Cartão de crédito é uma forma de troca financeira que tem como grande objetivo ajudar as pessoas. As pessoas que são donas de banco, claro.

Para nós, os usuários, o cartão de crédito nada mais é do que uma forma de gastarmos dinheiro que não temos para pagar juros exorbitantes por esse empréstimo tão facilitado.

A maior parte das pessoas faz compras por impulsos, influenciados pelas mais de dez mil mensagens de publicidade a que são submetidas todos os dias. Com um cartão de crédito nas mãos, mesmo que você não tenha dinheiro na hora, consegue comprar o que quer que seja. Depois, terá que lidar com uma fatura que usa a mágica dos juros compostos contra você!

Se você é uma pessoa centrada, que primeiro decide e planeja o que quer comprar, o cartão não é uma arma de fogo apontada contra a sua própria cabeça. Para esse grupo de pessoas, o cartão de crédito deve ser usado como um cartão de débito, ou seja, com o pagamento automático e total da fatura no primeiro dia que chega, sem dar chance para os juros.

Utilizado dessa maneira – e exclusivamente dessa – o cartão de crédito não atrapalha os seus planos de independência financeira e, de quebra, ainda pode lhe ajudar acumulando pontos em programas de benefícios ou de milhas aéreas.

Fora esse tipo de uso, a única coisa que justifica a utilização do cartão de crédito como adiantamento de um dinheiro que você não recebeu é uma grande emergência. E aqui estamos falando grande mesmo, como socorrer um parente em caso grave de saúde ou algo do tipo.

Tire porte de arma

Para uma pessoa andar com uma arma no Brasil, é necessário ter um porte de arma. Para dirigir um carro, é necessário ter uma carteira de habilitação.

Pois defendemos que, para alguém andar com um cartão de crédito, também deveria haver uma exigência de um grau mínimo de educação financeira. Se você não possui uma base boa de instrução com o dinheiro, siga a nossa dica e deixe o cartão em casa.

Para melhorar seu grau de instrução, separamos alguns artigos úteis sobre o tema:

Receba as atualizações

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *