Há algumas semanas tenho testado o chamado método de leitura dinâmica. Como tudo na vida, tenho observado vantagens e desvantagens dessa técnica.

O primeiro ponto é que, sim, a leitura dinâmica realmente aumenta e muito a velocidade com que você termina um livro, um artigo ou um texto qualquer, mesmo eu sendo ainda apenas um iniciante.

Comecei apenas com o básico e passar o dedo indicador sobre as linhas enquanto estou lendo, para forçar os olhos a passar pelas palavras mais rapidamente. Depois comecei a colocar o dedo a partir da terceira palavra no começo de cada linha, e terminar na antepenúltima palavra de cada linha. Essas são técnicas ensinadas em livros como Leitura Dinâmica e Memorização, de Elson A. Teixeira e Andréa Monteiro de Barros Machado.

Essa técnica de leitura dinâmica funciona porque a visão marginal permite que vejamos tanto as primeiras quanto as últimas palavras sem precisar que o olho acompanhe até lá. Ou seja, deixamos de focar margens para focar palavras e passar mais rapidamente para próxima linha.

Não fiz cálculos (nem tenho muito interesse de fazer) de em quantos pontos percentuais isso aumentou minha velocidade de leitura, até porque o objetivo não é bater o recorde mundial de velocidade de leitura e sim aproveitar melhor o tempo.

Desvantagens da leitura dinâmica

Especialista em leitura dinâmica

Um especialista em leitura dinâmica.

A desvantagem que percebi está justando em ler dessa forma os bons escritores. Explico. Um escritor realmente de qualidade – e aí me vem logo à cabeça Graciliano Ramos – não vai escrever tudo o que quer dizer.

As idéias ficam subentendidas entre as palavras. E cada palavra pode representar mais de uma idéia. Se você ativa a supervelocidade de leitura, pode até entender o que está escrito, se estiver em um nível avançado, mas pode perder muito do que está oculto entre as palavras.

Minha conclusão é que a leitura dinâmica serve muito para textos informativos (notícias, posts, artigos etc.) e para escritores lineares, mas não deve ser usada para ler os verdadeiros bons escritores ou para textos mais profundos.

Não tenho opinião formada quanto à taxa de absorção do que está sendo lido, pois sempre acho esses cálculos de porcentagem demasiadamente abstratos (para não dizer que é simples chute ou charlatanismo mesmo).

Receba as atualizações

Publicado por Walmar Andrade

Criador do Mude.nu, Walmar Andrade é bacharel em Comunicação Social, com extensão em jornalismo on-line (UFPE), MBA em Planejamento, Gestão e Marketing Digital (FECAP-SP) e Master en Comunicación Empresarial (INSA-Barcelona). Escreve sobre comunicação e marketing digital no blog Fator W.

2 Comentários

  1. Passei um bom tempo estudando e praticando a leitura dinâmica mas eu a larguei pois cheguei a conclusão que a velocidade não é tão importante, o importante é a MEMORIZAÇÃO, um livro bem absorvido vale mais que vários livros lidos em alta velocidade.

    Ótimo post Walmar

    Responder
  2. Depois que comecei a praticar leitura dinâmica minha memoria melhorou muito.

    Velocidade de leitura+atenção+memoria.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *