. Vamos fazer a história ficar ao contrário. E se o pai e o filho estivessem no carro, e os ciclistas fizessem ameaças..9como acredito que fizeram), e esse pai tentasse sair dali, mas fosse barrado e subjugado. E no meio da discussão, sofressem violência fisica levados talvez até a morte. Ali, pensem bem, eram vários ciclistas contra duas pessoas dentro de um carro. Se eles saissem do carro, oque poderia ter acontecido??…O fato é que dentro do carro, o pai se sentiu protegido, e num impeto de savar sua própria vida e a do filho, investiu o carro contra a turba de ciclistas. Sinceramente, se eu fosse ele, teria feito o mesmo!!!..Antes eles, do que eu!!!!

    Responder
  41. É tão fácil para todo mundo julgar uma pessoa…
    Mas ninguém sabe o que é ser o outro.
    Vocês que assistiram este vídeo, acharam ABSURDO (como eu), se revoltaram (como eu), ficaram sem entender e encontrar um bom motivo para que ele fizesse isso (como eu), pensa só uma coisa: Que bom!! Que bom que somos pessoas que acreditamos que nunca cometeremos uma barbaridade dessa. Que bom que temos senso e equilibrio o suficiente. Mas como diz a música de Raul Seixas: “como é que você pune quem não é você?”
    Veja bem: Não estou dizendo que ele não deva ser punido. Não cabe a mim dizer se deve ou não, porém acho que ele deve ser julgado sim e se for realmente injustificável, se ele for realmente uma ameaça para a sociedade e o problema dele não seja psiquico ou emocional resolvido com tratamentos, que seja punido.
    Acho que o que cabe a nós é apenas torcer para que a justiça seja feita.

    Responder
  42. queria ver essas pessoas que atiram pedras no motorista que fez isso , se estivessem no lugar dele com um filho no carro e cheio de pessoas girtando e chacoalhando o carro e quebrando partes do mesmo, se iriam ficar e ser massacrados ou se iam tentar fugir ….. e o direito de cada um termina onde o do outro começa onde esta o direito deles de interromper o transito da rua sem ao menos cominica as autoridades competentes ( policia e o orgão responsavel pelo transito na cidade ) para que o movimento deles fosse de fato passifista e organizado eles nao tem o direito de fechar a rua nao são os unicos donos dela, tem que respeitar para ser respeitado se agem com vilencia e coagindo serao viloentados e coagidos.

    Responder
  43. Gostei do post, se bem que isso é uma coisa que fazem hoje em dia, tentar entrar na mente do criminoso, mesmo com o estado debilitado deste homem, pelo medo, ou pelo que for, nada justifica a atitude de tentar matar os ciclistas. Vai ser julgado e condenado pelo que fez. Mas na boa, isso é uma opinião minha, ruas e avenidas de trafego rápido não são para ciclistas, atrapalham o transito e correm mesmo o risco de acidentes por não ter um lugar para eles. Ciclistas não tem proteção, não é um capacete e uma joelheira que vai te salvar de ser jogado a 6 metros de distância. Concordo sim que deveriamos ter algo para quem opta pela bicicleta, mas pessoas ruins existem em todas as manifestações pacíficas, que querem colocar seus direitos acima do dos outros através da força.

    Responder
  44. Que absurdo! Esse post foi da familia do assassino? Sindrome do Panico? Ciclistas quebrando vidro e ameacando? O unico vidro quebrado era o parabrisa, e todos sabem como quebrou. A midia esta manipulando a opiniao publica? Entao aquilo que vimos no video foi um efeito especial hollywoodiano criado pela midia para manipular a opiniao publica em condenar o pobre motorista? PQP!!! QUE POST RIDICULO! ESSE CARA TINHA Q IR PRA CADEIRA ELETRICA!!!

    Responder
  45. Se aquele bando de vagabundos desocupados estivessem trabalhando não seriam atropelado.
    A rua foi feita pra carro passar e não pra carreata ou protesto. Esses caras que fazem essas passeatas não tão nem aí pros motoristas que podem estar atrasados ou apenas irritados com o ocorrido, se acham os fodões por estarem trancando a rua e protestando contra algo que nem eles sabem o porquê!

    A primeira vez que eu vi, dei risada, a segunda dei rezão pra ele. Se isso acontecesse sempre não haveria mais essa enchessão de saco.

    Responder
  46. Pelo amor de Deus! O que estão discutindo aqui? Colocando-me na posição do motorista, com meu filho, simplesmente pararia o carro e deixaria a os ciclista seguirem! Na primeiro oportunidade, sairia em busca da polícia para prender os vândalos!
    O cara agrediu pessoas que não estavam sequer perto do carro, não há justificativa para isso! Este canalha já tem passagem pela polícia por agredir a própria esposa! Ter compaixão de um cara que avançou propositadamente com uma carro em uma multidão? Sinceramente vcs acham que ele não tinha consciência que esta poderia matar pessoas com esta atitude? Quem chegou mais próximo de matar alguém? Os idiotas que ameaçaram e quebraram o carro ou este motorista imbecil que passou por cima de uma multidão?
    A vida é o bem mais preciosa que temos, mas tem gente aqui que valoriza mais o próprio retrovisor!!!

    Responder
    • e se quando você parasse o carro te Fechassem e agitarem e voce precisando ir embora duvido que ficaria quietinho sendo ofendido e vendo seu carro ser destruido. Um erro não justifica o outro mas motiva o outro a errar em sua defesa e de sua familia.

      Responder
      • Existem funções para “R” do câmbio, uma delas é impedir que se faça idiotices.

        Responder
      • Primeiramente isso não aconteceu! Ele teve inúmeras alternativas para evitar esta atrocidade! Não vou ser hipócrita ao ponto de falar que em um real perigo de vida não avançaria, pois só Deus sabe o que sou capaz de fazer para proteger um filho! Porém, conforme relatos e imagens, as agressões dos ciclista não chegaram nem perto de ameaçar a vida do motorista ou seu filho.

        Responder
  47. Não importa o que tenha acontecido antes dele atropelar as pessoas, um erro não se justifica com outro erro. Se ele tem sindrome de pânico mesmo, então ele nem deveria estar dirigindo. Sou taxista e odeio quando fazem protestos na minha cidade, perco tempo e dinheiro por causa disso, fico irritado, mas não é por isso que eu vou pegar meu carro e sair atropelando pessoas dessa forma. Agora eu pergunto: e se fosse seu pai ou seu filho que estivesse naquele protesto e tivesse ido parar no hospital, você teria escrito isso? Não estou criticando ninguem por sua opinião, mas so sei que não se pega um carro e atropela pessoas, poderia ter causado a morte de alguém, como muitos aqui escreveram “era um bocado de vagabundos dque deveriam estar trabalhando” Quer dizer que eu devo sair atropelando todos os que passarem na minha frente? O que ele fez foi errado, não foi um acidente e ele deve pagar por isso.

    Responder
  48. “…Ele tem multas por dirigir na contramão, em cima da calçada e outras infrações graves.”

    Essa frase encerra o assunto.

    Responder
  49. Excelente post! Vc escreveu com a sobriedade que td jornalista deveria ter!

    As pessoas pré-julgam um fato apenas com a opnião viciada de um mídia tendenciosa, ávida por sensacionalismo!!

    Amplexo,
    FG

    Responder
  50. que pagina mais ridicula essa… Totalmente desinformada, em nenhum momento o o carro ou o motorista foram agredidos, muito menos deixado passar outros carros menos o dele. Havia tres ruas que ele poderia ter desviado, mas seguiu atras de 100 ciclistas. Se fosse uma merda de uma carreata politica o que ele faria? Não tem justificativa o que ele fez. E mais, esse cara, segundo o MP, tem inumeras queixas de agressão doméstica e multas por andar na contra-mão e em cima de calçada. Trata-se de uma pesso que não está apta a conviver em sociedade. Me desculpa, mas esta tua pagina é totalmente sem noção.

    Responder
    • vc estava lapara saber o que fizeram com o motorista pq nao vi imagens disso nao e garanto que se alguem da passeata tiver vai divulgar, manifestantes desorganizados como esses colocam as vidas deles e as do outros em risco eles nao tem mais direito que ninguem para fechar uma rua e atrapalhar a vida das pessoas

      Responder
  51. Os caras que defendem o cara estão se baseando no que ele disse. Pelo amor de Deus! Há um vídeo que prova que ele agiu com a intenção de ferir e até matar… os ciclistas destruíram o carro dele com os corpos. Não há qualquer sobriedade em defender criminosos. Se ele já estava no meio dos ciclistas é porque queria confusão. Com histórico de motorista que ele tem, torçam para não encontrá-lo no caminho.

    Responder
  52. Uma vez um motoqueiro me fechou e eu xinguei ele… ele veio e chutou a porta do carro q eu estava dirigindo e sai acelerado…
    eu consegui sair costurando e qdo ele percebeu eu ja tava em cima dele… fechei ele e ele caiu e eu fui embora.

    oq eu kero dizer com isso: simples cada acao sua gera uma reacao…
    ele me fechou.. eu xinguei ele… pronto teria acabado se ele nao tivesse chutado a porta do carro…

    agora considerando o caso do atropelamento dos ciclistas: claro q a manifestacao era pacifica… mas sempre tem um babaca ou outro q faz merda… eu nao posso dar certeza q algum ciclista bateu no teto do carro ou algo do tipo… estou dando minha opniao… quebrarem o vidro acho que nao fizeram… mas ficar batendo no teto do carro e balancando ele eu realmente acho que isso deve ser verdade ainda mais se o motorista estava buzinando e chingando.

    E eu vo falar… se comecacam a balancar e bater o meu carro eu faria a mesma coisa, ou vcs deixariam eles batendo no seu carro?? ou vc desceriam para apanhar de 200 ciclistas??

    uma coisa vcs podem ter certeza a minha vida em mais importante que a vida de qualquer pessoa… pelo menos pra mim.

    Nao estou falando que o motorista nao deveria ser punido, mas tbm acho que os ciclistas que estavam batendo no carro tbm deveriam… se os ciclistas nao forem punidos o motorista tbm nao deveria ser punido.

    Responder
    • Balançar o seu carro não ameaça a sua vida! Um chute na sua porta não ameaça sua vida! Mas já que considera tanto sua vida, poderia pensar em evitar atitudes que façam vc passar mais de 10 anos encarcerado!

      Responder
      • Balancar o carro nao ameaca a vida? a partir do momento que qualquer tipo de acao muda de verbal pra fisica vc nao pode ter certeza de nada, vamos ver se um dia comecarem a bater no seu carro, com seu filho, esposa ou mesmo namorada dentro dele… qual sera sua reacao? vai abrir a janela e pedir educadamente para que parem?

        da mesma maneira que o motoboy me fechou eu poderia ter batido o carro, eu fechei ele e ele caiu.

        vc esta fazendo oq a maioria das pessoas fazem, pegam o desfecho da historia e se resumem a so isso…. tem q ser analisar oq causou e o pq causou.

        Responder
        • Vc derrubou deliberadamente uma pessoa de uma moto! Vc nem sabe se matou este cara! Repare, “vida X porta de carro”! Repare em outra diferença, ele lhe fechou pq é um idiota imprudente, mas vc fechou para derrubá-lo, para machucá-lo, até para matá-lo! Mas se mesmo assim isso não lhe convence do seu erro, pense neste tempo de encarceramento que eventualmente teria que pagar, caso tivesse matado o motociclista!
          O mesmo acontece com este motorista, sob a justificativa de proteger seu filho, agora ele deixará este mesmo filho desamparado por mais de 10 anos, caso for condenado!

          Responder
      • se ferram seu caro e fazem algazarra quem garante que nao te feririam tambem, eunao ia esperar para ver, isso em direito se chama estado de necessidade e isso se comprovado obviamente exclui o ilicito

        Responder
        • Lamento, mas no direito vc não pode tentar matar pessoas pq vc acha irá ser agredido, da mesma forma que não pode se proteger de um soco com um tiro!

          Responder
    • concordo com vc

      Responder
    • ele poderia ter dado um tiro em você logo depois que você xingou ele.
      ou então vc poderia ter dado um tiro nele depois que ele chutou sua porta.

      eu acho que não vale a pena descarregar uma raiva e correr o risco de ter consequencias trágicas mais a frente.

      na situação as duas pessoas descarregaram uma raiva completamente desnecessária.

      Responder
  53. Concordo com o post… Eu já havia pensado desta maneira… O homem pode não ser um homicída que todos estão julgando, vale pensar no que o lvou a isso, se foi ameaçado… Parabéns pelo post.

    Responder
  54. muita covardia mesmo jogar um carro pra cima dos ciclistas…nao tem justificativa pra essa isso,cadeia nele.

    Responder
  55. Vamos imaginar que ao invés desta cena fosse uma mais cotidiana : Um adolescente assaltasse e matasse um pai de familia com o filho no carro , ou um ciclista .
    Nao estaria mos tao indignados , primeiro , por que nao nos importamos com o que acontece aos outros , segundo daria mos craças a Deus que não foi conosco e pronto.
    E de quem seria a culpa ?
    Do motorista ou do ciclista que estava num local deserto e foi assaltado ?
    Da mae do marginal que o pos no mundo ?
    Do adolescente que ao invés de estudar e trabalhar “optou pelo caminho mais fácil de tirar do proximo tirando lhe tambem a vida ?
    Não pessoal cada um de nós é culpado a sociedade é composta por cada um de seus cidadaos , nós somos culpados pela violencia , enchentes , transito caotico etc …
    Ah mas e os governantes ?
    São cidadaos como nós colocados no poder por muitos de nós .
    Se nós estivesse mos no poder , fariamos algo diferente ?
    Se a resposta for sim , ai é que esta a questao : Por que não fazer agora ?
    Ao olhar este video nao o trate mos como um filme de terror onde criticamos opinamos e identificamos o vilão e o mocinho .
    Isto é o ser humano de hoje em dia , o país onde vivemos isto somos nós , esta cena serve para mostrar que temos que mudar urgente , temos que olhar mais para dentro e parar de olhar apenas a nossa volta querendo mudar o mundo de fora pra dentro nao vamos chegar a lugar algum .
    Esta cena é apenas mais uma das cenas terriveis do cotidiano que cada um de nós criamos , quando decidimos ver e falar , ao invés de simplesmente agir .

    Responder
  56. foda-se se eu tivesse com meu filho de 15 anos dentro do carro e uns FDP desse que nem conheço vem fazer zuada e ameaçando eu i meu filho partia pra cima tava nem ai se foda, os manolo pediu por isso que ideia…
    uma frase pra justificar isso!!!
    TODA AÇÂO TEM UMA REAÇÂO!!
    certo o motorista (Y)

    Responder
  57. Mtos anos atrás aconteceu algo parecido na minha cidade. Era final de um jogo de futebol e mta gente foi p/ a avenida principal da cidade comemorar. Eu fui com uns amigos e umas amigas lá tbm. Nisso, tava escurecendo e o pai de uma amiga foi buscar ela e as amigas q moram no mesmo condominio. O pai dela não sabia mto oq estava acontecendo e se enfiou na avenida para buscar, mas lá estava sem condiçoes de trafegar, o pessoal fechou a rua. Os torcedores bebendo mto, soltando fogos de artificios e fazendo aquela algazarra de final de jogo. Chegando no ponto mais lotado da avenida, as 4 meninas ( tinha entre 15 e 16 anos na epoca) entraram no carro e o povo chapado travou o carro. Fazendo brincadeiras de mal gosto, balançando o carro cheio de garotas e etc.. O pai desesperado, acelerou com tudo para fugir daquela situação e acabou atropelando varias pessoas e uma delas foi parar em baixo do carro. Era uma garoto de uns 15 anos aproximadamente, aliás era um conhecido meu e o carro não andava pq o garoto ficou preso em baixo. O motorista acelerando, as meninas gritando desesperadas, a roda derrapando e a criança presa. Os torcedores então seguraram o carro e eu puxei o garoto e consegui tirar. Depois os torcedores chutaram o carro, quebraram os vidros e amassaram td. O pai da minha amiga, depois q conseguiu sair da muvuca, foi direto p/ a delegacia de policia explicar o q aconteceu.

    Neste caso sim, eu acho q o motorista não teve culpa, tanto que não deu nada para ele.

    Agora dos ciclistas, dá p/ ver q NÃO era um bando de bebados sem noção mexendo com os carros, acho q ali ninguem estava provocando os motoristas. Tavam fazendo uma passeata de boa e logo atrás tem um cruzamento q ele podia ter desviado e pegado outra rota. Ele tinha opções de evitar mas resolveu chutar o balde.

    Triste isso…

    Responder
    • Gente vamos raciocinar o cara tomou uma titude extrema!!!!! Ninguem faz isso do nada alguma coisa aconteceu que o levou a isso ele nao ia simplesmente olhar e pensar vou derrubar e atropelar uns caras, o video nao mostra o momento em que ele começou a sair com o carro , então vamos parar com demagogia de pensar que os manifestantes sao uns tadinho e o cara é o lobo mau. Mexeram com o cara isso e fato senao ele nao tinha feito isso. Ele fez o que fez para se proteger e nao por vilencia gratuita com o tempo os fatos serão apurados, mas não sei se serao transparentes ou apenas para agradar a midia, mas se forem de fato reais ficara comprovado a legitima defesa do cara

      Responder
      • Quer motivos para atitude deste motorista? Aqui estão:
        “Na argumentação que usaram, os promotores Eugênio Amorim e Lúcia Callegari também citaram o histórico do motorista, com multas por excesso de velocidade, conversão proibida, trânsito na calçada, na contramão e em marcha ré e três processos por ameaça e agressão física.”

        Responder
        • é isso ai Mauro ….mas deixa pra lá talvez comn o apoio desse pessoal ele seja canonizado!!!Se liga cambada

          Responder
  58. tinha um ciclista com um cachorrinho na garupa sorte do ciclista nao ter sido atingido

    Responder
  59. Belo imbecil, você é. Você e todos que defendem esse assassino. Se fosse meu pai..bah! Se fosse meu pai, eu ficaria puta do mesmo jeito! Estando apressado ou não, tendo discutido com os ciclistas ou não, nada (ouviram? NADA) justifica ele sair atropelando todo mundo desse jeito. A grande maioria dessas pessoas não tinha nada a ver com essa suposta discussão (que eu acho que nem existiu). Vocês sabem por que ele fez isso? Porque ele se acha mais importante do que aquelas pessoas! É esse o grande problema. As pessoas se acham superiores às demais pelo fato de ter dinheiro ou um carro preto ou um cu de ouro. Esse imbecil deveria levar uma SURRA e ser preso. E tomar muuuuito no cuzão de ouro dele.

    Responder
    • Falou tudo. Este idiota é um arrogante, acha que é superior a todos.

      Tomara que esfolem o rabo deste imbecil na cadeia.

      Responder
    • “Vocês sabem por que ele fez isso? Porque ele se acha mais importante do que aquelas pessoas!”

      Reflita e perceba que é impossivel vc provar isso, simplesmente pelo fato de não viver a vida dele.

      perceba que é uma afirmaçao somente emocional da sua parte.

      Responder
  60. E pra todo mundo que defende esse cara: Ele é um PSICOPATA! E você, defendendo um psicopata, se torna até PIOR! Então, vá tomar no meio do seu CU e aprenda a ter sentimentos! Ou você pensa que ninguém ali tem família? O cara tava dentro do carrinho cheiroso dele. Os manifestantes estavam de bicicleta! Quem sofreu mais? E isso foi violência gratuita, SIM! Porque gente que não tinha anda a ver com isso foi atropelada, também.

    Responder
    • quem garante que ele nao sofreu algum tipo de violencia, e eu até te entendo pois e da natureza humana torcer pelo mais fraco, mas nao justifica colocar os ciclistas de bonzinhos e tal , pq não são fizera o movimento deles errado e erro gera outro erro ate dar uma merda dessa que deu eu defendo o cara pois se observar a filmagem vai ver que ja tinha gente olhando a confusão antes dele arrancar com o caro alguma merda fizeram com o cara para ele fazer o que fez. Se esses vagabundos tivessem trabalhando e ajudando o pais a crescer nao tinha dado essa merda toda mas como nao tem o que fazer iventam esses movimentos desorganizados que ferem os direitos dos outros e ainda querem ter razao.

      Responder
  61. Na minha opnião é tentativa de homicidio….

    Responder
    • e an minha opniao foi uma tentativa de homicidio contra o motorista e ele saiu correndo para escapar e ai tem que apurar antes de condenar o cara gente

      Responder
      • Maguines, você é o motorista do carro, tenho certeza. Lastimo muito que você seja servidor do BACEN, pois mal sabe escrever. O Ministério Público vai te mostrar o seu lugar, seu assassino!

        Responder
  62. Eu vi a cena … e as alegações do motorista são verdadeiras…
    não fiquei vendo até o momento do atropelamento, mas vi sim o momento em que um grupo de cinquenta ciclistas cercaram o carro e começaram a agredir o carro.
    É muito fácil falar, criticar, mas qualquer um no mesmo lugar agiria dessa forma, o grupo esse Massa Crítica, é formado por baderneiros na grande maioria, que agiram como tais, trancando as ruas justo na hora de saída do trabalho dos cidadãos de bem que voltavam para suas casas, as 19 horas de uma sexta feira. O rapaz do golff teve o azar de estar no lugar errado e na hora errada, foi agredido por um grupo de 300 contra 1 que o insultavam e gritavam palavras de ordem, contra alguém que pelo que tudo indica, trabalha há uma vida para ter seu conforto, seu carro e que só queria chegar em casa, com seu filho, em segurança e tranquilidade!
    Ele foi sim agredido! 300 contra 1 não gera chance de diálogo! Ele tentou sair uma quadra (quarteirão) antes da rua da manifestação e foi cercado pelos ciclistas que continuavam agredindo seu carro e sabe-se lá se não agrediriam a ele a ao filho dele.
    O atropelamento foi sim algo brutal, certamente inocentes foram feridos, mas foi a última alternativa que ele encontrou para fazer cessar as agressões!
    Julgar é muito fácil, no caso em tela ele irá para o processo judicial com a condenação do grande público manipulado por informações midiáticas inverossímeis, indo a júri popular!
    é isso!

    Responder
    • 300 pessoas com suas bicicletas cercando um carro… Incrível! Era um quarteirão inteiro de ciclista rodeando um único carro para matar o motorista?
      O curioso é que o vídeo mostra um quarteirão inteiro de bicicleta totalmente despreocupados com o que acontece em sua retaguarda, quando um maluco passa por cima delas!
      Por conhecidência este maluco tem uma passado de multas por excesso de velocidade, conversão proibida, trânsito na calçada, na contramão e em marcha ré e três processos por ameaça e agressão física!

      Responder
    • Amigo, o que posso dizer é o seguinte: Tem-se que analisar os motivos do confronto. Primeiro: Se o motorista não poderia ter evitado o confronto, ou seja, se ele acessou a rua e encontrou aquela multidão de ciclistas, ele poderia ter um pouco de paciência e acompanha-los até chegar numa rua lateral ou retorno e procurar ou trajeto para ir para casa. Porto Alegre é um labirinto de ruas, e sempre se acha um atalho. Segundo: Se ele se sentiu ameaçado pelos ciclistas, no mínimo ele fez alguma ação para irrita-los, tipo, avançar o carro contra, buzinar de forma irritante…, provocando o confronto. Acho que o motorista teve culpa, sim. Tem gente que não tem paciência, mesmo e se acha o dono do mundo. Ex. Dias atras, eu tava no meu carro procurando a casa de um cliente, numa rua bem calma, praticamente sem movimento, e dirigia bem devagar, observando a numeração da rua, ,quando de repente, me assustei com um “buzinaço” de um motorista de uma SUV vistosa, que queria passar ou sei lá o que. Na hora, pensei que tava no meio da rua, trancando a passagem do carro dele, mas não! Dava pra passar tranquilamente, pois eu trafegava próximo à calçada. Então, qual o motivo da irritação? Se eu fosse um cara “pavio curto”, teria mandado o cara pra aquele lugar-comum a todos os idiotas deste tipo. Fiquei na minha e reinou a paz.

      Responder
    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk….desde quando pessoas de bem sai atropelando os outros??!!!

      Responder
  63. ba tem uma galera aqui que não muda a opinião de jeito nenhum, cabeça fechada pra caralho, sim, é injustificavel oq ele fez, mas tambem teve seus motivos, e aqui em Porto Alegre, vemos cada vez mais pessoas andando de bicicleta, esse acidente fez com que as pessoas acordassem e pegassem suas bicicletas, os motoristas aqui são educados, diferentes do resto do Brasil (fui para SP e surtei naquele transito).
    então, serve como um incentivo.

    Responder
    • Acorda moleque, o cara tem um puta histórico de infrações nas costas. Faz parte da personalidade deste idiota. Sem noção… e vc, fica por aí mesmo. Quantos menos fdp como você por aqui é melhor LMAO

      Responder
  64. Mtas pessoas aí defendem os ciclistas, Mas duvido que a reaçao aí de mtos seria ficar quieto se sua vida estivesse em risco
    Pelo menos 90% desse povo aí faria o mesmo que o motorista fez.

    Minha vida em primeiro lugar, dane-se a dos outros.

    Hj em dia mta gente morre de troxa que eh.

    Se esse povo aí tivesse alguma coisa pra fazer na vida, não estaria fzendo baderna nas ruas.

    Quer protestar?
    Vai protestar na frente da prefeitura, vai la pra frente do palacio do governo..
    Essa manifestação aí de nada vai servir.

    Responder
    • Queria ver se ia pensar do mesmo modo se estivesse todo fudido no chão. No mínimo você não deve ter sofrido nenhum trauma em sua vida, seu bosta.

      Responder
      • Pq eu estaria todo fudido no chão?
        Eu num seria troxa o bastante pra participar de uma bagunça dessas que num leva a nada.

        keria ver se fosse vc dentro do carro
        Aposto que adoraria ver todo mundo zuando seu carro e quebrando vc todinha na porrada

        Responder
  65. mais uma pessoa sensata a participar e nao se influenciar pela mida podre, nosso Pais precisa de pessoas que trabalhes e não de baderneiros

    Responder
  66. Um crime jamais deve ser usado pra justificar outro.

    E outra, se os ciclistas estavam agredindo ele, algum motivo teve.
    Eles não iam atacar um carro simplesmente porque ele estava ali.
    Com certeza o motorista ficou insultando eles ou algo parecido.
    Agora qualquer motorista normal iria ver que a rua estava fechada bem antes de chegar ao local, e teria desviado.

    Usar um crime pra justificar outro é fácil. Se for assim qualquer briga de rua poderia acabar em assassinato sem ninguém ser preso.

    O motorista errou e deve ser punido. Se os ciclistas erraram, deverão ser punidos também.

    Responder
  67. Eu não quero, EU NÃO QUERO viver num mundo onde as pessoas defendem degenerados e assassinos! Que absurdo ponderar a respeito disso. Que justificativa há PARA UMA PESSOA SÃ cometer uma coisa hedionda como essa? Pressa? Vida ou morte? O que impediria de fazer uma curva e pegar outra via?

    Eu fico deprimido, pra cada pessoa com compaixão, amor incondicional ao próximo, há 10 crápulas, corruptos, egoístas e mesquinhos.

    Vocês, que defendem esse maníaco, são podres, pobres de espírito, são o pior defeito da raça humana! Recolham-se, escondam-se, e nos permitam EVOLUIR.

    COMO UM IMBECIL PODE JUSTIFICAR HOMICÍDIO TENTATO CONTRA 40 PESSOAS COM “não avisaram às autoridades públicas”???

    Já era, raça humana, acabou pra você!

    Responder
    • “Eu fico deprimido, pra cada pessoa com compaixão, amor incondicional ao próximo, há 10 crápulas, corruptos, egoístas e mesquinhos.”

      se isso fosse verdade o mundo já tinha acabado a muito tempo.
      não tem lógica o que você falou.

      “Vocês, que defendem esse maníaco, são podres, pobres de espírito, -são o pior defeito da raça humana!- Recolham-se, escondam-se, e nos permitam EVOLUIR.”

      esse julgamento não cabe a você.
      Se você fosse verdadeiramente evoluído saberia disso e não julgaria assim.

      Responder
  68. Concordo com o autor do post, o princípio fundamental para a coexistência dos seres humanos é sim senhor a compaixão, aquela mesma que Deus tem por todos nós, alguém está sendo humano ao se referir do próximo como semelhante, não podemos julgar os atos ou omissões de quem quer que seja, Ex: Você é sequestrado por bandidos, que te fazem ameaça o tempo todo e espancando seu ente querido…o que você faria na primeira oportunidade? Eu não sei o que faria, mas se eu julgar o motorista ou os ciclistas não posso me defender de qualquer ato que eu praticasse contra os bandidos.

    Responder
  69. Só quem estava la para saber o que realmente aconteceu….

    olhando o video vc fica com raiva do motorista…….

    mas vendo de um outro ponto de vista, de dentro do carro…e se esse motorista e seu filho estivesse sendo ameaçado…… por meu filho eu teria a mesma reação…. só que voltaria de ré depois.

    è complicado demais.

    Responder
  70. Pronto, vamos dizer que o motorista do carro fugiu acelerou para se defender e defender a seu filho.
    Primeiro: eu duvido que alguem tente agredir outra pessoa sem motivo algum.
    Segundo: se o motorista tivesse armado a historia teria sido diferente ?
    eu axo que não por que matar algumas pessoas a tiro não salvaria tanto seu filho, e poderia ser pior e iniciar um tiroteio.

    Não tem motivo algum para que alguem acelere o seu carro daquela forma que não fosse para matar, alguem q sente medo não reaje com akele violencia.

    att. Igor Oliveira

    Responder
  71. Bem polêmico esse assunto. Todo mundo dando sua opinião, e cada um se achando o dono da verdade. Talvez os dois lados tenham errado, e espero que haja punição para ambos de acordo com a gravidade de cada ato. Talvez não seja justo punir apenas o agressor que estava no veículo. Imagina o que deve passar na cabeça do juiz.

    Responder
    • vou te contat o que vai acontecer o motorista sera condenado sem provas por pressao da midia, sem se importarem com o que realmente aconteceu,,,,, isso eh BRASIL

      Responder
    • e ainda os ciclistas nao vao sofrer qualquer sansão mesmo com o protesto irregular que eles fizeram

      Responder
  72. Ciclista é igual motoqueiro, bando de folgado do carai, tem que passar por cima mesmo, nego anda de Bike e Moto por que não tem dinheiro pra comprar carro, bando de podre do carai, vai trabalhar bando de vagabundo!!!

    Responder
  73. caraca meu boliche humano

    show de bola

    quase um strike

    ciclistas idiotas, em vez de ir trabalhar
    ficam com suas bikes atrapalhando kem tem oke fazer

    foi muito bem feito isso

    ainda bem ke ninguem morreu
    mais ke agora eles vão aprender a andar nas ciclovias
    ah sim, isso eles vão

    Responder
  74. SEMPRE tem um ignorante que nao quer enxergar as coisas. (BOB) ;)
    nao é agir como animal seu imbecil. o que voce faria se um bando de ciclistas batessem no seu carro e te ameaçasse? voce obviamente nao iria fica parado pra ver o que ia acontecer. voce teria uma reaçao e duas escolhas. uma ficar parado e pagar pra ver oqe os ciclistas filhos duma puta tava qerendo faze com voce e seu filho OU jogar o carro em cima deles, por instinto voce iria acelerar e sair fora dali. eu poderia fica aqui o dia todo argumentando mas n vo perde mais meu tempo com gnt ignorante e insignificante como voce, idiota.

    Responder
  75. pior que tem gente que ainda acha que ele tá certo.
    não importa porque ele fez isso, em momento nenhum ele tem o direito de sair atropelando todo mundo, bando de ridículo.

    Responder
    • ta ele nao tem o direito de atropelar , mas os ciclistas tem direito de tirar o direito dele de ir e vir , de fechar a rua de apavorar ele rodeando o carro ameaçando e quebrando o carro dele
      engraçado esses direitos a que vc se refere

      Responder
      • Vc realmente não consegue entender que o direito à vida se sobrepões a qualquer outro direito, não é?

        Responder
        • ta mas so os ciclista que o tem o cara do carro nao tem

          Responder
          • Todos têm direito a vida, mas o único que pois vidas em risco foi o motorista.
            Não agiram corretamente os ciclistas que xingaram, ameaçaram ou balançaram o carro, mas é muito difícil de acreditar que havia algum risco de vida para o motorista!
            Sempre tenha em mente que ele atropelou pessoas que sequer sabiam da briga na parte de trás do evento!!!

  76. bem amigos, estou indo, mas quero que pensem e nao condenem para nao serem condenados, principalmente nesse caso , em que o que realmente ocorreu sera dificilmente apurado com lisura, então nao se influenciem por essa midia podre brasileira e tenham suas opnioes sem falsa hombridade e principios obsoletos.

    Responder
  77. Acho que ele não teve motivos suficientes, quer dizer que TODOS os ciclistas que aparecem no video estavam ameaçando ele?

    Incrivel, pq eu vi ele vir de lá do fundo no pau, atropelando ciclistas que estavam de costas!

    Cade a honra nessa porra, atacando quem esta de costas? Que coisa feia, aposto que a maioria dos ciclistas nem tavam ligado nele, e SE realmente ele estava sendo ameaçado, TODOS aqueles ciclistas mereciam ser atropelados?

    Já que ele é um CUZÃO, poderia deixar o carro e pedir ajudar ou sair correndo, mas a brilhante solução dele foi atropelar várias pessoas.

    DETALHE: Compaixão é o caralho, ele não teve um pingo de compaixão das pessoas que não sabiam da SUPOSTA briga entre ele e uns ciclistas.

    Responder
  78. Pelamordedels,não estou reclamando do post,que no caso foi muito coerente.Estou falando sobre alguns comentários,o que o cara fez foi filhadaputage ao extremo,e dai que os cara batiam no carro ?! São duas coisas completamente diferentes,bater em um carro,e sair atropelando todo mundo. Apenas pensei um pouco

    Responder
  79. Nem li o texto, mas julgando pelos comentários onde uns defendem o ocorrido, eu fico pensando..já imaginou se todos as pessoas resolvessem sair atropelando os manifestantes que interditam as ruas? Nada justifica o que esse motorista fez, se ele foi ameaçado pelos ciclistas..blz, que deixe então eles depredarem seu carro..isso é apenas um dano material, onde basta entra com processo contra os vandalos e fim de caso. Agora o FDP resolve jogar o carro contra dezenas de pessoas que nada tinha a ver..e se ele mata um cidadão lá..como que esse pobre diabo conseguiria dormi toda noite ?!

    Responder
  80. hauhahahuau…..fala pros folgados dos ciclistas fecharem a rua de novo….Motorista WIN!!!

    Responder
  81. nada justifica tal ato, não vi nenhum vidro quebrado, a filmagem não mostra nehuma agressão ao motorista e se ele foi agredido por quem estava na retaguarda ñ significa que quem esteja na frente pense ou aja = e por isso mereça ser atropelado com intenção de matar até mesmo pq ele ñ acionou a buzina em momento algum. se ele quisese só fugir aceleraria mas buzinaria dando chance dos outros sairem da frente. SE ELE NÃO TEVE COMPAIXÃO COM OS ATROPELADOS, POR QUE EU TEREI COM ELE? 15 anos já um marmanjo, não é nenhum bebezinho. PROVAVELMENTE O MOTORISTA FEZ ESTE ARTIGO E A FAMÍLIA TÁ COMENTANDO.

    Responder
  82. direito de ir e vir. Os ciclistas nao respeitaram.

    Responder
  83. Lamentavel atitudes de alguns q chaman os ciclistas de folgado..Quem anda de bike sabe q é só um magnata pega o carinho dele pra se sentir o macho dentro dele …o cara q atropelou é um baita de um papudo cheio de historia …Fosse verdade o q ele falow ia de imediato se apresentar a policia …E Grande parte do pessoal batendo palma pra um burgues q podia ter atropelado um de vcs q esta agora defendendo ele.

    Responder
  84. Quem pôs este post ai??
    RIDICULO
    Se colocar no lugar do cara??Vai se fode velho,na boa.
    Se colocar no lugar do diabo..
    Esse cara que atropelou os ciclista é o maior filho da puta,tem é que morrer atras das grades.Apesar que nada vai acontecer com ele.
    E vc tbm seu blogueiro filho da puta que fica colocando essas merdas ai,vai toma no cú fdp..
    Queria ve você falar essas merdas se tivesse sido atropelado por aquele imbecil.
    Ta copm pena dele,junti-se a ele,seu merda.

    Responder
    • “tem é que morrer atras das grades.”

      de onde vem tanto prazer em desejar a morte de outra pessoa?
      agindo assim vc está sendo igual ao que vc repudía.

      que pensamento paradoxal

      Responder
  85. Um amigo meu disse “Bem feito, acham que fazer uma porra de passeata vai mudar alguma coisa.” Eu só não concordo com o “bem feito”.

    Responder
  86. foi triste o que aconteceu, mas cá pra nós. isso foi cinematográfico.

    Responder
  87. 10 á 0 pros Motoristas.

    KkKKkkkk…

    Responder
  88. Bom, apesar de os ciclistas próximos ao carro do motorista estivessem realmente provocando, creio eu que não justifica tal ação ..

    Temos que levar em conta que provavelmente um pequeno grupo de ciclistas provocaram tal tumulto e colocar em risco a vida de outros que não estavam envolvidos é revoltante, essa é só a minha opinião mas como nós não sabemos todos os detalhes fica meio difícil e errado da nossa parte julgar o tal motorista —

    Responder
  89. Maguines vai a puta que te pariu filho da puta.
    Q merda de post.
    E + otarios ainda é os povo q defende esse cara do carro.
    E um cara q faiz isso dai com os outros tem q arder no inferno.

    Responder
  90. Percebe-se que esse país não tem mesmo jeito quando as pessoas apoiam algo tão absurdo quanto o ocorrido nessa situação.
    E legal ver como todos estavam lá e viram direitinho como tudo aconteceu, realmente surpreendente!
    Esses são os típicos brasileiros…longeeee, bem longe de um dia serem civilizados.

    Responder
  91. Muito interessante esta matéria!

    A Internet no Brasil realmente precisa de postagens de qualidade como estas que você está nos oferecendo.

    Conheça também o agregador http://www.caixadedicas.com

    Divulgue seus links gratuitamente e receba milhares de visitas diarias.

    Responder
  92. O que acontece com estes caras que consideram o carro uma extenção do próprio corpo, é que eles acham que tem o direito de fazer o que quiserem! O cara é um covarde por usar o filho pra se defender! O cara tem uma baita ficha policial, inclusive com agressão a uma ex (agora vão perguntar o que ela fez…) com uma machadinha! Bater com a mão no carro e xingar vai provocar um surto? Só num cara que deveria andar de ônibus, tomar antidepressivos e fazer terapia! Quantos de nós já sofreram insultos no trânsito? Quantos de nós tentaram atropelar ou bater o carro (horror, horror!) no carro de quem nos xinga? Se ele foi provocado, por que não entrou na rua que vemos no vídeo? Ódio de pessoas que ousaram tocar no seu lindo e maravilhoso carro? Temos que acabar com esse culto! Vários ciclistas ficaram sem a bicicleta, e não puderam trabalhar, além de arcar com despesas médicas. E o coitadinho agora se internou num hospital…

    Responder
  93. Ao meu ver, caros amigos, não há resão nenhuma que possa explicar ou mesmo compreender tal atitude. O sujeito pode ter uma mulher grávida, em trabalho de parto, dentro do carro que não acho que justificaria tal atitude. Discursos moralistas não foram feitos pra nos deixar na base da imparcialidade esperando uma explicação do atropelador. É sim, um absurdo inexplicável e inaceitável. E não me venha com essa idéia de “se fosse o seu pai…”. Meu pai não faria algo assim em hipótese alguma, o homem que me mostrou tudo oq é certo e errado, que me ensinou a ser um homem de verdade, NUNCA faria algo desse tipo.

    Abraço

    Responder
  94. Amigo, ele tem passagem pro agressão, varias multas, processos e tudo mais!

    Ta é fudido ele!

    Responder
  95. Eu não vi nenhuma prova que mostre os ciclistas atacando o dono do golf, mas tem uma prova que esse FDP passou por cima dos ciclistas com intenção de matar.

    se fosse em algun outro pais, esse FDP estaria preso já. mas o brasil é o brasil

    Pr cometer uma atitude dessas, devia estar qrendo pegar o ricardao em casa

    Responder
  96. post bem polêmico

    com esse exemplo realmente o exercício de compaixão ficou dificil.

    é mais fácil ter compaixão só com quem nos é conveniente.
    e na situação também.

    Responder
  97. Interessante, a idéia de que nos devemos colocar no lugar dos outros antes de critica-los, existe aí a teoria de causa e efeito.

    Fato é que, como podemos ver facilmente nos comentários, vivemos em um mundo de ignorância total, cada um quer saber do seus próprios interesses e que se dane o resto por isso, caminhamos para o abismo.

    Primeiro, alguém aqui viu o que aconteceu? Será que é verdade do atropelador? Se não sabemos não podemos defende-lo com tanta vontade.

    Segundo, por mais que seja verdade, ninguém tem o direito de matar ninguém a não ser que em legitima defesa, e duvido muito que o motorista tenha sentido que corria risco de morte. E se sentia isso, quem o ameaçava o grupo de ciclistas que foi atingido pelas costas?

    Terceiro, moramos em um pais com muitos problemas, muitos deles acontecem porque a população se omite e na hora que um grupo resolve protestar por algum tipo de direito, ele é tragado como arruaceiro? Gente que merece morrer por trancar a rua? Aposto que muita gente que está defendendo isso é gente que também diz que o país não vai pra frente porque o povo é muito passivo.

    Sinceramente eu acho digno e válido que se leve em consideração toda a situação que terminou no atropelamento, até o estado emocional do motorista, eu já fui bancário e sei que eles vivem sobre um estresse constante. Também serve de atenuante um protesto no lugar errado na hora errada, também serve de atenuante uma suposta agressão sofrida pelo motorista. Mas dai a glorificar a atitude de alguém que assumiu o risco de se matar alguém e passou por cima intencionamente de várias pessoas existe uma longa diferença.

    Podemos arrumar desculpa para qualquer tipo de crime se agirmos do pressuposto de que o agressor também é uma vitima, um estuprador poderá ser absolvido por que foi violentado quando criança, um latrocida porque estava passando fome e teve que matar por que o assaltado reagiu (legitima defesa), e assim por diante.

    Responder
    • uma resalva interessante, mas a legitima defesa nao contempla somente quando a ameaça e a morte vc nao precisa apanhar ate quase morrer para poder se defender, a legitima defesa e para uma agrssao atual ou iminente, e nao so quando essa pessoa pode morrer , e ela usa dos meios que tem no caso o veiculo para sair de onde estava, portanto nao concordo com a condenação do ato sem apurar realmente o que houve e paro da presunção de inocencia ate prova em contrario conforme manda nossas leis.

      Responder
      • Vc é bem tendencioso! Olha o art. da legítima defesa –
        Art. 25 – Entende-se em legítima defesa quem, usando moderadamente dos meios necessários, repele injusta agressão, atual ou iminente, a direito seu ou de outrem.
        Meios moderados!!!! Passar por cima de 100 pessoas não é nada moderado!!!
        Vc não pode se defender de um soco com um tiro!!!

        Responder
        • mas se era a unica alternativa dele , e moderado ou ele saia de la ou poderia ser machucado morto, ter bens materias destruidos etc. E ainda leva-se em consideração o fato de ser um movimento sem organização e nao acompanhados pela autoridade competente, então se for da forma que você colocou tambem é tendencioso de usa parte e em observancia a reerida lei você a deveria ter lido (estudado) antes de postar que a legitima defesa é so em caso de ameaça de morte, conforme palavras suas abaixo copiadas.

          “Segundo, por mais que seja verdade, ninguém tem o direito de matar ninguém a não ser que em legitima defesa, e duvido muito que o motorista tenha sentido que corria risco de morte. ”

          Então neste caso comprovado vc mudou a hermeneutica juridica em favor de um pensamento tendencioso seu.
          Até +

          Responder
  98. Não mudei hermenêutica de nada! Tem certeza que leu e compreendeu o que escrevi? Em nenhum momento disse que a legítima defesa só existe para ameaça de morte, disse que só é possível matar alguém em legítima defesa se esta pessoa estiver ameaçando a sua vida! Não é possível defender seus bens materiais matando o vândalo! Ou será que vc considera isso legítima defesa? Bem material X vida! É desproporcional, é imoderado, conforme descrito na lei!! Tenha em mente que a legítima defesa não é vingança, mas sim é o meio de parar a agressão que esta acontecendo ou em vias de acontecer! Esqueça bens materiais destruídos, esqueça passeata sem permissão, nada disso interessa para caracterizar uma legítima defesa que tenha tentado contra vidas!

    Responder
    • usando a analogia se esta dentro de uma lata e alguem começa a destrui-la o que acontece com vc…… sera fudido tambem se esta em um carro cercado e cheio de gente fudendo com tudo quem gfarante que nao irao arrebentar com vc tambem seu argumento e muito furado

      Responder
      • O argumento que vc diz furado não é meu, mas sim do nosso código penal. Já parou para pensar por quais motivos este motorista esta preso? Que tal dar uma lida nos jornais?

        Responder
  99. ô…

    parou de postar novos assuntos no site???

    Responder
  100. Comecei a ler os comentários e parei no terceiro post. Sinceramente? O mundo está perdido. Ambos agiram pelo instinto mais primitivo do mundo e ambos se deram mal. Não seria melhor fazer tudo do jeito certo?

    Responder
  101. Tentativa frustada de tentar explicar inteligentemente a idiotice humana. Este texto parece ter sido escrito por aquelas pessoas que se dizem defensoras dos direitos humanos. Aquele cara é um escroto e ponto final. Se acha que “tentando entender” o lado dele acha que mudará alguma coisa, vá adotar bandidos.

    Responder
  102. Concordo: ambos estão errados. Os ciclistas deviam ir a uma delegacia de polícia e, preencher um termo e ser liberados. Os que porventura (se realmente houve, não forem testemunhas compradas) tiverem quebrado o patrimônio do monstro, deveriam repor. O monstro Ricardo José Neis deve pegar 17 x 10 anos de cadeia (dez para cada vítima), totalizando 170 anos. Claro que no Brasil, em dez anos sai de lá. Mas qual será a opinião dos outros encarcerados? Aí acho que ele vai pagar os pecados.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *