Parar de fumar é um grande desafio para quem está viciado em cigarros. Não é para menos. A nicotina é uma das drogas mais viciantes que existem. Com apenas alguns dias, quem se mete a fumar já pode estar completamente viciado.

Aliás, que grande negócio para a indústria é o cigarro. Imagine você ter um produto extremamente barato como o fumo e conseguir vendê-lo de forma contínua, já que quem usa algumas vezes tende a continuar consumindo sempre?

Claro que foi preciso um malabarismo para fazer as pessoas começarem a consumir cigarros. Afinal, estamos falando de um produto que fede, esfumaça o ambiente e causa inúmeros problemas para a saúde.

Os europeus quando chegaram à África e viram alguns habitantes fumando no início estranharam bastante aquelas figuras exóticas para eles soltando fumaça pelo nariz. Quando viram o poder viciante que aquilo tinha, não pensaram duas vezes frente à grande oportunidade de negócio que tinham.

É assim que fica o pulmão de um fumante

É assim que fica o pulmão de um fumante

Aí bastaram vincular cigarro a algo chique. Perceba como nos filmes antigos os galãs ou as mocinhas estavam sempre fumando um cigarro de forma bem chique. E como os comerciais de cigarro associavam o fumo a virilidade, aventura, sexo? Quem não se lembra do cowboy da Marlboro?

Felizmente, é plenamente possível parar de fumar. Centenas de pessoas ao redor do mundo param de fumar todos os dias. Aposto como você mesmo conhece alguém que já parou de fumar. Se os outros podem, você pode também. Basta seguir algumas dicas:

1. Decida parar de fumar

Decidir é diferente de desejar. Muitas pessoas dizem que gostariam de parar de fumar. Poucas se comprometem realmente com isso.

Uma decisão não é verdadeiramente uma decisão até que você tome uma atitude concreta em direção a ela.

Comprometer-se é cortar todas as outras possibilidades: você tem que decidir parar não importa o que aconteça!

2. Associe dor massiva ao ato de fumar

Quando você começou a fumar, foi por um motivo: seu cérebro associou prazer ao ato de fumar.

Pode ser que você quisesse provar que já era um adulto. Ou que quisesse impressionar alguém. Ou que quisesse parecer com alguém de um filme ou comercial. Ou queria ser aceito em determinado grupo.

Foi assim que você começou. Fazendo o contrário, você pode parar.

Associe dor massiva ao ato de fumar. Visite pessoas com câncer de pulmão e enfisema pulmonar. Não veja por fotos, livros ou vídeos. Vá pessoalmente ao Hospital do Câncer ter contato com essas pessoas. Sinta a dor que estão passando e veja que você não deve ir pelo mesmo caminho.

Também leia sobre, pesquise fotos bizarras na internet de um pulmão destruído pelo cigarro, ouça pessoas com a voz acabada pelo fumo. Veja as piores coisas e encare a realidade para a qual o cigarro está o levando.

Não basta fazer isso uma vez. Faça constantemente, repetidas vezes, até que fique escrito a ferro e fogo no seu cérebro que cigarro é igual a dor maciça.

3. Avise aos outros

Comprometa-se publicamente que vai parar. Escreva no Facebook, no Orkut, no Twitter. Diga aos seus pais, aos amigos, aos colegas de trabalho. Diga ao seu chefe ou patrão!

Quando nos comprometemos publicamente, temos muito mais receio de voltar atrás ou não conseguir. Nos empenhamos mais.

Você não vai querer ficar mal na frente dos seus pais, dos seus amigos ou do seu chefe, vai?

Ademais, se você tem receio de se comprometer publicamente, é porque ainda não decidiu de verdade. E aí dificilmente obterá sucesso.

4. Antecipe as desculpas

Seu cérebro sentirá falta do cigarro, não há dúvidas disso. Então, ele irá preparar algumas desculpas para você dar só uma tragadinha.

Essas desculpas serão algo como “hoje eu mereço, tive um dia de cão”. Ou “só um não vai fazer mal”. Ou “se eu fumar esse, vou me controlar mais para a frente”.

Antecipe todas essas desculpas: escreva-as uma a uma em um papel ou anote no seu smartphone e leve consigo. Quando se pegar dando uma desculpa para acender um cigarro, veja que você já sabia que ia fazer isso. E jogue o cigarro fora.

5. Recompense-se

Associe prazer a não fumar: dê recompensas a si mesmo!

Da mesma forma que você associou dor ao ato de fumar, deve mandar mensagens para o seu sistema nervoso central de que, quando não fuma, obtém prazer.

Evitou o cigarro por hoje? Presenteie-se! Compre ou faça algo que esteja querendo, comemore, sinta-se fortalecido!

De novo, você tem que fazer isso repetidas vezes até que seu cérebro entenda que não fumar é igual a prazer.

6. Trace um plano

Parar de fumar só com força de vontade é possível, mas difícil.

Use o conhecimento e as tecnologias disponíveis para parar de fumar. Informe-se, veja o que funciona para você, procure o acompanhamento de um especialista.

Trace um plano com metas e prazos definidos para a sua redução do cigarro até o completo abandono do vício.

7. Crie um novo bom hábito

Você está abandonando um mau hábito. A maneira mais eficiente para não voltar a ele é substituí-lo por um bom.

Você pode criar o hábito de começar a correr. Ou de pedalar pelo parque. Ou de fazer natação. Ou de praticar voluntariado.

Escolha um hobby ou uma paixão para ocupar sua mente e não ficar roendo as unhas pensando que não está fumando.

8. Um dia de cada vez

Não pense em ficar sem fumar pelo resto da vida. Seu cérebro pode entrar em parafuso com isso.

Em vez disso, dê pequenos passos. Pense que não vai fumar por hoje, apenas hoje.

Vencer um dia após o outro é uma maneira mais sensata de lidar com o vício. Você não pode ficar um ano sem fumar de uma vez. Você só pode não fumar o próximo cigarro, hoje.

9. Seja positivo

Focalize as coisas boas de estar parando de fumar. A saúde que você vai ganhar, a disposição para fazer exercícios, a energia no trabalho, mais tempo de vida para ver seus filhos e netos crescerem.

Mantenha sua mente focada nas coisas positivas. Não fique pensando “meus Deus, estou sem fumar! estou sem fumar!”. Tente pensar o menos possível no cigarro, mesmo que de forma negativa.

10. Se você falhou, levante-se e siga adiante

Existem pessoas que decidem parar e param de uma vez.

Outras têm recaídas pelo caminho.

Se você teve um momento de fraqueza, interrompa seu padrão, levante-se e siga adiante.

Lide com isso com naturalidade. Veja onde errou e comprometa-se a não cometer o mesmo erro novamente. Não se puna exageradamente pela falha, não fique remoendo isso. Apenas siga adiante!

Só existe uma maneira de falhar: desistir. Enquanto você não desistir de parar de fumar, você ainda não falhou.

Que tal começar agora?

Receba as atualizações

13 Comentários

  1. Cara, muito obrigado pelo seu post.

    Responder
  2. Isso mesmo muitas pessoas serão salvas eu não fumo mais infelismente minha tia que eu amo tanto Morreu desta porcaria ai. Eu acho que deveria bani o cigarro do Mundo.

    Responder
  3. Muito bom!! Desafio aceito.

    Responder
  4. entrei em um programa de antifumo ano passado fiquei 2 mese sem fumar caminhando ja estava ate dando corridinhas mas ai tive uma recaida e to fumando ate hoje me sinto tao mal por isso fraca pq eu estava tao bem sem o fumo . meu marido fuma muito e deixa o cigarro a mostra ai foi a minha caida nao fui forte o bastante. mas agora vou tentar dinovo e sei q vou conseguir.

    Responder
  5. Me ajudou a decidir.

    Responder
  6. Woool , bem legal e muito incentivador
    Arrasou !!!

    Responder
  7. Parei em tempo e não me arrependo tenho uma saude excelente hoje em dia

    Responder
  8. Gostei muito da dica, eu não fumo mas passei para um grande amigo Gerson Miguel da Silva. Muito obrigado.

    Responder
  9. gostei muito!começo agora

    Responder
  10. eu comecei a fumar aos 13 anos hoje estou com 48 já perdi gente muito querida com tumor maligno , eu decidi parar de fumar a 4 dias atras ainda estou firme na minha decisão, aqui vou procurar ser o mais sincera possível. Na verdade eu optei largar o vício pois me sentia escrava dele, e quero a minha liberdade de volta ,Sabe vou dizer um fato que para muitos pode parecer bobo mas eu de fato nunca me dei conta sobre como é bom sentir seu próprio cheiro sem feder a nicotina queridos sei que fumar prejudica muito porém não foi isto que me motivou e sim a desaprovação das pessoas até mesmo descrinção

    Responder
  11. Me comprometo!

    Responder
  12. Gostei… Cada dica desse post vai ajudar muitas pessoas na jornada de parar de fumar, inclusive eu!!

    Responder
  13. Nao aguento mais esse vicio nojento preciso parara de fumar, eu nao quero mais, estou ah algumas horas sem fumar, passei pelo almoço e agora vou passar pelo café. Ei de vencer

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *