Um dos maiores desafios para quem está em uma dieta de perda de gordura é manter-se na linha quando as coisas dão errado.

Comer corretamente, seguindo um plano pré-definido, é relativamente fácil quando as coisas estão em ordem. Afinal, você planejou que comeria aquela salada de frutas no café da manhã em casa, aquele frango grelhado no almoço no restaurante do trabalho cujo cardápio lhe é familiar, aquele omelete no jantar novamente em casa.

O problema maior é quando as coisas saem do controle. Se você, por exemplo, perde a hora de acordar e pula o café da manhã em casa. A salada de frutas tende a virar um cookie na cantina do trabalho. Se você sai com os amigos, o frango grelhado vira uma picanha com fritas. Se está com dor de cabeça ou estressado à noite, o omelete dá lugar a uma lasanha congelada.

Os exemplos são muitos. Viagens, atropelos no trabalho, mal humor, trânsito. Tudo pode atrapalhar o planejamento de uma dieta.

A melhor maneira de lidar com esses “imprevistos” é, justamente, prevê-los. Você sabe que os dias não sairão sempre conforme o planejado. Sabe que haverá obstáculos como esses que citamos.

Por que não, então, antecipar suas desculpas no início do plano e saber o que fazer quando esses imprevistos acontecerem?

Quem começa uma dieta geralmente já tem escrito os horários e os alimentos, certo? Então acrescente também o que fará em cada caso. Planeje com antecedência para não se tornar vítima do acaso.

A dica aqui é controlar o seu ambiente. Tenha sempre à mão (em casa, no carro, no trabalho) alimentos adequados ao regime ao qual você está se propondo. Mantenha um estoque de emergência, para ser utilizado nos dias críticos.

Agindo desta maneira, você aumenta exponencialmente as suas chances de sucesso e corta suas próprias desculpas pela raiz.

Receba as atualizações

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *