Tim Ferriss é aquele enganador que nós odiamos amar. O americano surpreendeu o mundo ao afirmar, em 2007, que trabalhava apenas 4 horas por semana e ainda assim tinha grana para rodar o mundo aprontando altas confusões.

Entre elas: entrar no Guiness Book como dançarino de tango, vencer um campeonato nacional de kickboxing na China apelando para o regulamento, dançar break e apresentar um programa de TV em Hong Kong e outros feitos.

Três anos depois do livro Trabalhe 4 horas por Semana, Tim Ferriss aparece novamente na lista dos mais vendidos do New York Times com seu 4-Hour Body, um guia incomum para perda rápida de gordura, um sexo incrível e se tornar super-humano.

O livro é uma compilação de experimentos que Tim Ferriss fez em seu próprio corpo. São coisas como ganhar 17 quilos de músculos passando apenas 4 horas em um período de 28 dias, dar um orgasmo de 15 minutos a uma mulher, aperfeiçoar o sono, reverter lesões etc.

Tim Ferriss domina como ninguém a arte do marketing nos dias atuais. Ele sabe que polêmica levanta interesse e vende livros. Por isso, empenha-se em criar chamadas que sabe que não são realidade.

Certa vez, perguntado se trabalhava realmente apenas 4 horas por semana, ele admitiu que trabalhava bem mais. Só que considerava o restante do trabalho como diversão, então não contava.

Se o primeiro livro fez tanto sucesso quando Ferriss era desconhecido e tratando de um tema como empreendedorismo, imagine agora que é famosos e está falando de assuntos extremamente populares (perder peso, ganhar músculos, fazer bom sexo, dormir bem)?

O livro ainda não tem edição em português, mas se você quer se aventurar no inglês pode pegar uma cópia digital no Kindle da Amazon e ler no computador.

Livro The 4-Hour Body

Análise do livro

A primeira impressão que temos ao ler o livro é: como é mal escrito! Na parte sobre como ganhar massa muscular, por exemplo, uma série de detalhes sobre os treinos e a dieta não é explicada. A prova disso é que o próprio deve que publicar um post em seu blog.

No post, ele fala que está recebendo uma montanha de comentários com dúvidas sobre os pontos mal explicados do livro. A confusão foi grande.

Tirando isso, algumas dicas são apenas requentadas. A “rápida perda de gordura”, por exemplo, nada mais é do que a velha dieta com poucos carboidratos, idealizada pelo Dr. Atkins lá pela década de 1980. O “aperfeiçoando o sono” não traz nenhuma grande novidade em relação a centenas de posts sobre o assunto em dezenas de blogs mundo afora.

Outras dicas parecem ser mesmo apenas pegadinhas. Ferriss toma como científico experimentos que são apenas testes, sem grupo de controle nem nenhum método apurado. Ele prepara o leitor, avisando que “toda maioria é burra” e que “esse é um guia não-convencional”.

Existem pessoas já experimentando as dicas de Tim Ferris no 4-Hour Body e postando resultados na internet. O livro ainda é muito recente, tem coisa de um mês de lançado, então ainda não relatos de resultados em grande quantidade. É ficar de olho para ver.

No final das contas, o livro vale mais como curiosidade e fonte de ideias. É preciso ter cuidado ao colocar sua saúde nas mãos (ou ideias) de um curioso cujo interesse claro e explícito é vender mais e mais livros, além de ganhar notoriedade.

Trailer do Livro (!)

Você já viu um livro com trailer? Faz sentido neste caso…

Palestra no Google

Tim Ferriss foi chamado para dar uma palestra no Google em 7 de janeiro de 2011, apresentando um pouco das ideias do livro. Confira abaixo.

Receba as atualizações

5 Comentários

  1. Galera, li o livro, é realmente muito bom.
    Quem superar o preconceito contra as frases de efeito marketeiras vai encontrar 400 páginas de técnicas incríveis de hackear seu corpo “pensando fora da caixa”. Já dá pra encontrar o livro no Mercado Livre: http://urlminifier.com/f347c0

    Responder
  2. Não sei o livro, mas o trailler é muito, muito bom!

    Responder
  3. como pode voces comentarem do livro o chamndo de enganador, etc… traducao nao e comentario pessoal. Voces querem fazer de um best seller come se fosse uma charada

    ridiculo.

    Responder
  4. o livro e otimo e a dieta funciona. Em tudo que se le, deve-se tirar o que e bom e descartar aquilo que voce nao acredita
    recomendo muito , nao recomendo o ataque gramatical pelos comentarios deste site.

    Responder
  5. […] Ferriss, autor de O Corpo de 4 Horas, conduziu um experimento cognitivo de três horas que elevou em 386% a velocidade de leitura de […]

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *