Hoje é o primeiro dia do ano.

Você está motivado, renovado. Pensa em dezenas de coisas que vai fazer nos próximos 365 dias. Pega lápis e papel e começa a traçar o seu futuro irresistível, a prova de erros.

O final dessa história você já sabe. Os dias se sucedem, a vida acontece, e todos aqueles planos que você traçou no dia 1º de janeiro ficam para trás. Até que surja um novo ano ou qualquer outra data marcante para renovar as suas esperanças.

Como não cair nessa armadilha?

Simplesmente rompendo essa “ilusão natalina”.

Christmas miracle, magic gift box and child baby girl

A verdade é que fazer promessas para o futuro é uma forma muito fácil de auto-ilusão. Um presente que costumamos nos dar em época de Natal e Ano Novo.

Não há dificuldade nenhuma em dizer que vai praticar exercícios físicos todos os dias. Em dizer que vai comer verduras em todas as refeições. Em dizer que não vai mais procrastinar tarefas importantes.

Na verdade, isso é até fácil e reconfortante. Sabemos que essas são decisões racionais, são coisas que deveríamos estar fazendo.

Porém, quando a vida acontece, o normal é que a emoção supere a razão. E aí comemos com as emoções, agimos com as emoções, falhamos com as emoções.

Temos a ilusão de que somos criaturas de razão. O fato, todavia, é que somos seres movidos basicamente pelas emoções.

Dizer que vamos fazer alguma coisa não significa absolutamente nada, se realmente não fazemos – dia após dia – aquilo que prometemos fazer, aquilo que sabemos que é o melhor para nós mesmos.

O Planejamento Diário

Para 2015, o Mude.nu gostaria de lhe propor algo diferente.

Em vez de fazer grandes planos para a sua vida, em vez mesmo de traçar metas para o ano novo, sugerimos que você se concentre em planejar apenas o seu dia seguinte.

Não o mês, não a semana, mas somente e tão somente o seu próximo dia.

Você pode fazer disso um hábito, definindo um gatilho como “logo depois de jantar” por exemplo. Neste momento, pegue o seu papel e caneta, mas em vez de fazer planos grandiosos para um futuro distante concentre-se no que realmente você vai fazer nas próximas 24 horas.

Essa atividade tem que ser rápida, fácil e prazerosa. De outra forma, dificilmente vai se tornar algo que você vá fazer todas as noites.

Para isso, recomendamos que você tenha um “modelo” de planejamento diário, para que você trabalhe sempre em cima dele.

A maioria das pessoas tem uma série de atividades que se repetem dia após dia. O seu modelo já pode contemplá-las, bem como pode abarcar os hábitos que você está querendo criar: exercitar-se mais, comer melhor, não procrastinar, meditar etc.

O segredo aqui é você começar pequeno, sem planos grandiosos. Se você está no desafio de Entrar em Forma, por exemplo, não há como você “ter uma barriga chapada” ou “ganhar 3 centímetros de braço”. Tudo o que você pode fazer é comer bem na próxima refeição, é não faltar o seu próximo treino.

Como esses pequenos punhados de areia, dia após dia, com moderação e consistência, ao final de algum tempo você terá – na prática – a vida e as mudanças com que sempre sonhou.

Feliz 2015 para todos!

Receba as atualizações

1 Comentário

  1. Muito bom.
    Planejar a causa (o que devo fazer para conseguir algo) e não a consequência ( o resultado). Gostei.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *