Já falamos aqui sobre o poder dos hábitos para mudar as nossas vidas. Dissemos também que, segundo a maioria dos especialistas, leva entre 21 e 30 dias consecutivos para formarmos um hábito. Mas, você sabe há quantos dias está tentando formar o seu?

Na autobiografia de Benjamim Franklin, ele revela um dos segredos de seu grande sucesso na vida. Ao final de cada dia, antes de ir se deitar, ele marcava em uma espécie de planilha quais os hábitos que havia cumprido naquele dia.

Por exemplo, se Franklin estivesse querendo acordar mais cedo, ele criaria uma linha com o hábito “Acordar mais cedo” e, a cada dia, marcaria numa coluna se fez ou não aquele hábito. Para formar o hábito, ele teria que marcar 30 colunas consecutivas. Se perdesse um dia sequer, voltaria a contar do zero.

Benjamim Franklin acompanhava hábitos diariamente

Para o bem ou para o mal, não vivemos mais na época de Benjamim Franklin. Hoje em dia temos maneiras mais modernas de acompanhar nossos hábitos:

  • Joe´s Goals: esse é um site que permite que você se cadastre, liste seus hábitos e vá marcando dia após dia o que fez e o que não fez. Ele traz algumas funcionalidades extras, como hábitos positivos versus negativos, pontuação e outras coisas que não importam tanto.
  • Rootein: tem o mesmo objetivo, mas usa um formato de calendário para você ter uma visão mais ampla do que anda fazendo. Também é gratuito e bem fácil de usar.
  • Daily Deeds: esse é um aplicativo para iPhone. A vantagem é que temos sempre à mão o celular antes de deitar, então pode ficar mais fácil fazer a revisão diária.

Qualquer que seja o meio que você escolher, lembre-se de que uma lista de hábitos é diferente de uma lista de tarefas. Na lista de tarefas, você possui atividades únicas. Na de hábitos, há itens que você deseja fazer repetidamente até que se tornem automáticos.

Exemplos de bons hábitos que podem mudar a sua vida:

  • Alimentar-se bem
  • Fazer exercícios físicos
  • Acordar cedo
  • Beber oito copos de água
  • Não reclamar
  • Não mentir
  • Meditar
  • Anotar seus gastos
  • Falar com pessoas amadas
  • Ajudar alguém
  • Ler

Receba as atualizações

3 Comentários

  1. Hábitos: como acompanhar e saber se está indo bem | mude.nu: http://t.co/ojICAPN via @AddThis

    Responder
  2. Puxa vida! Eu nunca havia pensado em fazer o que Benjamim Franklin fez. Realmente é muito eficaz. Só o fato de registrar um habito numa folha de papel parece-me que gera na gente uma força ou compulsão que nos força a crer que aquilo que escrevemos no papel realmente deve e ira acontecer. P. ex. quando decidimos acordar mais cedo, um pedido simples mas que ao final faz uma diferença grandiosa. Basta colocar no pedaço de papel que horas pretende acordar e mentalizar aquilo que no dia seguinte você acorda normalmente e até bem disposto. Realmente, isso funciona.

    Responder
    • Sim, Marcelo, isso realmente funciona!

      Napoleon Hill em seu livro “A Lei do Triunfo” fala exatamente sobre isso e usa esse mesmo exemplo do horário exato para acordar. Todo mundo já vivenciou pelo menos algumas vezes a experiência de acordar exatamente no horário desejado sem o auxílio de um despertador ou qualquer outro método.

      O grande trunfo é aprender a fazer isso de maneira sistemática, de acordo com a nossa vontade. É uma habilidade incrível e muito útil que vale a pena desenvolver.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *