Se você por acaso pegar um elevador e encontrar nele o Eike Batista, o que vai dizer a ele em 30 segundos?

Provavelmente nada, se você não tiver preparado um discurso. Mas e se você tiver na ponta da língua uma visão geral de quem é, quais os seus valores e o que você faz (ou pretende fazer)? Perderia a oportunidade de fazer uma conexão com alguém que pode lhe abrir muitas portas?

Elevator Pitch é um termo americano utilizado para se referir a essa rápida visão geral de quem somos e o que fazemos. Se você preparar o seu discurso, que deve ter entre 30 segundos e 2 minutos, poderá usá-lo sempre que esbarrar em alguma oportunidade. Trinta segundos com a pessoa certa é tempo suficiente para mudar a sua vida. Por que desperdicá-los?

Aprender a vender suas ideias em pouco tempo é algo cada vez mais necessário. Pense no Elevator Pitch como um Twitter da fala: você só terá tempo de pronunciar umas 140 palavras. Elas precisam, portanto, ser bem muito bem escolhidas.

Will Smith fez seu elevator pitch em À Procura da Felicidade

Nos Estados Unidos, a técnica faz tanto sucesso que existe até uma ferramenta on-line gratuita de Harvard para quem quer preparar o seu pequeno discurso.

Um bom exemplo de Elevator Pitch pode ser visto no excelente filme À Procura da Felicidade (The Pursuit of Happyness, 2006), quando Will Smith tem uma subida de elevador e uma corrida de táxi para impressionar os figurões da empresa na qual o seu personagem queria ingressar.

Como criar seu Elevator Pitch

  • Tenha seu objetivo principal definido: siga as técnicas de Napoleon Hill e você terá uma clareza de propósito que vai lhe ajudar em muitas áreas na sua vida
  • Resolva um problema ou uma necessidade: investidores e empreendedores estão sempre atrás de saídas criativas ou novas para velhos problemas
  • Defina o seu público-alvo: um discurso para um investidor é diferente de um para um gerente. Tenha adaptações da sua introdução para diferentes públicos
  • Seja conciso: lembre-se de que você tem poucos segundos. Seu Elevator Pitch não deve ter mais que 140 palavras
  • Comece pelo mais importante: uma dos 7 hábitos altamente eficazes de Stephen Covey também serve aqui. Você tem que prender a atenção do interlocutor logo no início
  • Faça-o querer mais: o Elevator Pitch é só uma introdução. O segredo é fazer com que a pessoa se interesse e queira saber mais. Você pode criar suspense ou deixar uma pergunta no ar
  • Permita o follow up: tenha um cartão de visitas sempre à mão. Ou então tenha um e-mail ou site facílimo de decorar, como mude.nu por exemplo ;)

Lembre-se de botar tudo no papel. Leia e releia, corte o desnecessário, refine constantemente. Treine falar naturalmente, sem parecer decoreba. E – principalmente – tenha tudo na ponta da língua para quando a oportunidade aparecer.

Vídeo Bônus: Seany “The Bear” explica como fazer um Elevator Pitch

Receba as atualizações

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *