Todo ano é a mesma história. As pessoas começam a fazer promessas e traçar metas para o ano seguinte. Na maior parte das vezes, essas promessas e metas durante até a primeira semana de janeiro. Depois, quase tudo volta a ser como antes. Para evitar cair nessa armadilha de novo, eis aqui um plano básico para traçar metas com objetividade e clareza.

Passo 1: Diferencie um sonho de uma meta

Muita gente se atrapalha ao colocar seus sonhos como metas a serem realizadas no ano que entra. Para não cair nesse erro, entenda a diferença entre um sonho e uma meta. O sonho é algo que você deseja, enquanto a meta é o seu sonho com um prazo determinado para acontecer. Nisso, as promessas de ano novo são boas, pois trazem consigo um deadline próprio.

Passo 2: Seja preciso

“Emagrecer” pode ser um sonho de muita gente. “Emagrecer em 2012” já começa a se assemelhar a uma meta. “Perder 10 quilos até o dia 31 de dezembro de 2012” já é algo muito mais específico.

Quando você é preciso ao traçar uma meta, sabe bem quando poderá tê-la como meta cumprida. Por exemplo, se você pensar só em “Emagrecer”, poderia dar baixa ao perder 100 gramas?

Passo 3: Registre a meta

Pensar em metas é muito interessante, mas registrá-las é ainda melhor. Ponha suas metas precisas em papel, ou em algum sistema eletrônico que você confie. Crie uma rotina de revisá-las constantemente para que elas não se percam com o desenrolar do ano.

Passo 4: Defina um plano de ações

Ok, você já sabe que quer perder 10 quilos até o dia 31 de dezembro de 2012. E aí? O que fará para conseguir essa meta? Provavelmente, terá que dormir mais, alimentar-se melhor, fazer exercícios e tomar bastante água. O plano de ações também deve ser registrado e revisado além de, é claro, ser seguido por você mesmo.

Passo 5: Aja e acompanhe

De nada vai adiantar você traçar as metas se não agir para cumpri-las. Tendo um plano de ações em mãos, você deve saber o que tem que ser feito. Então não procrastine, somente faça. E acompanhe regularmente seu plano e suas ações durante o ano para saber se você está indo em direção das metas ou se afastando delas.

Assim, quando o final do ano estiver chegando, você vai poder revisar a lista que fez há um ano e observar o que conseguiu dar baixa e o que não conseguiu. Se aprendeu com os erros, vai ter um novo ânimo para tentar novamente no ano seguinte.

Receba as atualizações

Publicado por Walmar Andrade

Criador do Mude.nu, Walmar Andrade é bacharel em Comunicação Social, com extensão em jornalismo on-line (UFPE), MBA em Planejamento, Gestão e Marketing Digital (FECAP-SP) e Master en Comunicación Empresarial (INSA-Barcelona). Escreve sobre comunicação e marketing digital no blog Fator W.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *