No quinto dia do curso Personal Power, Anthony Robbins faz uma pergunta definitiva: o que você realmente quer da vida? Ele diz que sabe a resposta.

A resposta não é mais dinheiro, um corpo melhor, um relacionamento apaixonante. Nós não queremos pedaços de papéis com animais desenhados, não queremos músculos hipertrofiados, nem queremos namoros ou casamentos. O que nós realmente queremos são os sentimentos que acreditamos que vamos extrair dessas coisas. Não as coisas em si.

A vida que eu quero é uma em que saiba gerenciar meus estados emocionais. Essa é a afirmativa de Tony Robbins. Uma vez que consigamos controlar nossos sentimentos, poderemos viver com paixão mesmo que ainda não tenhamos alcançado nossas metas.

Por que algumas vezes temos uma performance brilhante e outras somos apenas medíocres? Será que o estado de espírito em que estamos influencia alguma coisa? Pode apostar que sim!

Mulher com batom vermelho

Como gerenciar nosso estado emocional

O que muda a maneira como nos sentimos é o foco da mente e do corpo. Para mudar nossos estados, então, precisamos mudar como está nosso corpo ou o que nossa mente está focalizando.

Neste quinto dia do curso, a aula é sobre como alterar o estado emocional através do corpo.

Segundo Robbins, todos podemos dizer como é o corpo de uma pessoa em depressão. Geralmente, ela está olhando para baixo, com a cabeça baixa, ombros arriados, costas arqueadas, respiração superficial.

Se quisermos nos colocar em um estado emocional triste, podemos começar colocando nosso corpo exatamente nessa posição.

Ao contrário, também podemos assumir uma posição de poder. Experimenta deixar a coluna reta, barriga para dentro, peito para fora. Respire profundamente. Mantenha a cabeça erguida, olhe para o alto e coloque um sorriso de orelha a orelha no rosto.

Com essa postura, é praticamente impossível sentir-se deprimido. O corpo está enviando para a mente uma mensagem exatamente contrária ao sentimento de depressão.

Movimentos de Poder

Robbins ensina nesta aula o que ele chama de Power Moves. Movendo nosso corpo de determinada maneira, podemos ter mais energia e entusiasmo do que nunca. Emoção é criada por movimento, diz ele.

Para isso, precisamos atentar para três pontos:

  1. Postura
  2. Respiração
  3. Expressão Facial

Se quisermos viver a vida com mais paixão, podemos acelerar nosso corpo, intensificar nossos movimentos. Fale com as pessoas como um apaixonado no assunto que está tratando e perceba a diferença nos níveis de energia. Você vai perceber como o corpo guia a mente.

Exercícios do dia 5

Hoje você deve apenas falar com alguém (ou com a parede mesmo, não importa) de uma maneira totalmente não-apaixonada. Fale baixo, sem entusiasmo, com respiração superficial. Veja o efeito que causa no seu interlocutor ou em você mesmo.

Depois, faça o mesmo, porém falando com total entusiasmo. Sinta-se empolgado. Fale com intensidade, gesticule, respire fundo, sorria. Perceba se isso causa alguma diferença.

O objetivo da aula do dia 5 é fazer com que você aprenda a ligar e desligar os “botões” do seu cérebro relacionados ao entusiasmo. Lembre que o corpo guia a mente.

Receba as atualizações

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *