Uma das melhores coisas que você pode fazer na vida é trocar o carro pela bicicleta como principal meio de transporte.

Entre outras vantagens, você economiza dinheiro, melhora a saúde, diminui o impacto ambiental, se estressa menos no trânsito e ainda inspira outras pessoas.

Tudo seria ótimo, não fosse o fato de que a grande maioria das cidades brasileiras não estão preparadas para receber as bicicletas como meio de transporte. Não que isso seja um impedimento. Por vontade própria ou por pura falta de opção, milhões de brasileiros usam a bicicleta todos os dias para ir e voltar do trabalho.

Mas como fazer isso de uma maneira segura se até hoje você usou o carro para tudo?

Bicicletário para estacionar bicicletas

Entenda que é possível

O primeiro passo é conscientizar-se de que é possível. E para isso, basta observar quantas pessoas estão passando de bicicleta por lugares que você considera que é impossível transitar.

Enquanto as pessoas que possuem carro ficam ponderando se devem ou não ir, se é seguro ou não, se vão chegar suadas ou não, quem só tem a bicicleta como opção para se locomover pega a bike e sai pedalando pela rua. A necessidade acaba falando mais alto.

Acostume-se com a bicicleta e com o percurso

A primeira coisa que você deve fazer é conhecer bem o percurso. É possível ir bem de bicicleta até distâncias de cerca de seis quilômetros.

Pegue a sua magrela e vá para o local de trabalho no sábado e no domingo, de manhã. Nesses dias, o fluxo de carros nas ruas é muito menor do que nos dias de semana.

Faça esse teste, experimente ruas menos movimentadas, pesquise no Google Maps. Você precisa se familiarizar com o percurso e com os obstáculos antes de pedalar para valer.

Planeje

Algumas questões precisam ser planejadas com antecedência:

  • Onde vou deixar a bicicleta?
  • Vou precisar tomar banho ou trocar de roupa ao chegar? Se sim, o que tenho que levar na necessaire e onde encontro um chuveiro?
  • Vou precisar de iluminação especial para voltar à noite?

Cheque os itens de segurança

Você vai precisar de capacete, um kit básico de ferramentas e refletores, se for voltar à noite do trabalho.

Estude um pouco como funciona a bicicleta e aprenda a fazer reparos rápidos, como colocar a corrente no lugar. Verifique se na sua cidade existe algum serviço de SOS Bicicleta ou algo do tipo. Tenha sempre o número de um taxista confiável no celular para casos de emergência.

Pense nas bicicletas dobráveis

Uma grande solução para quem não tem espaço para guardar a bicicleta, seja em casa ou no trabalho, são as bicicletas dobráveis. Veja no vídeo abaixo a auto-intitulada menor bicicleta do mundo, como é prática:

No Brasil, é possível encontrar vários modelos da marca Dahon. Não ficam tão pequenas quanto essa do vídeo, mas também são bastante úteis.

Lute pelas bicicletas

Em vez de ficar apenas se lamentando de que o Brasil não é amigável para as bicicletas, faça sua parte.

Quanto mais pessoas usarem a bicicleta e saírem da zona de conforto do carro para todo lado, mais o governo terá que dar atenção para construir ciclovias, bicicletários e chuveiros públicos.

Do contrário, continuaremos até a morte usando carros e nos estressando por engarrafamentos e estacionamentos.

Receba as atualizações

4 Comentários

  1. E quem leva computador para o trabalho? Por que quando se aborda a questão do transporte cicloviário, poucos se lembram da fala de segurança?

    Responder
    • A questão do computador é um caso bem específico… Se for por isso, ninguém vai andar na rua com celular, porque hoje tem celulares que alcançam fácil R$500 até R$1500, e por outro lado existem computadores novos por menos de R$1000.

      É só ser discreto. Você não vai andar de bike por aí com uma mochila targus nas costas né? Se for, pelo menos arrume uma mochila mais discreta…

      Responder
  2. Vou aderir assim que voltar de férias…

    Responder
  3. Como escolher uma boa bicicleta?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *