Há exatamente um ano, comprei no supermercado sem maiores pretensões um livreto de R$ 13,00 chamado Os Segredos da Mente Milionária, escrito por T. Harv Eker. Possivelmente em termos de retorno de capital, foi o melhor investimento que já fiz.

Este pequeno livro de 175 páginas e com fortes doses de auto-ajuda na linguagem baseia-se no seguinte princípio: se você quer se tornar alguma coisa, um dos caminhos mais fáceis é adotar os hábitos e a forma de pensar de pessoas que já se tornaram o que você deseja se tornar.

Exemplificando. Se você quer se tornar budista, adote os hábitos de um monge. Se quer se tornar fisiculturista, adote os hábitos de Schwarzenegger nos tempos antigos. Se quer se tornar milionário, adote os hábitos das pessoas que já chegaram lá.

O autor procurou traçar os hábitos e formas de pensar mais comuns dos milionários e os classificou em 17 itens. O livro vai passando item a item e reforçando as idéias. Embora o autor seja extremamente marqueteiro (e deveria dar uma boa comissão a Confúcio por se apropriar de seus provérbios) e o texto seja doutrinador além da conta, tudo o que ele fala faz sentido e – o melhor – dá resultado.

Doze leituras

Por que estou postando essa resenha um ano depois de ter lido o livro? Primeiro porque eu queria ver se realmente dava resultado. A minha experiência mostra que sim. O livro me deu vontade de estudar cada vez mais sobre finanças, investimentos e temas afins.

O segundo motivo é que, ao final do livro, o autor pede que você faça uma releitura completa a cada mês, durante 12 meses. A justificativa é que o aprendizado se dá pela repetição. Como não tinha nada a perder, levei a orientação adiante.

Os resultados

Claro que não vou ficar aqui mostrando o saldo da conta bancária, mas os resultados que tive foram bem animadores. Outro ponto positivo é que alguns dos hábitos, embora sejam primordialmente relacionados a área financeira, também ajudam em outros aspectos da vida de uma maneira geral.

Os 17 hábitos

Eis a introdução dos tais 17 hábitos:

Nº 1
As pessoas ricas acreditam na seguinte idéia:
“Eu crio a minha própria vida.”
As pessoas de mentalidade pobre acreditam na seguinte idéia: “Na minha vida, as coisas acontecem.”

Nº 2
As pessoas ricas entram no jogo do dinheiro para ganhar.
As pessoas de mentalidade pobre entram no jogo do dinheiro para não perder.

Nº 3
As pessoas ricas assumem o compromisso de serem ricas.
As pessoas de mentalidade pobre gostariam de ser ricas.

Nº 4
As pessoas ricas pensam grande.
As pessoas de mentalidade pobre pensam pequeno.

Nº 5
As pessoas ricas focalizam oportunidades.
As pessoas de mentalidade pobre focalizam obstáculos.

Nº 6
As pessoas ricas admiram outros indivíduos ricos e bem-sucedidos.
As pessoas de mentalidade pobre guardam ressentimento de quem é rico e bem-sucedido.

Nº 7
As pessoas ricas buscam a companhia de indivíduos positivos e bem-sucedidos.
As pessoas de mentalidade pobre buscam a companhia de indivíduos negativos e fracassados.

Nº 8
As pessoas ricas gostam de se promover.
As pessoas de mentalidade pobre não apreciam vendas nem autopromoção.

Nº 9
As pessoas ricas são maiores do que os seus problemas.
As pessoas de mentalidade pobre são menores do que os seus problemas.

Nº 10
As pessoas ricas são excelentes recebedoras.
As pessoas de mentalidade pobre são péssimas recebedoras.

Nº 11
As pessoas ricas preferem ser remuneradas por seus resultados.
As pessoas de mentalidade pobre preferem ser remuneradas pelo tempo que despendem.

Nº 12
As pessoas ricas pensam: “Posso ter as duas coisas.”
As pessoas de mentalidade pobre pensam: “Posso ter uma coisa ou outra.”

Nº 13
As pessoas ricas focalizam o seu patrimônio líquido.
As pessoas de mentalidade pobre focalizam o seu rendimento mensal.

Nº 14
As pessoas ricas administram bem o seu dinheiro.
As pessoas de mentalidade pobre administram mal o seu dinheiro.

Nº 15
As pessoas ricas põem o seu dinheiro para dar duro para elas.
As pessoas de mentalidade pobre dão duro pelo seu dinheiro.

Nº 16
As pessoas ricas agem apesar do medo.
As pessoas de mentalidade pobre deixam-se paralisar pelo medo.

Nº 17
As pessoas ricas aprendem e se aprimoram o tempo todo.
As pessoas de mentalidade pobre acreditam que já sabem tudo.

Leia um trecho do livro

O seu modelo de dinheiro

Vivemos num mundo de dualidades. Alto e baixo, claro e escuro, quente e frio, rápido e lento, direita e esquerda são alguns exemplos dos milhares de pólos opostos com que convivemos. Para que um pólo exista, é necessário que o outro exista também. É possível haver um lado direito sem que haja um lado esquerdo? Sem chance.

Portanto, se existem regras “externas” para o dinheiro, há também regras “internas” para ele. As primeiras envolvem aspectos essenciais, como conhecimento comercial, administração financeira e estratégias de investimento.Mas não menos fundamental é o jogo interno. Vou fazer uma analogia com um carpinteiro e as suas ferramentas. Ter as mais modernas ferramentas é indispensável para ele, porém ser um carpinteiro de primeira categoria, capaz de utilizá-las com a habilidade de um mestre, é ainda mais importante.

Eu sempre digo: não basta estar no lugar certo na hora certa.Você tem que ser a pessoa certa, no lugar certo, na hora certa.

Quem é você, então? Como você pensa? Quais são as suas crenças? Quais são os seus hábitos e as suas características? Qual é a sua opinião sobre si próprio? Quanta confiança você tem em si mesmo? Como é o seu relacionamento com as pessoas? Até que ponto você confia nelas? Você realmente acredita que merece ser rico? Qual é a sua capacidade de agir apesar do medo, da preocupação, do incômodo, do desconforto? Você consegue ir em frente mesmo quando não está disposto a fazer isso?

O fato é que o seu caráter, o seu pensamento e as suas crenças são os fatores que determinam o seu grau de sucesso.

Stuart Wilde, um dos meus escritores favoritos, apresenta a questão da seguinte maneira: “A chave do sucesso é despertar a própria energia, pois isso atrairá as pessoas até você. E, quando elas aparecerem, fature!”

Os seus rendimentos crescem na mesma medida em que você cresce!

Autor de Os Segredos da Mente Milionária em foto de T. Harv Eker

T. Harv Eker, autor de Os Segredos da Mente Milionária


Por que o seu modelo de dinheiro é importante?

Você já ouviu falar de pessoas que “desabrocham” financeiramente? Já notou que alguns indivíduos ganham rios de dinheiro e depois perdem tudo, ou começam aproveitando uma excelente oportunidade e, em seguida, deixam o bolo desandar? Agora você sabe qual é a verdadeira causa desse problema. Por fora, parece má sorte, uma oscilação na economia, um sócio desonesto, seja lá o que for. Por dentro, porém, a questão é outra. É por esse motivo que, se uma pessoa ganha muito dinheiro sem estar interiormente preparada para isso, o mais provável é que a sua riqueza tenha vida curta e ela acabe sem nada.

A maioria das pessoas simplesmente não tem capacidade interna para conquistar e conservar grandes quantidades de dinheiro e para enfrentar os crescentes desafios que a fortuna e o sucesso trazem. É sobretudo por causa disso que elas não enriquecem.

Um bom exemplo são os que ganham em loterias. As pesquisas mostram continuamente que, seja qual for o tamanho do prêmio, a maior parte desses felizardos acaba voltando ao seu estado financeiro original, isto é, a ter a quantidade de dinheiro com a qual conseguem lidar com mais facilidade.

No caso de quem enriquece pelo próprio esforço ocorre exatamente o contrário. Repare que, quando um milionário desse tipo perde a fortuna, geralmente ele a refaz em pouco tempo.

Como se explica esse fenômeno? É simples. Pessoas assim podem perder todo o dinheiro que possuem, mas jamais perdem o ingrediente mais importante do seu sucesso: a mente milionária.

Algumas pessoas têm um termostato financeiro programado para gerar milhares, e não milhões; outras têm um termostato ajustado para criar algumas centenas. Finalmente, existem aquelas cujo termostato financeiro está condicionado a funcionar abaixo de zero – elas estão congelando e nem sabem por quê.

A realidade é que a maior parte das pessoas não atinge o seu pleno potencial, não é bem-sucedida. As pesquisas mostram que 80% dos indivíduos jamais serão financeiramente livres como gostariam e 80% deles nunca se considerarão de fato felizes.

O motivo é simples. As pessoas, na sua maioria, agem de forma inconsciente. Quase dormem no ponto – trabalham e pensam num plano superficial da vida, baseadas somente no que vêem. Elas vivem estritamente no mundo visível.

Receba as atualizações

Publicado por Walmar Andrade

Criador do Mude.nu, Walmar Andrade é bacharel em Comunicação Social, com extensão em jornalismo on-line (UFPE), MBA em Planejamento, Gestão e Marketing Digital (FECAP-SP) e Master en Comunicación Empresarial (INSA-Barcelona). Escreve sobre comunicação e marketing digital no blog Fator W.

3 Comentários

  1. Aplicando Os Segredos da Mente Milionária http://t.co/vxIN4G9Y

    Responder
  2. Os Segredos da Mente Milionária: como aplicar os arquivos de riqueza de T. Harv Eker | mude.nu: http://t.co/oMGXrVv8

    Responder
  3. ESSE LIVRO CONSEGUE MUDAR MESMO,O MODO DE PENSAR E AGIR DE QUEM LÊ. VC É AQUILO QUE ACREDITA SER . VC FAZ AQUILO QUE ACREDITA SER CAPAZ. NÃO BASTA APENAS TER UMA OPORTUNIDADE, TEM QUE TER A OPORTUNIDADE E ESTAR PREPARADO INTERIORMENTE PARA SER E PERMANECER.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *