Em 2014, um dos meus desafios era aprender a tocar guitarra. No impulso, comprei um kit para iniciantes via internet e algumas semanas depois recebi em casa a guitarra, um pequeno amplificador e outros acessórios como capa, correia, paletas, afinador etc.

E tudo ficou guardado em um canto do quarto pelos meses seguintes.

Eu arranho um violão muito básico desde a adolescência, então acreditava que teria certa facilidade com a guitarra elétrica. Ledo engano. Não consegui tirar um som que prestasse nas poucas vezes em que tentei.

Até que, no comecinho deste ano, topei com um jogo de videogame chamado Rocksmith 2014. Ele permitia que você ligasse a guitarra no console Xbox por meio de uma entrada USB e prometia te ensinar a tocar.

Resolvi dar uma chance e tenho achados os resultados impressionantes. O videogame reconhece exatamente que nota e que corda você está tocando, possui aulas simples e interativas, conta com alguns joguinhos do tipo Arcade para alguns treinos básicos e ainda tem um excelente cardápio de músicas.

O jogo tem três variações: para quem quer treinar guitarra solo, guitarra base ou baixo. Você diz qual o seu nível (eu coloquei o mais básico de todos) e ele mesmo vai sugerindo quais as suas próximas “missões”: tocar a música tal, assistir à aula tal, melhorar X% em relação a sua tentativa anterior etc.

O mais interessante é que, enquanto você toca a guitarra, o restante da “banda” toda está tocando junto, inclusive com os áudios originais de nomes como Bob Dylan, Jim Morrison, Bruce Dickinson, Steve Tyler e por aí vai.

Tudo o que você tem a fazer é escolher uma música e o jogo vai te ajudar a afinar o instrumento apropriadamente e passar as instruções nota por nota, acorde por acorde, indicando qual corda tocar, com que dedo, qual efeito usar e tudo o mais que você imaginar.

Veja o exemplo de um usuário jogando:

O Rocksmith já vem com uma série de músicas incluídas, mas também permite que você busque e compre (por cerca de R$ 6,00 cada) músicas extras. Se você é fã de alguma banda, pode comprar por exemplo o pack completo com todas as músicas do Iron Maiden e aí cada música individualmente acaba saindo mais barato.

Outra vantagem é que, sem nada ativado, o Rocksmith funciona como um amplificador. Assim você pode ficar experimentando e se aprimorando na guitarra (ou no baixo) de uma forma livre, sem ter que estar seguindo alguma música ou jogo.

O jogo como um professor de guitarra

guitarra

Há uma preocupação didática no Rocksmith que o diferencia daqueles joguinhos musicais que fizeram muito sucesso há alguns anos, como Guitar Hero ou Rock Band.

Primeiro, porque aqui você utiliza instrumentos de verdade, e não guitarras ou baixos de plástico. Segundo, porque o Rocksmith 2014 permite que você grave as suas tentativas para analisar e se aprimorar.

Um mecanismo denominado Riff Repeater seleciona trechos da música em que você teve maior dificuldade e faz você repetir à exaustão somente esse pedaço da música, até que supere a sua deficiência.

Isso sem falar nos incentivos naturais de um jogo, como pontuação, placares de líder, possibilidade de jogar “contra” outras pessoas etc.

Se você tem um Xbox ou Playstation e está nesse desafio de aprender guitarra ou baixo, recomendo fortemente que experimente o Rocksmith. Há uma versão também para Windows, mas não sei dizer a performance da versão para PC.

O que sei é que, depois de meses encostada em um canto do quarto, a guitarra encontrou vida nova com esse professor virtual e agora é usada praticamente todos os dias, mesmo que seja por meia horinha.

Só quem não gosta são os vizinhos. :)

Receba as atualizações

Publicado por Walmar Andrade

Criador do Mude.nu, Walmar Andrade é bacharel em Comunicação Social, com extensão em jornalismo on-line (UFPE), MBA em Planejamento, Gestão e Marketing Digital (FECAP-SP) e Master en Comunicación Empresarial (INSA-Barcelona). Escreve sobre comunicação e marketing digital no blog Fator W.

3 Comentários

  1. Haha adorei,já joguei muito Guitar Hero,vixe zerei quase todas as temporadas rs… Assim que eu conseguir passar em um concurso vou entrar nesse desafio.Obrigada Walmar pela a postagem.Sou fã de vcs.De verdade vcs têm me ajudado muito.

    Responder
    • Parece que Guitar Hero e Rock Band estão voltando à ativa agora em 2014, Cláudia, inclusive para a nova geração de consoles. Eles são mais divertidos, porém menos “técnicos” que o Rock Smith.

      Responder
  2. Eu comprei esse jogo ano passado e é ótimo. Eu não tenho guitarra, uso o meu violão no lugar e funciona perfeitamente.
    Recomendo este jogo a todos que querem aprender a tocar guitarra ou baixo. É um jogo incrível!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *