O famoso princípio que dá título a esse post pode ser usado não somente na geometria euclidiana mas também para resolvermos os problemas nossos de cada dia. Apesar disso, é o que menos as pessoas fazem, o que acaba sendo responsável por boa parte do estresse e falta de produtividade que acomete muita gente.

No post sobre Confúcio falei dos dez pensamentos dele de que mais gosto e, não por acaso, o primeiro da lista é: “A vida é realmente simples. Nós é que insistimos em torná-la complicada”.

Uma das coisas que podemos fazer para “descomplicar” a vida é justamente atacar um problema diretamente, sem grandes rodeios. Por exemplo, se o seu problema é de relacionamento com alguém, a menor distância entre os dois pontos (o problema e a solução) é chamar a pessoa para conversar, sentar e falar na cara dela o que o está incomodando.

Isso pode ser aplicado em qualquer canto. O problema é estar muito gordo? Menor distância: comer menos, exercitar-se mais e procurar ajuda de profissionais (nutricionista, endocrinologista, personal trainner etc.).

Simplificando

Zen Rocks ou Pedras do Zen

Geralmente não tomamos esse tipo de atitude porque ela nos faz sair um pouco do que pensamos ser a nossa zona de conforto. Voltando ao exemplo do mau relacionamento com algum colega de trabalho, sabe-se que não é tão fácil chamar algum desafeto para conversar e falar na cara dele o que está causando o mal-estar.

Mas será que não é pior deixar isso ficar acumulando, roubando energia dia após dia e prejudicando tanto o profissional quanto a empresa?

Cada caso é um caso, mas se botarmos na balança os prós e os contras, talvez valha a pena mudar um pouco de atitude. A fórmula é simples: identifique o problema, descubra qual a solução mais adequada e aja diretamente para unir os dois pontos da forma mais reta possível.

Walmar Andrade

Criador do Mude.nu, Walmar Andrade é bacharel em Comunicação Social, com extensão em jornalismo on-line (UFPE), MBA em Planejamento, Gestão e Marketing Digital (FECAP-SP) e Master en Comunicación Empresarial (INSA-Barcelona). Escreve sobre comunicação e marketing digital no blog Fator W.

Ver todos os posts

2 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *