Arístocles era um grego de família rica, que estava sendo preparado para ser político em Atenas. Até que encontrou um tal de Sócrates dando aulas no meio da rua, começou a se interessar por filosofia e ganhou o apelido de Platão dos colegas por ter os ombros largos, as omoplatas grandes.

Mas o que você tem a ver com isso?

Simples. Platão dedicou toda a vida dele tentando responder racionalmente a grandes questões da humanidade, inclusive sobre como viver uma vida extraordinária.

A vida e obra dele foram tão épicas que o escritor Umberto Eco, falecido em 2016, declarou que em pleno século XXI não há nada mais moderno do que ler Platão.

Há até quem diga que toda a filosofia ocidental nada mais é do que um conjunto de notas de rodapé das principais ideias de Platão.

Continue lendo este artigo para saber:

  • Como acessar e fazer download da sua vida ideal com base na Teoria das Ideias de Platão
  • Como entender o Mito da Caverna (e sair da caverna você também)
  • Por que é importante você ir para a Academia
  • Como mudar a si mesmo pode mudar toda a República
  • Como aplicar Platão na sua vida e se aproximar do Mundo Ideal

Gostou do que está por vir? Então prepare-se para conhecer já o famoso Mundo das Ideias de Platão.

Como acessar e fazer download da sua vida ideal com base na Teoria das Ideias de Platão

Teoria das Ideias de Platão - Infográfico

E se existisse um mundo ideal? Um mundo totalmente separado deste onde vivemos?

Um mundo de formas perfeitas, que seria o verdadeiro lugar onde deveríamos estar?

Você gostaria de ter acesso a ele e diminuir a distância entre quem você é e quem você gostaria de ser?

Seria algo como uma internet de coisas perfeitas. Você quer ter um corpo bonito? Vai lá e baixa a forma ideal. Quer ser um guitarrista habilidoso? Vai lá e faz o download. Qualquer conceito e qualquer objeto estariam lá, disponíveis em sua forma perfeita.

No livro A República, Platão descreve uma passagem em que o seu mestre, Sócrates, afirmava que virtude é conhecimento e que, para agir de maneira justa, você devia primeiro se perguntar o que é justiça.

Isso fez surgir em Platão a seguinte dúvida: como nós sabemos o que é justiça, ou o que é qualquer outra coisa?

Pense em uma cadeira.

Existem milhões de tipos de cadeira espalhados pelo mundo, de diversas características, cores e tamanhos.

Mas só de bater o olho em uma cadeira nós sabemos que é uma cadeira. Todos nós temos em nossas mentes a ideia de uma cadeira ideal, que usamos para reconhecer todas as outras.

Está gostando deste texto?

Esse raciocínio fez nosso amigo de ombros largos concluir que deve existir uma espécie de forma ideal de todas as coisas. E que essas formas ficam em um Mundo Ideal, separado do nosso mundo material.

Lá, a forma de uma vida ideal existiria ao lado da ideia de uma cadeira ideal.

Esse Mundo das Ideias, infelizmente, não consegue ser acessado pelos nossos limitados cinco sentidos. Ele só pode ser acessado pela razão.

Esse conceito não é fácil de ser entendido hoje, imagine no século VI antes de Cristo.

Foi por isso que, para explicá-lo de maneira mais didática, Platão escreveu a historinha da Alegoria da Caverna.

Como entender o Mito da Caverna (e sair da caverna você também)

Vamos explicar a Alegoria da Cavernas, mas se você não entender algo, deixe um comentário.

Imagine uma caverna. Agora imagine que dentro dela existem prisioneiros, amarrados desde que nasceram de uma forma que só conseguem olhar para a frente, para a parede da caverna.

Atrás dos prisioneiros, existe uma fogueira. E tudo o que esses prisioneiros já viram na vida são as sombras projetadas por essa fogueira na parede.

Entre os prisioneiros e a fogueira, existe um caminho, por onde uma variedade de pessoas e objetos passam. Tudo o que os prisioneiros jamais conheceram foram as sombras das pessoas e objetos que nunca viram.

Agora imagine que um desses prisioneiros liberta-se.

Quando sai da caverna, seus olhos são duramente ofuscados pela forte luz que vem de fora. Ele leva um tempo para se adaptar, mas finalmente começa a ver o mundo como ele realmente é.

Para alguém que passou a vida vendo apenas sombras, o mundo de verdade não é nada do que aquele prisioneiro poderia imaginar.

Empolgado com a beleza do mundo de verdade, ele volta correndo para a caverna, para contar a novidades aos seus amigos e libertá-los também.

Os outros prisioneiros, no entanto, só conseguem ver a sombra do liberto, escutando sua voz distorcida dentro da caverna. Como tudo o que eles conhecem são as sombras, eles não têm capacidade de entender o que o liberto estava falando.

Mas não é porque eles nào entendem que o mundo fora da caverna deixa de ser menos real…

O que Platão quis ensinar com a Alegoria da Caverna

A Alegoria da Caverna é uma construção didática tão perfeita que tem sido, até hoje, utilizada de diversas formas.

Filmes como Matrix, Interestelar, Ilha do Medo, A Vila, O Show de Truman, O Labirinto do Fauno, Vanilla Sky, Pacto Sinistro e até Uma Aventura Lego utilizam o Mito da Caverna para contar seus enredos.

Platão quis ensinar com essa história que tudo aquilo que nós vemos, ouvimos, cheiramos, degustamos e sentimos no mundo material não passa de imagens projetadas na nossa própria “parede da caverna”.

Tudo isso seria apenas uma sombra das formas perfeitas que existem no mundo ideal. E, para acessar esse mundo das ideias, nós precisamos ir além dos cinco sentidos. Precisamos usar a mente, a razão.

O problema é que, depois de uma vida toda experimentando o mundo somente por meio dos cinco sentidos, nossa primeira reação ao conhecer o mundo das ideias é ficar confuso.

Provavelmente vamos querer voltar para a nossa zona de conforto, para um mundo que é sim mais limitado, porém que nós já sabemos como funciona.

O Mito da Caverna resume, assim, a Teoria das Ideias: para cada coisa no mundo material que temos a capacidade de apreender com nossos cinco sentidos, existe uma correspondente forma eterna e perfeita no mundo das ideias.

Isso vale tanto para coisas materiais quanto para coisas abstratadas, como sua saúde ideal, justiça, riqueza, felicidade.

A pergunta que fica é: como podemos nós, reles mortais do século XXI, acessar esse mundo ideal?

A resposta está no próximo tópico.

Por que é importante você ir para a Academia

Academia de Platão

Depois de entender a Teoria das Ideias, ainda resta um problema: como podemos nos familiarizar com essas formas ideais, para que tenhamos a capacidade de reconhecer as sombras, os exemplos imperfeitos, no mundo em que vivemos?

Segundo a biografia de Platão, todos nós temos uma capacidade inata de saber o que é uma forma ideal e o que é apenas uma sombra. Nascemos com isso em nossas almas.

Da mesma forma como nosso corpo nasce com os cinco sentidos, nossa alma nasce com a razão.

E somente com o desenvolvimento dessa razão nós podemos acessar o Mundo Ideal.

Por isso, a sua tarefa é desenvolver sua mente (sua alma, nas palavras de Platão) para descobrir as formas ideais.

A única forma de desenvolver a mente, você deve imaginar, é estudando.

Ciente disso, foi fundada na Grécia Antiga a Academia de Platão, que hoje é considerada a primeira instituição de ensino superior do Ocidente.

Se nós hoje chamamos a universidade de “Academia”, é por causa de Platão.

Na Academia de Platão, jovens, adultos e anciãos estudavam filosofia, matemática, ciências, política, tudo o que pudesse os levar a desenvolver a mente para se aproximar, cada vez mais, do mundo das ideias.

Na República de Platão, o autor sugere que esses estudantes que se dedicam ao desenvolvimento pessoal devem governar o mundo, pois somente eles poderiam entender a natureza do mundo e a verdade dos valores morais.

Como mudar a si mesmo pode mudar toda a República

A República de Platão

“Praticar injustiças é pior que sofrê-las” ~ Frases de Platão

Platão tinha a ideia de que somente os fiéis à vocação da Filosofia deveriam ocupar cargos políticos.

Imagine que para alguém ser um deputado, governador ou presidente no Brasil, a pessoa tivesse que demonstrar que se dedica diariamente aos estudos, buscando conhecer a fundo valores morais, éticos e justos.

Se cada um de nós se dedicasse dessa forma ao próprio desenvolvimento pessoal, como a República seria impactada? Escreva sua opinião nos comentários…

Não apenas os governantes seriam melhores, mas os governados também teriam uma capacidade muito maior de fazer melhores escolhas, de cobrar quem está no poder, de tocar a própria vida e a economia sem precisar de tantos favores governamentais.

Em resumo, Platão foi o primeiro homem que se dedicou a explorar não apenas o conhecimento, mas a estruturar o próprio caminho para o conhecimento.

Algumas das obras de Platão foram contestadas pelo seu aluno mais famoso, Aristóteles, porém o cerne delas continua mais atual do que nunca.

E o que você tem a ver com isso?

Você pode (e deve!) hoje mesmo começar a trilhar esse caminho do conhecimento para se aproximar do mundo ideal, mudar a sua vida e, fazendo isso, alterar toda a realidade ao seu redor.

Conclusão: como aplicar Platão na sua vida e se aproximar do Mundo Ideal

Frases de Platão

Agora que você sabe quem foi Platão, o que você tem a fazer é implementar as suas melhores ideias.

Entender Filosofia é um exercício intelectual muito prazeroso, mas que de nada adianta se não houver uma aplicação prática do que está sendo estudado.

De outra forma, vira apenas uma vaidade intelectual.

Vamos concluir este post com o que seria uma aplicação prática da Teoria das Ideias de Platão no contexto do Mude.nu.

Aqui nós temos dezenas de desafios. Quem encara esses desafios tem o desejo de vencê-los. Ou seja, a pessoa está em um ponto A e quer chegar a um ponto B.

Tomemos como exemplo o desafio mais procurado do site: Entrar em Forma.

Você está aqui no mundo material, fora de forma, e vislumbra o seu corpo ideal, a sua saúde perfeita, que habita o mundo das ideias.

Qual a única maneira de acessar esse mundo ideal e trazer para a realidade esse seu corpo perfeito?

Pelo conhecimento.

Aí você começa a estudar sobre exercícios físicos, saúde, descanso etc. Dedica-se a fundo a isso, pesquisando diligentemente fontes de informação de altíssima qualidade.

Você lê que exercícios físicos representam menos de 20% dos resultados de um corpo ideal. Lê que, ao contrário do senso comum, para perder gordura você precisa comer mais gordura.

Como isso que você aprende por meio do estudo é contrário ao mundo de sombras ao qual você estava acostumado, sua primeira reação é ser ofuscado pela verdade.

Você não acredita naquilo de imediato. Você volta para a zona de conforto. Afasta-se do mundo ideal, às vezes até buscando outras fontes ou outras opiniões que batam com a visão de sombras à qual você já está acostumado.

Porém uma vez submetido à verdade, é difícil voltar atrás. Você sabe que há algo ali, você sente a verdade, embora não saiba explicá-la por meio dos cinco sentidos. Você não sabe exatamente o que há de errado no seu mundo material, mas sabe que há.

“Vencer a si próprio é a maior de todas as vitórias” ~ Frases de Platão

Se você desistir de continuar estudando e aplicando o conhecimento, você não consegue chegar ao Mundo Ideal. Não consegue acessar as formas perfeitas que busca.

Você acaba se tornando um escravo dos cinco sentidos, preso em uma caverna que você nem sabe que está ali. Uma prisão para a sua alma.

Já se você insistir no caminho do conhecimento, cada vez mais se aproximará da verdade. É como se você tomasse a pílula vermelha:

Acredite: existe um caminho para chegar à forma ideal de cada um dos aspectos da sua vida que você deseja mudar, de cada um dos desafios que você deseja vencer.

No entanto, ninguém pode percorrer esse caminho para você. A única forma de trilhá-lo é dedicando o seu tempo a explorar o conhecimento.

E você tem uma grande vantagem em relação a Platão e aos alunos da Academia: você tem todo o conhecimento potencial do mundo disponível em suas mãos, a um clique de distância. Use esse poder para jogar a seu favor, não contra você.

Comece, hoje mesmo, a libertar-se da caverna. Se precisar de ajuda para isso, deixe um comentário que nós responderemos.

Receba as atualizações

Publicado por Walmar Andrade

Criador do Mude.nu, Walmar Andrade é bacharel em Comunicação Social, com extensão em jornalismo on-line (UFPE), MBA em Planejamento, Gestão e Marketing Digital (FECAP-SP) e Master en Comunicación Empresarial (INSA-Barcelona). Escreve sobre comunicação e marketing digital no blog Fator W.

25 Comentários

  1. Prezados,

    Uma sensação de alegria muito grande encontrar um texto dessa qualidade no meio do ruído que se tornou a internet.

    Quem dera todos se esforçassem para trilhar esse caminho do conhecimento em vez de procurar sempre as soluções fáceis.

    Parabéns à equipe!

    Responder
  2. Muito bom o texto! Claro e cativante… Interessante e oportuna reflexão

    Responder
  3. Segundo o texto a razão nasce na alma. Qual seria a diferença entre a razão e intuição.
    é racional seguir a intuição ?

    Responder
    • A intuição nada mais é do que os instintos do nosso subconsciente, que é como um reservatório de ideias guardadas em nossa mente, os atos feitos involuntariamente seguem as rotinas e preconceitos pré-estabelecidos por lá. Cabe a você refletir se considera ou não que a sua intuição funciona corretamente.

      Responder
    • “nossa alma nasce com a razão”
      De alguma maneira sabemos o que é para ser feito.. analisando os fatos, não fazemos.. por medo.. por vaidade.. por não fazemos ainda…
      eu respondo a sua pergunta Gabriel… sim! é racional seguir a intuição, mas ao contrário da razão… você não nasce com ela.. a intuição é algo que você segue, porque já viu que vai dar certo.. em algum momento da sua vida.. num filme, num caso em família, em uma entrevista…num sonho…… . . . . não importa.. você estudou.. você viu. Não adianta tentar lembrar dessa fração da memória… nem precisa! apenas quando se sentir certo.. é porque é sua intuição que está em alerta.. você só precisa da razão para segui-la.

      Responder
      • Bacana o seu comentário Cândido .
        As vezes algo que parece não ter muito sentido para alguns faz toda a diferença na vida de outros. Por exemplo, quando nos sentimos tentados a fazer algo que a maioria acha difícil e temos aquela” intuição” que vai dar certo.

        Responder
      • Douglas definiu bem a intuição em resposta anterior: “A intuição nada mais é do que os instintos do nosso subconsciente…”. Sendo um instinto derivado do subconsciente, um espaço de arquitetura desconhecido em sua totalidade, forjado no âmbito complexo das relações sociais, afetivas e cognitivas desde a primeira infância, ou melhor, desde a barriga da mãe. Ele está sempre pronto a dar as respostas básicas às necessidades de seu corpo e de sua psiqué, atendendo impulsos biológicos como a manutenção da vida e sociais como a busca pelo conforto. Como pode ser racional e capaz de desnudar a realidade na totalidade de sua concretude?

        Responder
  4. Texto excelente.

    Tanta coisa que poderia ter aprendido na escola mesmo e nunca dava importância as aulas de filosofia

    Responder
  5. Excelente!!

    Responder
  6. Parabéns pelo texto, nos submete a uma excelente reflexão!

    esse Mude.nu é sensacional!

    Responder
  7. Que poste Maravilhoso realmente tem muito a investir em minha vida, quero parabenizar a todos da Equipe, sinto- me muito feliz em conhecer esse Site !!!!

    Responder
  8. A leitura desse texto me proporcionou de imediato uma espécie de combustível renovável para a minha constante jornada de desenvolvimento pessoal.

    Responder
  9. Muito bom texto, abrindo novas ideias de um mundo mais ideal

    Responder
  10. Bom dia
    Quero ajuda para alinhar minha vida em todos os sentidos. Porém não sei como buscar e onde buscar essas informações.
    Quero me libertar da caverna.

    Responder
    • Estude Carliane. Leia sobre filosofia. Leia pensamentos. Se não possui ainda a disciplina, acesso ou tempo para ler os livros desses filósofos citados, há um site que dá uma boa amostra em forma de citações. Chama-se “O Pensador”. Busque os famosos e reconhecidos primeiro. Leia com espírito crítico, procurando respostas que sejam aplicáveis à sua vida e momento. Releia. Duvide. procure entender. Você conseguirá.

      Responder
  11. Acredito ser muito importante e indispensável o conhecimento adquirido através do estudo. Ele nos humaniza, faz-nos entender o processo para a humanização. Ele é a fronteira entre ser liderado e ser líder e esse que se torna um líder conhecedor, pode mudar o mundo, tanto para o mal como para o bem, porém, aquele que escolhe o mal não cresce pelo simples fato de que o o próprio mal o aprisiona novamente, ao contrário daquele que escolhe o bem, que cresce cada vez mais em conhecimento e gera influências boas a todos à sua volta.
    É ele que liberta o homem do cativeiro da incerteza e do desconhecido.

    Gostei muito deste post!
    Estão de parabéns!

    Responder
  12. Que site sinistro, possui muitas informações úteis para a vida. Este site já está me dando um aprendizado de minha própria vida, pois é refletindo e lendo coisas como essas aqui que possibilitam abrir uma nova perspectiva de vida, e conseguir passar uma nova perspectiva de vida não é pra qualquer um. Esse site com certeza faz com que as pessoas enxerguem a vida de outra maneira. Obrigado por abir minha mente que tem sede de conhecimento.

    Responder
  13. O texto está claro para quem lê quando tem idéias bem articuladas e objetivas. Belíssimo ponto de referência para proporcionar mudanças.

    Responder
  14. Nossa por tantos anos estava procurando sites como este, encontrei no dia 23/04/2016, em tão pouco tempo aprendi mais que anos de vida!
    Parabéns pelo texto, adoro filosofia ainda só leigo no assunto mais estou a cada dia buscando mais conhecimento e luz, saindo dessa medíocre ”CAVERNA”
    Seria legal se criassem um aplicativo do site MUDE.NE seria muito útil pelo menos pra mim, forma simples de ler conteúdo de qualidade e começar a fazer novos desafios de forma simples. Caso já tenha APP quero o nome pra baixa :)

    #MENOSFACEBOOK
    #MAISMUDE.NU

    Responder
  15. Conteúdo excelente, textos ótimos! Concordo com o Oziris, estou trocando meu tempo de Facebook pelo Mude.nu., apesar que ambos tem coisas boas a oferecer. E também concordo com ele com respeito a um App para smartphones. Seria muito útil.
    Novamente obrigado Walmar.

    Responder
  16. Que texto incrível!
    Estou adorando o site… muito sorte ao encontrá-lo.

    Abraço!

    Responder
  17. Me dê ferramentas e auxilio p sair da minha zona de conforto…Sozinha é difícil encontrar o caminho!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *