O problema de muitos livros e guias sobre simplificar sua bagunça, seu trabalho, sua mesa, sua vida, é que eles geralmente são muito complicados.

Precisamos um método mais simples de simplificar.

Já faz quase dez anos desde que eu comecei a tentar simplificar minha vida, e nesses anos que eu tenho lutado contra a bagunça, tive altos e baixos entre complexidade e simplicidade. Tentei dezenas de métodos de simplificar, vindos de várias fontes. Tem sido uma jornada interessante, apesar de eu não recomendar a ninguém. Se você procura simplificar algum aspecto da sua vida, não precisa se meter em tanta confusão.

Simplicidade é a última sofistação. (Leonardo Da Vinci)

Eu resumi tudo em um simples método de Quatro Leis da Simplificade (agradecimentos a John Maeda) que você pode usar em qualquer área da vida, e na sua vida como um todo:

  1. Colete tudo em um único lugar
  2. Escolha o essencial
  3. Elimine o restante
  4. Organize o que sobrou de maneira ordenada e bonita

A vida é realmente muito simples. Nós é que insistimos em complicá-la. (Confúcio)

Zen

Para ilustrar, vamos dar uma rápida olhada em como simplificar uma gaveta. Digamos que é a gaveta mais bagunçada da sua casa – ela tem cardápios de restaurantes já fechados, manuais de computadores que usavam o DOS como sistema operacional, ferramentas que você não faz idéia de como usar, clipes de papel que você nunca usa, lembrancinhas daquela viagem ao México, sem falar naquele cheirinho que lembra uma academia de ginástica.

Você poderia passar o dia todo vasculhando essa bagunça e ainda ter uma bagunça. (Ou, mais comumente, você fecharia a gaveta e esqueceria o assunto.). Mas vamos ver como o método de quatro passos poderia ser aplicado:

  1. Colete. Tire tudo da gaveta e coloque em uma pilha. Esvazie a gaveta inteira e coloque tudo no centro de uma mesa. Tire absolutamente tudo, até o último clipe de papel.
  2. Escolha. Separe apenas aquelas coisas que você realmente ama e usa, que são importantes para você. Apenas escolha na pilha o que realmente é essencial. Seja bem seletivo. Coloque o que você escolheu em uma pilha separada.
  3. Elimine. Jogue o resto fora. Você sabe eu nunca precisará daqueles manuais de novo. Não seja sentimental neste passo. Jogue tudo no lixo ou doe os itens que você acha que terão alguma utilidade para alguém – dê para a caridade ou para algum amigo.
  4. Organize. Ponha de volta as coisas que você escolhei, organizadamente, com espaço ente elas. Limpe a gaveta primeiro, é claro, e ponha os itens escolhidos de volta agrupando-os de forma organizada e bonita. Deixar espaço entre os grupos faz tudo parecer mais simples.

É isso. Você agora tem uma bonita, simplificada e (espero) cheirosa gaveta.

Este método simples pode ser aplicado em cada área da sua vida. Minha sugestão é focar em uma área de cada vez, aplicando o método, e então passando para a próxima área. Se você quer apenas simplificar um par de áreas na sua vida, você pode focar em uma por semana. Mas se você quer toda a sua vida, eu faria uma área a cada dois dias até terminar.

Aqui vão alguns exemplos sobre como você pode aplicar o método acima em outras áreas da sua vida.

Closets
Foque em uma parte do closet a cada vez – uma prateleira por vez, por exemplo. Tire tudo da prateleira e ponha em uma pilha no chão. Escolha apenas as coisas realmente importantes que você ama e usa. Ponha o restante em uma caixa para doação. Ponha as coisas importantes de volta na prateleira, agrupando itens semelhantes e deixando espaços entre os grupos. Você poderia usar caixar para agrupar coisas, até rotulando-as. Ou simplesmente deixe as prateleiras vazias. Passa para a próxima aprte. Minha sugestão é deixar o chão do seu closet vazio – isso faz tudo parecer mais bonito e simples.
Sua mesa de trabalho
Tire tudo da superfície da mesa (exceto, talvez, o computador e o telefone). Para a superfície da mesa, eu sugiro deixar apenas a caixa de entrada e uma ou duas fotografias – e nada mais. Coloque os suprimentos em uma gaveta e arquive os papéis. Jogue fora o restante. Então processe as gavetas da mesma maneira, uma de cada vez, deixando espaços livres em cada gaveta. É tão mais relaxante trabalhar em um ambiente simples. Depois de limpar a mesa, passe para as paredes.
Sua lista de coisas a fazer
Tem uma longa lista de coisas a fazer (ou um monte de listas de contextos)? Gaste algum tempo adicionando cada tarefa ou projeto que você imagina fazer em suas listas, até ser o mais completo possível (GTD funciona muito bem para isso). Então escolha apenas as tarefas que você realmente quer fazer, ou que trarão para você os melhores benefícios a longo prazo, e coloque-as em uma lista separada, menor. As demais? Veja se você pode eliminar, delegar, ou pelo menos colocar em uma lista Algum dia/Talvez. Foque então apenas na sua pequena lista, tentando escolhe as três tarefas mais importantes de cada dia.
Seus compromissos
Faça uma lista de todos os compromissos na sua vida, do trabalho ao pessoal. Inclua hobbies, clubes, listas de discussão, grupos, tarefas dos filhos, esportes, afazeres domésticos etc. Tudo que regularmente toma seu tempo. Agora escolhe apenas aqueles que lhe dão valor, prazer, benefícios de longo prazo. Elimine o restante, se possível. Pode parecer difícil fazer isso, mas você pode sair de compromissos simplesmente dizendo às pessoas que você não tem mais tempo. Isso vai deixar você com uma vida que tem apenas os compromissos que você realmente gosta e quer fazer. Deixe tempo livre entre eles, em vez de encher toda sua vida.
Seu guarda-roupas
Você realmente precisa de 40 camisas? Ou 40 pares de sapatos? Quantos jeans você consegue usar? Uma gaveta de cada vez, coloque tudo na sua cama em uma pilha, escolha as roupas que você realmente ama e usa. Doe o restante, e coloque as que você realmente gosta de volta no guarda-roupas. Deixe espaço entre as roupas, não enche as gavetas até o topo.
Seu quarto
Se você gostaria de simplificar seu bagunçado quarto, comece com os móveis. Quais você realmente gosta e usa? Livre-se dos demais. Agora limpe cada superfície no quarto, de cadeiras a mesas a prateleiras e escrivaninhas. Escolha as coisas que você ama e jogue fora o restante. Deixe as superfícies as mais limpas possíveis, colocando de volta apenas alguns poucos objetos escolhidos. Agora processe as gavetas e estantes da mesma maneira. Limpe também o chão, deixando nele apenas os móveis.
Seu e-mail
Tem uma caixa de e-mail cheia de mensagens? Selecione todas e mova-as para uma pasta. Passe a vista na lista, escolhendo apenas alguns para responder e coloque em uma pasta separada. Delete ou arquive o restante.

À medida em que você simplifica sua vida, as leis do universo serão mais simples; solidão não será solidão, pobreza não será pobreza, nem fraqueza, fraqueza. (Henry David Thoreau)

Traduzido de Zen Habits com autorização do autor.

Receba as atualizações

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *