Identificar os rituais que nos empoderam e os que nos enfraquecem é o tema do dia 11 do áudio curso Personal Power 2, de Anthony Robbins.

Rituais nada mais são do que sequências de hábitos que fazemos no “modo automático”, sem pensar muito sobre eles. Por exemplo, quando você acorda deve ter um ritual que faz sem nem pensar.

Tony Robbins diz que todos nós temos rituais incorporados quando alcançamos determinadas emoções. Por exemplo, antes de ficar tristes, uma pessoa pode ter o ritual de focar em algo que não lhe agrada, fechar a cara, olhar para baixo, respirar superficialmente etc.

Homem em ritual

Nosso comportamento é o resultado de tais rituais. Eles literalmente estruturam nossa vida, na medida em que são os responsáveis pelo que fazemos na maior parte do tempo.

Durante a aula, Robbins pede que identifiquemos cinco emoções positivas e cinco negativas que experimentamos em uma base regular ao menos uma vez por semana. Por exemplo:

  • Frustração
  • Preguiça
  • Inveja
  • Desânimo
  • Sobrecarga
  • Equilíbrio
  • Disposição
  • Compaixão
  • Entusiasmo
  • Amor

Depois, o curso nos pergunta: para sentir cada uma dessas emoções, o que tenho que fazer? Em que tenho que pensar? Qual o meu ritual até chegar a cada uma delas? E quais os gatilhos ou âncoras que dão início a esses rituais?

A ideia de Tony Robbins é que tenhamos uma receita passo a passo através da qual acessamos as emoções positivas e negativas. Assim, quando nos vimos entrando em uma emoção negativa, saberemos identificar que estamos iniciando o ritual e poderemos interromper o processo.

Por outro lado, poderemos usar a receita para sentir deliberadamente uma das emoções positivas que listamos.

Os rituais são hábitos, portanto, para quebrá-los, precisamos ser consistentes. Um hábito só é quebrado quando deixamos de fazê-lo e o substituímos por outro de forma definitiva.

Exercícios do dia 11

A procrastinação é o hábito de deixarmos para depois o que deveríamos estar fazendo agora.

No exercício do dia, Robbins pede que descrevamos o passo a passo que utilizamos (ou seja, o ritual) para procrastinar. Uma vez que o identifiquemos, poderemos interrompê-lo e procrastinar a procrastinação.

Receba as atualizações

1 Comentário

  1. Como ter sucesso com o poder dos hábitos e rituais | mude.nu: http://t.co/MBX1xCU via @AddThis

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *