O jornalista C.J. Hunt tornou-se obcecado em buscar a dieta humana perfeita quando, aos 24 anos, sofreu um ataque cardíaco e recebeu dos médicos a notícia de que teria 50% de chances de falecer nos dois anos seguintes.

Depois de anos tentando diferentes tipos de dieta, incluindo a dieta vegano-crudivorista, Hunt chegou a uma conclusão que parece bem óbvia: coma comida de humanos, evite comida de não-humanos.

O resultado de toda a jornada de dez anos de pesquisa e experimentos do jornalista foi lançado agora em 2013 na forma do documentário The Perfect Human Diet, cujo trailer você pode ver abaixo. (Também há uma versão legendada em português por voluntários no Google Docs).

A resposta é a dieta paleolítica

C.J. Hunt em A Dieta Humana Perfeita

O jornalista C.J. Hunt, diretor do documentário A Dieta Humana Perfeita.

Em 90 minutos de filme, Hunt entrevista especialistas como Loren Cordain, Gary Taubes, Michael Eades e Robb Wolf para definir exatamente o que seria comida de humanos.

Os resultados são extremamente semelhantes àqueles obtidos na pesquisa de doutorado de Loren Cordain e que explicamos no post sobre a Paleo Diet. Ou seja, comida de humanos é carne, ovo, verdura, fruta e nozes/castanhas. Sem grãos, sem leguminosas e principalmente sem açúcar, farinha ou qualquer tipo de alimento artificial industrializado.

Esse tipo de dieta traz um balanço de mais proteínas e gorduras e menos carboidratos. É o contrário da dieta americana (e também da brasileira) padrão, em que os carboidratos compõem a maior parte dos nutrientes. Principalmente os carboidratos refinados, vindos de açúcar e farinha refinada.

Mesmo o campo da nutrição sendo muito controverso e mesmo com o organismo humano sendo capaz de se adaptar (bem ou mal) a diversos tipos de dieta, a tendência das pesquisas atuais é chegar a um consenso que o grande mal das dietas modernas está no consumo excessivo de carboidratos refinados.

Receba as atualizações

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *