Positividade

Acordei dois minutos antes do despertador. “Que bom! Meu dia já começou bem, vou cumprir todos meus compromissos”.

Levanto e vou para a cozinha tomar meu café-da-manhã. Vejo o pote de janta em cima da mesa. Eu me esqueci de guardar ontem à noite. Vou guardar, mais tarde eu vejo se ainda dá pra comer.

Tomo o café-da-manhã tranquilamente, hoje tudo está dando certo. Esse café está uma delicia!

A caminho do ponto de ônibus as pessoas olham pra mim. Das duas uma, ou elas perceberam meu alto astral ou não estão nem olhando pra mim, é só impressão minha.

Chego ao trabalho e meu chefe me dá bom dia com um sorriso no rosto. Ele também acordou de bom humor. Pressinto que hoje faremos um ótimo trabalho juntos.

Eu amo meu trabalho!

O chefe me dá uma lista de coisas a fazer. Eu já fiz isso várias vezes, se seguir os mesmos passos da outra vez termino tudo dentro do prazo.

Chego em casa e minha esposa quer sair pra comer fora. Nós merecemos, afinal é sexta-feira e nós merecemos um pouco de diversão depois de uma semana inteira de trabalho duro.

Vou jantar com minha esposa num restaurante fino. Que bom que conseguimos essa promoção, está valendo muito a pena!

Chego em casa exausto depois de uma semana inteira de trabalho.

Vou dormir tranquilo, com a sensação de dever cumprido. Meu dia foi ótimo!

Negatividade

positividade-negatividade

Acordei dois minutos antes do despertador. Que droga! Dois minutos de sono perdidos.

Levanto e vou para a cozinha tomar meu café-da-manhã. Vejo o pote de janta em cima da mesa, eu esqueci de guardar ontem a noite. Que cabeça a minha, deve ter estragado.

Tomo o café-da-manhã já pensando no trânsito que terei que encarar e mal sei direito o que estou mastigando. Meu dia será longo!

A caminho do ponto de ônibus as pessoas olham pra mim. Será que eu esqueci de fazer alguma coisa? Zíper da calça aberto, roupa amassada, camiseta furada, o que será que eles tanto olham?

Chego ao trabalho e meu chefe me dá bom dia com um sorriso no rosto.

Aposto que ele está rindo da minha cara. Esse emprego já deu, está na hora de procurar outro.

O chefe me dá uma lista de coisas a fazer. Eu já fiz isso várias vezes, não vou conseguir cumprir o prazo. Está tudo perdido.

Chego em casa e minha esposa quer sair pra comer fora. Eu sei que é sexta-feira, mas já não saímos na semana passada, por que hoje também?

Vou jantar com minha esposa num restaurante fino. Eu vi que o cartaz dizia estar na promoção, mas é muito bom pra ser verdade, aposto que não li as letras miúdas, não sei se terei dinheiro pra bancar a conta no final da noite.

Chego em casa exausto depois de uma semana inteira de trabalho. Melhor eu ir dormir logo, já passou da hora desse dia acabar. Meu dia foi horrível!

Uma questão de percepção

questao-de-percepcao

Nas duas historias acima, os fatos são os mesmos.

A única diferença é a visão da pessoa ao recebê-los: de uma forma positiva ou negativa. Ver as coisas por uma perspectiva positiva torna as pessoas muito mais felizes ao final do dia e segundo pesquisa da Carnegie Mellon University, nos Estados Unidos, felicidade traz benefícios à saúde.

Os fatos em si são apenas isso, fatos. Não carregam em si mesmos nenhuma características definidora de “bom” ou “ruim”. Nossa interpretação dos fatos é que faz a diferença na forma como vamos nos sentir ao longo do dia.

A origem de todos os problemas está na mente. A solução de todos os problemas, portanto, passa pela transformação da mente.

E a maneira como passamos os nossos dias, claro, é a maneira como passamos a nossa vida.

E então, de que forma você quer olhar para os fatos?

Receba as atualizações

Publicado por

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *